Educação dos corpos, entre ausências e práticas: aspectos políticos e a experiência dos sujeitos na escola / Body education, between absences and practices: political aspects and the subjects' experience in school

Natalia Tazinazzo de Oliveira, Julio Cezar Soares da Silva Fetter

Abstract


O presente trabalho tem por objetivo discutir os diversos movimentos do corpo na escola, numa perspectiva política de educação. Na escola, as ações ou a delas, voltadas direta e indiretamente, para a educação do corpo, comumente se traduzem em um processo de disciplinarização e olhar potente para as práticas corporais apenas nas aulas destinadas à educação física ou recreação, por vezes , sendo reprimidos, inclusive espaços. Nas reflexões presentes, conversamos com concepções sobre o Corpo que inspiram nossa prática diária no chão da escola. Entendemos o corpo como ponto central das práticas culturais e como instrumento político, ideia que pode reconfigurar por completo todo o currículo e práticas escolares, questionando: que espaço o corpo ocupa dentro da escola? O que o currículo favorece, legitima e valoriza na constituição dos sujeitos e de seus corpos? Nesta perspectiva, vivemos uma escola democrática? Que corpo queremos em uma educação pela e na experiência? Para tanto, nos debruçamos sobre as obras de autores pós-eliminados, tratando da cultura e do corpo na centralidade das relações. Foi possível ainda, identificar manifestações intencionais, que buscam de fato promover um cerceamento dos corpos na escola, e inconscientes, regular em ações cotidianas, ambos privilegiando determinados moldes, pertencentes, valores e culturas em detrimento de outras, sem que o âmbito do diverso de fato prevaleça. Tal contexto nos sinaliza a necessidade de questionamentos e mudanças, assim como a proposição de caminhos em busca de um corpo inteiro, empoderado e presente entre todos os atores escolares, na experiência,  


Keywords


corpo, política, práticas corporais, práticas pedagógicas.

References


ARROYO, M; SILVA, M. Corpo Infância. Exercícios tensos de ser criança por outras pedagogias dos corpos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

BUJES, M. I. E. Infância e maquinarias. 2001. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto alegre, 2001.

DEBORTOLI, J.A; LINHALES, M.A. & VAGO, T.M. Infância e conhecimento escolar: princípios para a construção de uma educação física "para" e "com" as crianças. Revista Pensar a Prática, v.5, p. 92-105, nov.2006.

. Acesso em: 26 jun. 2017.

FIGUEIRA, N.T. O parque como espaço educativo: Práticas corporais num projeto de formação de professoras para Educação Infantil. Dissertação apresentada à Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Educação. 2014.

FOCAULT, M. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1979.

GEERTZ, C. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1989.

GIMENO-SACRISTÁN, J.G.; PÉREZ-GÓMEZ, A. I. Compreender e

transformar o ensino. 4a ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

HALL, S. A centralidade da cultura: notas sobre as revoluções culturais do nosso tempo. In: THOMPSON, Kenneth (Ed). Media and cultural regulation. London, Thousand Oaks, New Delhi: The Open University; SAGE Publications, 1997.

MORHNY, P. E. D; GONZAGA, A. T; ANDRADE, A. N; TERÁN, A. F; SOUZA, S. A; MEDEIROS, L. M. & ALMEIDA, E. T. G. Relação criança e ambiente: uma experiência de educação ambiental usando um circuito sensitivo. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n.12, p.96825-96841 dec. 2020.

NEIRA, M. G. A reflexão e a prática no ensino – Educação Física. São Paulo: Blucher, 2011.

PÉREZ GÓMEZ, A. I. As funções sociais da escola: da reprodução à reconstrução crítica do conhecimento e da experiência. In: GIMENO SACRISTÁN, J.; PÉREZ GÓMEZ, A. I. Compreender e transformar o ensino. Porto Alegre: Artmed, 1998.

RANCIÈRE, J. O ódio à democracia. São Paulo: Boitempo, 2014.

SILVA, L. B; SOARES, S. L; LEITÃO, H. V; LOURINHO, L. A. & SCHWINGEL, P. A. Reflexões sobre o corpo e a imagem na Educação: uma revisão sistemática. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.6, n.8, p. 61584-61600 aug. 2020.

SOUZA, N.G.S. Que corpo é esse? O corpo na família, mídia, escola, saúde... Tese de Doutorado, UFRGS, 2001. Disponível em: Acesso em: 20/12/2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-369

Refbacks

  • There are currently no refbacks.