Erros construtivos como origem de patologias no concreto armado em obras na cidade de São João do Rio do Peixe-PB / Constructive errors as origin of pathologies in reinforced concrete works in the city of São João do Rio do Peixe-PB

Kleber de Sousa Batista, Rafael Wandson Rocha Sena, Maria Aparecida Bezerra Oliveira, Mateus Gomes Rolim, Pedro Braga da Silva, Samara Milene da Silva

Abstract


O concreto convencional é um material compósito utilizado na construção civil, as propriedades apresentadas pelo concreto influenciam diretamente na resistência e durabilidade da estrutura de uma edificação. O concreto convencional é normalmente utilizado na confecção de elementos da construção, resistindo de forma eficiente às solicitações de compressão, porém, quando se tem uma solicitação à esforços de tração são adicionadas barras de aço à mistura. Primordialmente, para a moldagem de elementos da superestrutura como pilares, vigas e lajes. É necessária prudência nos processos de produção e execução do concreto, desde a etapa de mistura até os processos adotados para a cura. Os problemas recorrentes na construção civil surgem, principalmente, a partir das patologias que comprometem a estética e estrutura da edificação. Essas patologias estão relacionadas com as fissuras, trincas, rachaduras, infiltrações no concreto e corrosão de armaduras. O presente trabalho teve como objetivo, realizar um estudo de caso sobre as principais patologias encontradas em obras que estão em desenvolvimentos ou recém-concluídas na cidade de São João do Rio do Peixe-PB, ao total foram visitadas sete obras com mais de dois pavimentos. Com este propósito, realizou-se um estudo mais aprofundado sobre erros decorrentes de concretagens, a partir dos processos de produção do concreto. Constatou-se que as principais causas foram: o surgimento de patologias que estão relacionadas ao uso de materiais inadequados; demora existente entre a etapa de preparação da mistura e transporte, alterando assim o tempo de pega do concreto; lançamento do concreto com alturas superiores a 2 metros em algumas estruturas sem aberturas de janelas, proporcionando segregação; e observação da má utilização de vibradores para o processo de adensamento. Notou-se a necessidade de orientação para a mão de obra da região local, quanto à utilização dos materiais adequados, assim como, uma boa definição do traço e execução dos processos de produção.


Keywords


Estrutura, concreto, degradação.

References


AECWEB. Concreto usinado: indicações e vantagens: Quando dosada em central, a mistura apresenta melhor controle na quantidade de insumos garantindo a durabilidade do material. Arcindo Vaquero y Mayor. Disponível em:

. Acesso em: 28 maio 2018.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14931: Execução de

estruturas de concreto - Procedimento. 1 ed. Rio de Janeiro: Abnt, 2004. 53 p. AUTOR,2018.

CARVALHO, Roberto Chust; FIGUEIREDO FILHO, Jason Rodrigues de. Cálculo e Detalhamento de Estruturas Usuais de Concreto Armado: Segundo a NBR 6118:2014. 4. ed. São Carlos: Edufscar, 2014.

HELENE, Paulo R.L.- Manual prático para reparo e reforço de estruturas de concreto. São Paulo:Pini,1988.

IBGE. Informações sobre os municípios brasileiros. Disponível em:

. Acesso em: 17 mar. 2018.

SOUZA, Vicente Custódio Moreira de; RIPPER, Thomaz. PATOLOGIA, RECUPERAÇÃO E REFORÇO DE ESTRUTURAS DE CONCRETO. São Paulo: Pini Ltda, 2009. 257 p.

TRINDADE, Diego dos Santos da. PATOLOGIA EM ESTRUTURAS DE CONCRETO

ARMADO. 2015. 88 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.

WERNECK, Lara de Paula; COSTA, Tatiana Aparecida; FERREIRA, Bruno Christiano Silva. ESTUDO E AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO: uma análise sobre as possíveis manifestações patológicas que afetam edificações / study and evaluation of the life cycle of the built environment. Brazilian Journal Of Development, [S.L.], v. 6, n. 9, p. 70460-70475, out. 2020. Brazilian Journal of Development. http://dx.doi.org/10.34117/bjdv6n9-483.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-379

Refbacks

  • There are currently no refbacks.