Afetos e Afecções: Vivência de corpos / Affections and Affections: Experience of bodies

Rosalina de Souza Rocha da Silva, Eliete de Sousa Silva

Abstract


Temos por objetivo neste artigo explicitar as ações realizadas por um corpo docente que afetou e foi afetado criando elos de relações com outros corpos em prol da Educação. Fundamentamos em Marx e Engels (2002), Spinoza (2014), Vigotski (2009, 2007, 1999), Freire (1996), Ibiapina (2008) e Silva (2016), dentre outros. Para responder a pergunta quais as ações realizadas por um corpo que afetou e foi afetado criando elos de relações com outros corpos em prol da Educação? Organizamos o texto, além da introdução e das referências bibliográficas, em quatro seções principais: 1) Encontro Feliz: Corpos de relações; 2) Atividades: indícios de prática ético-afetiva; 3) Reflexões sobre a potência dos corpos; e conclui com 4) Desafios e alguns caminhos. Apontamos algumas possibilidades vislumbradas por um corpo docente que se baseia no ensino de Artes Visuais por meio de um projeto criado com os corpos discentes, agregando o que é possível ser realizado com afeto e rigor ou com firmeza e generosidade nas atividades em contexto de uma escola Estadual em Teresina, Piauí. O resultado dessa vivência indica que existe a possibilidade e indícios de prática ético-afetiva em que os estudantes consigam sistematizar os conhecimentos com objetividade em colaboração.

Keywords


Ensino de Artes Visuais, prática ético-afetiva, potência dos corpos.

References


BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. 6. ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa 29. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

IBIAPINA, I. M. L. M. Pesquisa colaborativa: tríade de investigação, formação e produção de conhecimentos. Brasília: Liber Livro editora, 2008.

______. Encontro Feliz: conatus e a docência na constituição do ato educativo ético-afetivo. Parnaíba: Encontro de Educadores do SESI, set., 2014. Comunicação oral.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia Alemã. Teses sobre Feuerbach. São Paulo: Centauro, 2002.

PRESTES, Z. Quando não é mais a mesma coisa. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2012. (Coleção Educação Contemporânea).

SILVA, R. S. R. Caminho das pedras em espiral: mosaico dos significados e sentidos de ensinar artes visuais. Teresina: EDUPI, 2016.

SPINOZA, B. Ética. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014.

TRINDADE, R. Espinosa – origem e natureza dos afetos. Postado 15.07.2014. Disponível em: https://razaoinadequada.com/2014/07/15/espinosa-origem-e-natureza-dos-afetos/. Acesso em: 24 jun. 2018.

VIGOTSKI, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. 2. ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009.

______. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

______. Psicologia da arte. São Paulo: Martins Fontes, 1999.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-485

Refbacks

  • There are currently no refbacks.