Desempenho escolar de alunos ingressantes na rede pública de educação e vulnerabilidade social / school performance of ingressing students on the public network of education and social vulnerability

Monnike Yasmin Rodrigues do Vale, Augusto Barbosa Silva, Jean Duarte e Silva, Augusto Johonnes Soares Bezerra, Jussara Santos Pimenta

Abstract


Todos os anos ingressam na rede pública de educação um quantitativo elevado de crianças, oriundas de diferentes condições sociais. Garantir a aprendizagem de todas é um desafio para a escola, muitas vezes mal estrutura ou com capacitação deficitária para receber essa variedade de alunos. Esse trabalho busca caracterizar fatores que podem influenciar no desempenho escolar como a relação entre trabalho e escola, envolvimento com drogas ou criminalidade, falta de participação da família, falta de integração e estruturas escolares, mostrando de que forma estes podem afetar a aprendizagem e o rendimento escolar, podendo assim, auxiliar os educadores na compreensão dos fatores que compõe o quadro de baixo desempenho de seus alunos.

 

 


Keywords


Educação, Vulnerabilidade social, Aprendizagem.

References


ALMEIDA, Cássio José Silva. Jogos cooperativos e sua contribuição em situações de vulnerabilidade social. São Paulo: Phorte Editora, 2019.

ANDRADE, Rosamaria Calaes de et al. A gestão da escola. Porto Alegre: Artmed, 2007.

BANDEIRA, Marina et al. Estudo sobre habilidades sociais e relacionamento interpessoal. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2006.

CALEJON, Laura Marisa Carnielo. DESEMPENHO ESCOLARE VULNERABILIDADE SOCIAL. Exitus, Pará, v. 1, n. 1, p.149-164, jul. 2011. Semestral.

CARREIRO, Felix Barbosa. A gestão escolar e a qualidade da educação no Estado do Maranhão. Maranhão: Clube de Autores, 2017.

CRUZ, Lílian Rodrigues da; GUARESCHI, Neuza. Políticas públicas e assistência social: Diálogo com práticas psicológicas. Petrópolis: Vozes, 2009. 184 p.

FALEIROS, Vicente de Paula. O que é política social. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1991.

FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Demográfico. 2010. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9662-censo-demografico-2010.html?edicao=9673&t=destaques . Acesso em: 05 jan. 2020.

GATTI, A. Bernardete. Políticas, Ações Educacionais e Desempenho Escolar. In: Miguel G. Arroyo, Anete Abramowicz. (Org.). A Reconfiguração da Escola: Entre a Negação e a Afirmação de Direitos. 1ed. Campinas: Papirus, 2014.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Pisa 2018 revela baixo desempenho escolar em leitura, matemática e ciências no Brasil. 2019. Disponível em: . Acesso em: 01 fev. 2020.

LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da escola pública. 21. ed. São Paulo: Loyola, 2006.

LOPES, A. L. S.; VIEIRA, M. M. S.; MIRANDA, L. F. Programa de Formação Permanente de Professores de Engenharia: um olhar sobre os resultados das avaliações docentes institucionais. In: Henrique Ajuz Holzmann, Micheli Kuckla.. (Org.). Possibilidades e enfoques para o Ensino das Engenharias. 1ed.Ponta Grossa: Atena, 2019, v. 1, p. 47-54.

PINTO, Umberto de Andrade. Pedagogia escolar: Personagens no encontro da arte com a vida. São Paulo: Cortez, 2013.

RECH, Daniel. Direitos humanos no Brasil 2: diagnóstico e perspectivas. Rio de Janeiro: Ceris, 2007.

RIBEIRO, Luiz Cesar de Queiroz. Desigualdades de oportunidades e segregação residencial: a metropolização da questão social no Brasil. Cad. CRH, Salvador , v. 23, n. 59, p. 221-233, ago. 2010 . Disponível em . acessos em 01 fev. 2020. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792010000200002

TEIXEIRA, Emarianne Campanha. Resiliência e vulnerabilidade social: Uma perspectiva para a educação sociocomunitária da adolescência. Petrópolis: Vozes, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-434

Refbacks

  • There are currently no refbacks.