Ensino inclusivo ou ensino insersivo? – um relato de experiência com o ensino remoto e o paradigma inclusão x inserção / Inclusive teaching or insersive teaching? - an experience report with remote education and the inclusion x insertion paradigm

Italo Rômulo Costa da Silva, Elayne Cristina Rocha Dias, Angelita Gomes Fontenele Rodrigues da Cunha, Maria Rosilene de Sena, Rosélia Neres de Sena Marques

Abstract


A inclusão escolar é um tema muito discutido entre os profissionais da educação e pela sociedade em geral. A constituição de 88 e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação - LDBB asseguram a todos o direito de um ensino incluído não qualque seja respeitada como individualidades dos sujeitos, porém legais ainda não são suficientes para que se tenha um ensino de caráter incluído. O presente artigo traz o relato de uma experiência docente, em que o contexto do ensino remoto (imposto pela pandemia do novo coronavírus) desnuda uma realidade do ensino presencial. Como acontece o trabalho pedagógico com as crianças com necessidades especiais na sala de aula? Será que como aparecem estão incluídas ou apenas inseridas?Esse relato esta fundamentado nos pressupostos teóricos de Matias (2000), Mazola (2008), Nector (2013) dentre outros autores. A metodologia consta de uma revisão literária sobre a temática abordada depois da análise das ocorrências de conflitos entre a inserção e inclusão nas práticas pedagógicas remotas de alguns professores. Ao final desse trabalho, acredita-se que ele seja despertado entre uma classe docente, uma reflexão de reconstruir seus conceitos de inclusão escolar e ensino incluído.

 

 


Keywords


Exclusão, Inserção, Inclusão.

References


BRASIL (Congresso Nacional). Redação final do projeto de lei nº 1258-C, de 1988, “que fixa diretrizes e bases da educação nacional”. Diário do congresso Nacional, Suplemento 80, 14/05/1993.

BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria da Educação Especial. Inclusão: Revista da Educação Especial. V.4, nº 01. Janeiro/junho 2008. Edição Especial. Brasília: MEC/SEESP.

EDLER CAVALHO, R. Removendo barreiras para a aprendizagem. Porto Alegre: Mediação 2000.

GONZÁLEZ, J. A..t. Educação e diversidade: bases didáticas e organizativas. Porto Alegre: Artmed, 2002.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão escolar: pontos e contrapontos, Rosangela Gavioli Prieto: Valeria Amorim Arantes (Org.). 5. Ed. São Paulo: Summus, 2006.

MAZZOTA, Marcos José Silveira. Educação especial no Brasil: história e políticas públicas. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

RODRIGUES, D. Desenvolver a educação inclusiva: dimensões do desenvolvimento profissional.in: . (Org.). Investigação em educação inclusiva. cruz Quebrada: Faculdade de Motricidade Humana, 2007. v. 2.

VICTOR, S. L.; Drago, R.; Chicon, J. F. (Orgs.). A educação inclusiva de crianças, adolescentes, jovens e adultos: avanços e desafios. Vitória: EDUFES, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-546

Refbacks

  • There are currently no refbacks.