Nutrikids: Se alimentar bem, faz bem! / Nutrikids: Feed well, do it well!

Laís Doriguêtto Pereira, Edwiges Aparecida Ribeiro Guimarães, Bruna Soares Jorge, Pedro Henrique Gonçalves Pereira de Souza, Millena Daphine de Souza Romagnoli, Eliene da Silva Martins Viana

Abstract


O projeto em questão foi realizado na Escola Municipal Alice Loureiro, no município de Viçosa - Minas Gerais, com crianças entre 7 e 8 anos matriculadas no 3º ano do ensino fundamental. Teve como objetivo promover a educação alimentar e nutricional, que é fundamental para a construção de hábitos alimentares saudáveis e que estão diretamente ligados a um bom desenvolvimento, crescimento adequado e a saúde como um todo. Houve uma explicação para as crianças acerca do tema, de maneira lúdica e participativa, e ao final, foi aplicado um questionário para avaliar o entendimento dos alunos sobre o propósito do trabalho: a importância da adoção de práticas alimentares saudáveis e os malefícios que o excesso de açúcar e sal na alimentação podem causar a curto, médio e longo prazo. Após a análise do questionário, pode-se perceber que a maioria das crianças entendeu sobre a importância da redução do consumo de industrializados e o aumento da ingestão de alimentos saudáveis. Apenas alguns alunos mantiveram suas opiniões de que seu consumo alimentar – rico em alimentos industrializados e com alto teor de sódio, edulcorantes e açúcar – estava correto. Conclui-se que é indiscutível a importância desse tipo de educação em ambientes escolares, já que eles são responsáveis pela formação de cidadãos, e o projeto teve um resultado positivo, pois, foi notória a participação e interesse dos alunos durante a discussão do tema, o que leva a crer que o primeiro passo para a adoção de hábitos saudáveis entre as crianças foi dado.

Keywords


Educação alimentar, Crianças, Nutrição.

References


ALBIERO, K. A.; ALVES, F. S. Formação e desenvolvimento de hábitos alimentares em crianças pela educação nutricional. Revista Nutrição em Pauta, São Paulo, v. 15, n. 82, p. 17-21, jan/fev, 2007.

BOOG, M. C. F. Educação em Nutrição: integrando experiências. 1. ed. Campinas-SP: Komedi, 2013. 286 p.

SILVA, A. J. et. al. Obesidade Infantil. Montes Claros: CGB Artes Gráficas, 2007. Disponível em: http://revistasaude.unipam.edu.br/documents/45483/173118/prevalencia_de_sobr epeso_e_obesidade_infantil.pdf. Acesso em: 09 nov. 2018.

WENDLING, N.M.S. Medidas hipertensivas arteriais em escolares. Impacto do nível de atividade física, adiposidade corporal e ingestão de sódio [dissertação]. 156 F.Curitiba/PR: Universidade Federal do Paraná, 2013. Disponível em: http://www.pgedf.ufpr.br/downloads/DISSERTACAO/2013/Dissertacao%20Neila%20Maria%20Souza%20Wendling.pdf. Acesso em: 10 nov. 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-360

Refbacks

  • There are currently no refbacks.