Expressões de gênero e sexualidade no cotidiano escolar: revisitando conceitos e práticas sociais / Expressions of gender and sexuality in school life: revisiting social concepts and practices

Amanda Cristina de Oliveira Teixeira, Wesley Piante Chotolli, Juliana Marques Castilho de Matos, Rinaldo Correr

Abstract


Considerando os espaços escolares como práticas sociais importantes no cenário de socialização e construção das identidades, e reconhecendo que as instituições de ensino formal reproduzem ações e comportamentos sociais classificados por meio de binarismos de gênero e práticas heteronormativas, é preciso refletir sobre o processo de construção dos sujeitos durante a infância e sua interligação com a instituição escolar. Nesse sentido, a escola é um espaço de educação formal atingido pela repetição e consagração dos valores hegemônicos, na oposição entre masculino e feminino. Para tanto, procede-se o uso da pesquisa bibliográfica a partir de autoras e autores apontadores desses aspectos, discorrendo principalmente sobre as conceitualizações possíveis dos termos gênero e sexualidade e suas expressões nos atos corriqueiros da prática educativa formal. Sabe-se que gênero e sexualidade são experiências constitutivas da humanidade e estas não devem ser naturalizadas, cristalizadas e associadas às diferenças corporais, estando associadas e sofrendo a influência das agências de socialização. Desse modo, observa-se que essa construção é permeada através de marcadores simbólicos, exemplificados no uso das cores, de materiais e de apropriação dos espaços coletivos, o que permite concluir a necessidade de pensar a educação sexual e as diferenças em tais instituições em uma perspectiva democrática e de acesso universal, independentemente das classificações normativas hegemônicas. Objetiva-se discutir a reprodução constante de atos performativos e a forma como estão presentes na construção da infância e no ambiente escolar a partir do uso das cores, teorizando o momento da infância e as ações realizadas nos ambientes formativos, bem como seus impactos para com os sujeitos em desenvolvimento, resultando em uma proposta de urgente superação de uma educação reprodutivista e não emancipatória, que dialoga com a segregação e com a produção de violências para os sujeitos não identificados através do masculino – feminino e da heterossexualidade.


Keywords


Gênero, Sexualidade, Cotidiano Escolar.

References


ARIÈS, Philippe. História social da criança e da família. 2.ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1986.

BALISCEI, João Paulo: Abordagem histórica e artística do uso das cores azul e rosa como Pedagogias de Gênero e Sexualidade. Revista Teias, Rio de Janeiro, v.21, p. 223-244, ago. 2020.

BENTO, Berenice. Na escola se aprende que a diferença faz a diferença. Rev. Estud. Fem., Florianópolis, v. 19, n.2, p.549-559, ago.2011.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. 13.ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2017.

BERGER, Peter; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade. 35.ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

FERREIRA, Mariah Brochado; GARCIA, Luiz Carlos; LACERDA, Gustavo Marcel Filgueiras. Diversidade sexual e discursos pseudonaturalistas: pelos direitos identitários nos países lusófonos. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.7, n.1, p.375-394. jan. 2021

FIGUEIRÓ, Mary Neide Damico. Diversidade sexual: subsídios para compreensão e mudança de atitude. In: FIGUEIRÓ, M. N. D. (org.). Homossexualidade e Educação Sexual: construindo o respeito à diversidade. Londrina: UEL, 2007.

FIGUEIRÓ, Mary Neide Damico. Sexualidade e Afetividade: implicações no processo de formação do educando. In: FIGUEIRÓ, Mary Neide Damico Educação Sexual: saberes essenciais para quem educa. Curitiba: CRV, 2018.

FIGUEIREDO, Bianca Cristine; SANTOS, Karine da Silva de Almeida; OLIVEIRA, Marinise Silva Lopes de; SABOYA, Maria Clara Lopes; MARTINS, Carlos Adriano; FERREIRA, Vanda Pereira. Educação sexual na escola: um estudo com professores do ensino fundamental I. Revista Acadêmica da Faculdade Fernão Dias, p. 2358-9140, v. 5, n. 16, junho de 2018.

FONTANA, Felipe. Técnicas de Pesquisa. In: MAZUCATO, Thiago (org). Metodologia da Pesquisa e do Trabalho Científico. Penápolis: Editora FUNEPE, 2018.

GIDDENS, Anthony. Sociologia. 6.ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LOURO, Guacira Lopes. Educação e docência: diversidade, gênero e sexualidade. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 3, n. 4, p. 62-70, 2011.

LOURO, Guacira Lopes. Pedagogias da sexualidade. In: LOURO, Guacira Lopes (org). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. 3.ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2016.

LOURO, Guacira Lopes. Um corpo estranho: ensaios sobre a sexualidade e teoria queer. 3.ed.rev.amp. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2018.

MAIA, Ana Cláudia Bortolozzi; RIBEIRO, Paulo Rennes Marçal. Educação sexual: princípios para ação. Doxa, v. 15, n. 1, p. 85-96, 2011.

MISKOLCI, Richard. Sexualidade e orientação sexual. In: MISKOLCI, Richard (org). Marcas da diferença no ensino escolar. São Carlos: EdUFSCar, 2014.

PELÚCIO, Larissa. Desfazendo o gênero. In: MISKOLCI, Richard; LEITE JÚNIOR, Jorge (org). Diferenças na educação: outros aprendizados. São Carlos: EdUFSCar, 2014.

SENEM, Cleiton. José; CARAMASCHI, Sandro. Concepção de sexo e sexualidade no ocidente: origem, história e atualidade. Barbarói: Revista do Departamento de Ciências Humanas, 49, 166-189, jan., 2017.

SIMÕES, Júlio de Assis. Sexualidade como questão política e social. In: ALMEIDA, Heloísa Buarque de; SZWAKO, José (org). Diferenças, igualdade. São Paulo: Berlendis & Vertecchia, 2009.

SOUZA, João Valdir Alves de. Sociologia da Educação. 2.ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

VIEIRA, Cristina Maria Coimbra. Crescer sem discriminações: perscrutando e combatendo estereotipias de gênero nas práticas familiares. In: RABELO, Amanda Oliveira; PEREIRA, Graziela Raupp; REIS, Maria Amelia de Souza (org). Formação docente em gênero e sexualidade: entrelaçando teorias, políticas e práticas. Petrópolis: De Petrus et Alii; Rio de Janeiro: FAPERJ, 2013.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade, Porto Alegre, v.20, n.2, p. 05-19, jul./dez, 1995.

WEEKS, Jeffrey. O corpo e a sexualidade. In: LOURO, Guacira Lopes (org). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. 3.ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-376

Refbacks

  • There are currently no refbacks.