O papel dos cuidadores de crianças usuárias do CAPSI: um estudo em uma cidade do RN / The role of caregivers of children using CAPSI: a study in a city of RN

Livia Nascimento Rabelo, Andressa Paiva Porto, Ana Lúcia de Lima, Aline Francilurdes Nery do Vale, Juliana Carvalho de Sousa, Mouhamed Zorkot

Abstract


As rápidas mudanças advindas com a reforça psiquiátrica, vem exigindo dos serviços públicos de saúde um trabalho mais articulado, dessa forma, o modelo hospitalocêntrico deixa de ser o grande foco das políticas públicas de saúde, delegando ao Centro de atenção psicossocial - CAPS essa função. Além das pessoas que necessitam dos cuidados do serviço um outro grupo em vulnerabilidade é justamente aqueles que “cuidam”, e quando se refere exercer o papel de responsável por crianças com transtornos mentais o desafio se mostra ainda maior. Dessa forma, esse estudo tem como objetivo: verificar como os cuidadores sentem/percebem seu papel como responsável de uma criança atípica que recebe tratamento em um Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPsi). Para tal, através de grupo focal foi investigado um conjunto de cuidadores presente no CAPSi de uma cidade do interior do Rio grande do Norte. Os dados foram discutidos por meio de análise de conteúdo. Com isso, pôde-se perceber que os mesmos se apresentam em sua maioria sendo do sexo feminino, se demonstram pessoas comprometidos com os cuidados, porém, alguns demonstravam um pouco esgotados diante de toda demanda que as crianças exigem. Em sequência, é importante destacar que todos os entrevistados apresentaram satisfação com o serviço oferecido no CAPSi e evolução da criança. 

 

 


Keywords


reforma psiquiátrica, Crianças atípicas, Protetor.

References


ALBUQUERQUE, Jefferson Pontes Cristo de. Habilidades Sociais na Infância e Autismo: Possibilidades de Promoção de Saúde. Psicologado. Edição 09/2013. Disponível em: https://psicologado.com.br/atuacao/psicologia-clinica/habilidades-sociais-na-infancia-e-autismo-possibilidades-de-promocao-de-saude. Acesso em: 17 out. 2018.

BEZERRA, Hannah Carla de Jesus; VIEIRA, Dandara Virgínia Machado; SILVA, Jullyany Marques da; OLIVEIRA, Priscila Gomes de; AMORIM, Betânia Maria de Oliveira. O sofrimento das famílias frente o diagnóstico de autismo: uma revisão sistemática da literatura. Anais[...]. Campina Grande: Realize, nov. 2016. p. 1- 8.

BRASIL. Lei no 10.216, de 6 de abril de 2001. Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental. Brasília: congresso nacional, 2001. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10216.htm. Acesso em: 10 de Abril de 2018.

BRITES, Clay. Autismo o que é? definição e características. Disponível em: http://entendendoautismo.com.br/artigo/autismo-o-que-e/. Acesso em: 14 maio 2018.

BORGES, Camila Delatorre; SANTOS, Manoel Antônio dos. Aplicações da técnica do grupo focal: fundamentos metodológicos, potencialidades e limites. Revista da SPAGES, [Sl], v. 6, n. 1, p.74-80, Jan- Jun. 2005.

BURIOLLA, Aline Aparecida; VICENTE, Jéssica Batistela; ZURITA, Robsmeire Calvo Melo; MARCON, Sonia Silva. Sobrecarga dos cuidadores de crianças ou adolescentes que sofrem transtorno mental no município de Maringá – Paraná. Escola Anna Nery. v. 20, n.2, p. 344-351, 2016.

CHEUNG-LUCCHESE, Thelma; ALVES, Camila de Souza. Percepção do corpo feminino e os comportamentos de consumo de serviços de estética. Rev Organizações em Contexto, v. 9, n. 18, p. 271-294, Jul.-Dez. 2013.

COUTO, Maria Cristina Ventura; DUARTE, Cristiane S.; ANDRADE, Pedro Gabriel Godinho. A saúde mental infantil na Saúde Pública brasileira: situação atual e desafios. Revista Brasileira de psiquiatria, v. 30, n. 4, p. 390-398, 2008.

DALTRO, Manuela Carla de Souza Lima; MORAES, José Cássio; MARSIGLIA, Regina Giffoni. Cuidadores de crianças e adolescentes com transtornos mentais: mudanças na vida social, familiar e sexual. Saúde e Sociedade: São Paulo. v. 18, n.2, p. 544 -555, 2018

DINI, Aline. Autismo: 1 em cada 59 crianças está dentro do transtorno do espectro autista. Revista crescer da globo.com, 2018. Disponível em: https://revistacrescer.globo.com/Criancas/Comportamento/noticia/2018/04/autismo-1-em-cada-59-criancas-estao-dentro-do-espectro-autista.html. Acesso em: 10 de maio de 2018.

FARIAS, Clarisse de Azambuja. Sobrecarga em cuidadores de usuários de um centro de atenção psicossocial infanto-juvenil no sul do Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 19, n.12, p. 4819-4827, 2014.

FLICK, Uwe. Desenho da pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

HIRDES, Alice. A reforma psiquiátrica no Brasil: uma (re) visão. Ciência & Saúde Coletiva, v. 14, n. 1, p.297-305, 2009

IERVOLINO, Solange Abrocesi; PELICIONI, Maria Cecilia Focesi. A utilização do grupo focal como metodologia qualitativa na promoção da saúde. Revista Esc Enfermagem USP, v. 35, n.2, p.115-21, Jun, 2001.

MACHINESKI, Gicelli Galvan; SCHNEIDER, Jacó Fernando; CAMATTA, Marcio Wagner. O tipo vivido de familiares de usuários de um centro de atenção psicossocial infantil. Rev. Gaúcha Enfermagem, Porto Alegre, v. 34, n.1, p. 126-132, Março.2013

MAINETTI, Ana Carolina; WANDERBROOCKE, Ana Claudia Nunes de Souza. Avós que assumem a criação de netos. Pensando Famílias, Paraná, v. 17, n. 1, p. 87-98, jul.2013.

MARIN, Angela; PICCININI, Cesar Augusto. Famílias uniparentais: a mãe solteira na literatura. Psico, Rio Grande do Sul, v. 40, n. 4, p. 422-429, Dez. 2009.

MARINI, Adriana Maria, MARTINS, Marielza R. Ismael; SOUZA, Aline Viganô de; FILHO, Altino Bessa Marques; PONTES, Hubert Eloy Richard. Sobrecarga de cuidadores na psiquiatria infantil. Revista Neurociência, v. 18, n.3, p. 300-306, 2010.

MARTINS, Cecília Freitas; CARVALHO, Djalma Querino de. Estresse infantil e o conteúdo programático da televisão: um desafio para o desenvolvimento cognitivo e emocional. Interfaces da Educação, Paranaíba, v. 1, n. 2, p.97-106, 2010.

MILLER, Jeffrey A. O Livro de Referência para a Depressão Infantil. São Paulo: M Books, 2003.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria 3.088, de 23 de dezembro de 2011. Institui a Rede de Atenção Psicossocial para pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Diário oficial da união, Sessão 1, Brasília, DF, ano 2011, n.96, p.230, 26 Dez. 2011. Disponível em: Acesso em: 01 de Abril de 2018.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria 326 de 2002. Estabelecer que os Centros de Atenção Psicossocial poderão constituir-se nas seguintes modalidades de serviços: CAPS I, CAPS II e CAPS III, definidos por ordem crescente de porte/complexidade e abrangência populacional. Saúde Legis, Brasília, DF, Fev. 2002 Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2002/prt0336_19_02_2002.html. Acesso em: 29 de Março de 2018.

MORETTO, Cybele Caroline; CONEJO, Simone Peixoto; TERZIS, Antonios. O atendimento em uma instituição de saúde mental infantil. Vínculo - Revista do NESME, v. 1, n. 5, p. 55-69, 2008.

OGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE/ ORGANIZAÇÃO PANAMERICANA DE SAÚDE. Declaração de Caracas de 1990. Documento que marca as reformas na atenção à saúde mental nas Américas. Disponível em: Http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/declaracao_caracas.pdf. Acesso em: 15 de abril de 2018.

PAULA, Mateus Frederico de; RUYZ, Lívia Loamí; PAULA, Jorge de. Cuidado de crianças autistas: uma análise neuropedagógica. Saúde em Foco, [Sl], v. 8, p.619-624, 2016.

REIS, Taísa Bastos dos; MACHADO, Regina Célia Bueno Rezende; PIMENTA, Rosângela Aparecida Ferrari; TACLA, Mauren Teresa Grubisich Mendes; SORGI, Gustavo Marino Ferreira; ROCHA, Ester Leonardo. Vivência materna frente ao transtorno mental de crianças e adolescentes. Rev. Soc. Bras. Enferm. Ped, Paraná, v.15, n.2, p.102-107, Dez. 2015.

SANTOS, Creudênia Freitas; EULÁLIO, Maria do Carmo; BARROS, Priscila Magalhães. O sentido do cuidar para familiares de pessoas com transtorno mental: um estudo descritivo. Mudanças – Psicologia da Saúde, Paraíba, v. 23, n. 2, p.28-35, Dez. 2015.

SILVA, Dayane Barbosa; VIEIRA, Giselli Lucy Souza; SILVA, Rayanni Carlos da; ARAUJO, Larissa Lourenço de; MACIEL, Silvana Carneiro. Crenças e preconceito contra o doente mental. In: II Congresso Brasileiro de ciências da saúde, Paraíba. Anais [...]. Campina Grande: Realize, 2017. p. 1 - 9.

VIANNA, Paula Cambraia de Mendonça; XAVIER, Helena Chaves; TEIXEIRA, Lorenna Lucena; VILAÇA, Luana Vilela e; SILVA, Teresa Cristina da. Grupo de familiares: espaço de cuidado para as famílias de portadores de sofrimento mental. Revista Mineira de Enfermagem, Minas Gerais, v. 13, n. 4, p. 607-613, Out-Dez. 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-392

Refbacks

  • There are currently no refbacks.