Arte em parceria com a Psicologia Escolar: um trabalho em instituição socioeducativa / Art in partnership with School Psychology: a work in a socio-educational institution

Danúbia Martins Teixeira, Silvia Maria Cintra da Silva, Viviane Prado Buiatti

Abstract


Diante da necessidade de se ponderar sobre uma educação de qualidade e acessível a todas/os, este estudo teve como objetivo analisar possibilidades de intervenção em uma instituição socioeducativa em Minas Gerais. A pesquisa-intervenção fundamentou-se nos saberes da Psicologia Escolar crítica e da Teoria Histórico-Cultural, tendo a Arte como recurso mediador. Foram realizados quinze encontros, por quatro meses, em que o compartilhamento de recursos estéticos, como vídeos, músicas e fotografias instigou diálogos sobre temáticas relacionadas à escola e à vida, sendo selecionados os temas mais recorrentes para a análise das informações por meio de eixos temáticos. A investigação possibilitou reflexões sobre a condição social concreta desses adolescentes, a exclusão escolar do jovem pobre, práticas institucionais relacionadas à marginalização e à violência, ações de cunho “inclusivo” ineficientes e empobrecidas, bem como a importância da Educação e da Arte para o desenvolvimento humano e as possíveis contribuições da/o psicóloga/o escolar nestes espaços e na sociedade.

Keywords


Psicologia Escolar, Arte, instituição socioeducativa, adolescentes.

References


Barbosa, D. R. (2011). Estudos para uma história da Psicologia Educacional e Escolar no Brasil. Tese de doutorado, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Bock, A. M. B. (2004). A perspectiva sócio-histórica de Leontiev e a crítica à naturalização da formação do ser humano: a adolescência em questão. Cad. CEDES [online]. vol.24, n.62, pp. 26-43. Retirado: 9 de agosto de 2016. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v24n62/20090.pdf.

Brasil. Estatuto da criança e do adolescente: Lei nº 8.069, 13 de julho de 1990, e legislação correlata. (2010). 7ª ed. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara. 225p.

Cauquelin, A. (2005). Arte contemporânea: uma introdução (R. Janowitzer, Trad.). São Paulo: Livraria Martins Fontes Editora Ltda.

Calado, V. A. e Souza, M. P. R. (2014). Ato infracional na escola: o impacto da trajetória escolar e a influência de questões de gênero na adolescência. In: Leal, Z. F. R. G., Facci, M. G. D., & Souza, Marilene P. R. de (Orgs.), Adolescência em foco: contribuições para a Psicologia e para a Educação (pp.123-157). Maringá: Eduem.

Coli, J. (1995). O que é arte. 15ª ed. São Paulo: Editora Brasiliense.

Cruz, A. V. H. & Campos, H. R. (2011). Escola e adolescência em conflito com a lei: uma estratégia de inclusão perversa. In: Guzzo, R. S. L. & Marinho-Araujo, C. M. (Orgs.), Psicologia Escolar – identificando e superando barreiras (pp. 287-311). Campinas: Alínea.

Francischini, R. & Campos, H. R. (2005). Adolescentes em conflito com a lei e medidas socioeducativas: limites e (im)possibilidades. Psico, v. 36, n.3, 267-273. Retirado: 24 de março de 2016. Disponível: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/viewFile/1397/1097.

Leal, Z. F. R. G. (2010). Educação escolar e constituição da consciência: um estudo com adolescentes a partir da Psicologia Histórico-Cultural. Tese de doutorado em Psicologia. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. São Paulo.

Leal, Z. F. R. G. & Facci, M. G. D. (2014). Adolescência: superando uma visão biologizante a partir da Psicologia Histórico-Cultural. In: Leal, Z. F. R. G., Facci, M. G. D., & Souza, M. P. R. (Orgs.), Adolescência em foco: contribuições para a Psicologia e para a Educação (pp.15-44). Maringá: Eduem.

Leal, Z. F. R. G. & Souza, M. P. R. (2014). A vivência da adolescência pelo adolescente. In: Leal, Z. F. R. G., Facci, M. G. D., & Souza, Marilene P. R. (Orgs.), Adolescência em foco: contribuições para a Psicologia e para a Educação (pp.71-101). Maringá: Eduem.

Leontiev, A. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa, Portugal: Livros Horizonte, 1978.

Mascagna, G. C. & Facci, M. G. D. (2014). A atividade principal na adolescência: análise pautada na Psicologia Histórico-Cultural. In: In: Leal, Z. F. R. G., Facci, M. G. D. & Souza, Marilene P. R. (Orgs.), Adolescência em foco: contribuições para a Psicologia e para a Educação (pp.45-70). Maringá: Eduem.

Oliveira, M. C. R. (2002). O processo de inclusão social na vida de adolescentes em conflito com a lei. Dissertação de mestrado, apresentada à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP – Dep. de Psicologia e Educação, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. Retirado: 17 de julho de 2015. Disponível: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-07052003-114821/pt-br.php.

Oliveira, S. R. R. (2007). Sobre leitura de imagens. In A. V. Zanella (Org.). Educação estética e constituição do sujeito: reflexões em curso. (pp. 37-55). Florianópolis: Núcleo de Publicações/ Centro de Ciências da Educação/ Universidade Federal de Santa Catarina.

Ostrower, F. (1983). Universos da arte. 22ª ed. Rio de Janeiro: Editora Campus Ltda.

Patto, M. H. S. (2007). A Psicologia em questão. In: M. H. S. Patto & Pereira, J. A. (Orgs.), Pensamento cruel – humanidades e ciências humanas: há lugar para a psicologia? São Paulo: Casa do Psicólogo.

Pedro, L. G. (2013) Tertúlia – a constituição de sujeitos no processo de construção de sentidos sobre a arte. Dissertação de mestrado. Instituto de Psicologia, Universidade Federal de Uberlândia. 135 p.

Pessoa, C. T. (2014). Psicologia Educacional e Escolar: inspirando ideias para a Formação Continuada de Educadores por meio da Arte. Dissertação de Mestrado. Instituto de Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia. Retirado 22 de maio de 2015. Disponível:.

Pino, A. (2000). Editorial. Educação & Sociedade, 71, Campinas, SP: CEDES, 7-17.

Pino, A. (2007). Educação estética do sentimento e processo civilizador: um ensaio sobre estética e semiótica. In A. V. Zanella (Org.). Educação estética e constituição do sujeito: reflexões em curso. (pp. 101-120). Florianópolis: Núcleo de Publicações/ Centro de Ciências da Educação/ Universidade Federal de Santa Catarina.

Roman, M. D. (2007). Psicologia e adolescência encarcerada: a dimensão educativa de uma atuação em meio à barbárie. Tese de doutorado, Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil. 285 p. Recuperado: 19 de agosto de 2016. Disponível: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-23032009-130527/pt-br.php.

Silva, S. M. C.; Almeida, C. M. C., & Ferreira, S. (2011). Apropriação cultural e mediação pedagógica: contribuições de Vigotski na discussão do tema. Psicologia em Estudo, v. 16, p. 219-228, 2011. Retirado: 14 de junho de 2015. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/pe/v16n2/a05v16n2.pdf .

Silva, V.C. da. (2012). Um arte-educador no ensino não formal: um estudo dos sentidos e significados constituídos para a atividade docente de Arte e Cultura em medida socioeducativa.Dissertação de mestrado, Mestrado em Educação: Psicologia da Educação, Pontífica Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, Brasil. Disponível em . Acesso em 14 jul 2015.

Souza, C. S. (2016). A (docência)lescência: pressupostos para um ensino desenvolvimental. Tese de doutorado, Programa de Pós Graduação em Educação, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil.

Vigotski, L. S. (2001). A Construção do Pensamento e da Linguagem. Tradução P. Bezerra. São Paulo: Martins Fontes.

Vigotski, L. S. (2003). O desenvolvimento Psicológico na Infância. Tradução C. Berliner. São Paulo: Martins Fontes.

Vilela, A. M. J. (2012). História da Psicologia no Brasil: uma narrativa por meio de seu ensino. Psicologia: Ciência e Profissão, 32 (especial), 28-43.

Zanella, A. V., Titon, A. P., Padilha, C. S., Werner, Francine W., Maheirie, K., Urnau, L. C., Cabral, M. G., & Da Ros, S. Z. (2007). Olhares e traços em movimento: análise de uma experiência estética em um contexto de formação continuada de professores. In A. V. Zanella (Org.), Educação estética e constituição do sujeito: reflexões em curso. (pp. 173-181). Florianópolis: Núcleo de Publicações/ Centro de Ciências da Educação/ Universidade Federal de Santa Catarina.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-370

Refbacks

  • There are currently no refbacks.