Ensino técnico integrado: um estudo dos indicadores do instituto federal de educação, ciência e tecnologia de Rondônia / Integrated technical teaching: a study of indicators of the federal institute of education, science and technology of Rondônia

Francisley Carvalho Leite, Sandra Papadopulos

Abstract


Este artigo científico tem como objetivo apresentar os indicadores do ensino técnico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) e verificar a sua adequabilidade frente a legislação regulamentadora, sobretudo, quanto a importância das modalidades de ensino integrado e a empregabilidade dos discentes após a formação na Rede Federal de Ensino. Utilizou-se como metodologia da pesquisa o estudo bibliográfico e documental predominantemente qualitativo, verificando-se principalmente estudos, legislações e as informações publicadas sobre os indicadores educacionais disponíveis no endereço eletrônico do Instituto. Acredita-se que a nova forma de oferta dos cursos técnicos têm mostrado resultados positivos para o Estado de Rondônia e para o Brasil, na medida em que, possibilita que jovens e adultos tenham acesso a cursos gratuitos e de qualidade pelos quais não poderiam pagar.


Keywords


Indicadores de Ensino, Base Nacional Comum Curricular, Empregabilidade.

References


AGUIAR, João Batista Teixeira de, SILVA NETO, José Moreira da. Características e fatores de sucesso no curso técnico de finanças do Instituto Federal de Rondônia. XVII Colóquio Internacional de Gestão Universitária. Mar del Plata - Argentina: Universidad Nacional de Mar del Plata, 2017. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2020.

BRASIL, Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica - CONIF. Diretrizes indutoras para a oferta de cursos técnicos integrados ao ensino médio na rede federal de educação profissional, científica e tecnológica. Brasília: Fórum de Dirigentes de Ensino FDE/CONIF, 2018. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2020.

BRASIL, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO). Painel de Indicadores. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2020.

BRASIL, Presidência da República. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, que institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2020.

CNI, Confederação Nacional da Indústria. Pesquisa: “Os jovens, a educação e o Ensino Técnico”. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2020.

CNI, Confederação Nacional da Indústria. Sete em cada dez formados no ensino técnico estão empregados. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2020.

CONHECER, Escola Escola Técnica. Conheça os 4 cursos técnicos com maior empregabilidade no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2020.

GLOBO. Por Educa+Brasil. Curso técnico aumenta as chances de empregabilidade, entenda: Com duração menor, curso técnico pode ser opção do primeiro emprego ou da atualização de um profissional que já está no mercado. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2020.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia do Trabalho Científico. 7 ed. – 8 reimpr. – São Paulo: Atlas, 2013.

RAULINO, Cíntia Grazielle de Souza; e DIEMER, Odair. O Estágio supervisionado no Ensino Médio Integrado: A relação teoria e prática. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 11, nov. 2020. Disponível em: . Acesso em: 13 Jan. 2021.

UNIBANCO, Instituto. Em busca de um modelo para o ensino médio. Aprendizagem em foco, 2016. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2020.

UNIBANCO, Instituto. Um novo futuro para o ensino técnico. Aprendizagem em foco, 2017. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-424

Refbacks

  • There are currently no refbacks.