O impacto do olhar diferenciado do profissional de saúde no processo saúde-doença: relato de experiência PET / The impact of the health professional's different view on the health-disease process: PET experience report

Raphael da Rocha Carvalho, Rafaela Maria Bezerra Duarte, Regina de Souza Alves, Tereza Angélica Lopes de Assis, Maria Liege Batista Araújo, Viviane Vanessa Rodrigues da Silva Santa Lima, Roberta Zaninelli do Nascimento

Abstract


Introdução: A relação profissional de saúde e o usuário, bem como o processo saúde-doença transcende a anamnese e a prescrição, abrange também os aspectos psíquicos e o contexto social do usuário, portanto, é necessário modificar o processo de formação dos profissionais de saúde inserindo ações interprofissionais que atendam aos preceitos necessários para promover um atendimento qualificado na atenção em saúde. O PET-Saúde atua como um elo entre o conhecimento teórico e a atuação profissional, possibilitando a troca de saberes e práticas entre discentes e profissionais,  promovendo a autonomia e desenvolvendo estratégias para melhor atender ao usuário. Objetivo: Caracterizar um relato de experiência de uma atividade de educação em saúde realizada pelo grupo do PET-Saúde com idosos integrantes do HIPERDIA, da Unidade Básica de Saúde Pimentel Amorim. Metodologia: Relato de experiência produzido através de intervenção direta e observações em roda de conversa com o grupo de idosos através de diário de campo. Resultados: Oportunizou-se maior integração entre a equipe de preceptores e discentes potencializando o cuidado em saúde. Foi relatada a depressão nas falas de alguns idosos. Promoveu-se uma intervenção em saúde multiprofissional e interdisciplinar, com destaque para a interdisciplinaridade que beneficiou a comunidade, observando suas singularidades, expectativas e contextos sociais individuais. Conclusões: A experiência foi capaz de promover nos atores envolvidos uma reflexão acerca de temáticas relevantes no processo de formação dos profissionais de saúde. O PET-GraduaSUS contribuiu para a formação dos discentes do curso de medicina e fortaleceu o vínculo entre profissional e usuário para os demais atores envolvidos, ampliou a visão dos discentes permitindo-os perceber a potencialidade do trabalho em equipe e o efeito deste na resposta do usuário. Observou-se que as práticas promovidas pelo PET-GraduaSUS promoveram maior adesão, participação e autonomia entre os usuários e a compreensão de novos conceitos e habilidades necessários à equipe de saúde para o melhor cuidado aos usuários.


Keywords


Profissional de saúde, Formação Profissional em Saúde, Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (Saúde da Família)

References


BRASIL 2006 Ministério da Saúde, PORTARIA Nº 2.528 DE 19 DE OUTUBRO DE 2006. Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

BRASIL. Ministério da Saúde, Ministério da Educação. PróSaúde: Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2005.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria Interministerial nº 1.802, de 26 de agosto de 2008. Institui o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde – PET-Saúde. Diário Oficial da União, Brasília, 26 ago. 2008. Seção 1, p.27

DA COSTAI, Fabrício Donizete; DE AZEVEDOI, Renata Cruz Soares. Empatia, relação médico-paciente e formação em medicina: um olhar qualitativo. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 34, n. 2, p. 261-269, 2010.

DE JESUS SANTOS, Lyvia; VIEIRA, Maria Jésia. Atuação do psicólogo nos hospitais

e nas maternidades do estado de Sergipe. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v. 17,

n. 5, 2012. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/104316

MARQUES, Gabriella Bacellar; ROCHA, Jéssica Márjorie Oliveira da; GUEDES, Loise Maria Baraúna. Educação interprofissional na graduação: Os desafios sob a ótica dos acadêmicos no PET-Saúde em Manaus. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 6, p. 36804-86807, jun. 2020. ISSN 2525-8761. DOI:10.34117/bjdv6n6-280

Matias, A. G. C. et al Indicadores de depressão em idosos e os diferentes métodos de rastreamento einstein. 2016;14(1):6-11 https://www.scielo.br/pdf/eins/v14n1/pt_1679-4508-eins-14-1-0006.pdf

Palácio, D. Q. A. et al O programa de educação pelo trabalho para a saúde e sua influência na formação dos profissionais da saúde: um relato de experiência Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 8, p. 61573-61583 aug. 2020. ISSN 2525-8761

Panúncio-Pinto MP, Rodrigues M de LV, Fiorati RC. Novos cenários de ensino: a comunidade e o território como espaços privilegiados de formação de profissionais da saúde. Medicina (Ribeirao Preto) [Internet]. 8º de junho de 2015 [citado 21º de outubro de 2020];48(3):257-64.

SILVA, G.E.M. et al. Depressão: conhecimento de idosos atendidos em Unidades de Saúde da Família no Município de Limoeiro – PE. Revista Mineira de Enfermagem, Belo Horizonte, v. 18, n. 1, p. 82-87, jan./mar., 2014 https://cdn.publisher.gn1.link/reme.org.br/pdf/v18n1a07.pdf

SILVA, V. P. O. Escala de depressão geriátrica como instrumento assistencial do enfermeiro no rastreio de sintomas depressivos em idosos institucionalizados. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 3, p. 12166-12177, mar. 2020. ISSN 2525-8761. DOI:10.34117/bjdv6n3-188

SOUSA, P. H. S. F. Enfermagem na prevenção da depressão no idoso. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 9, p.70446-70459,sep. 2020. ISSN 2525-8761. DOI:10.34117/bjdv6n9-482

TOUSO, Maíra Ferro de Sousa; FIGUEIREDO, Glória Lúcia Alves de. A educação médica nos cenários de práticas em anos iniciais da formação: sentidos tecidos pelo photovoice. Interface (Botucatu), Botucatu , v. 24, e190327, 2020 . Available from . access on 21 Oct. 2020. Epub Apr 22, 2020. https://doi.org/10.1590/interface.190327.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-570

Refbacks

  • There are currently no refbacks.