Estudo de permeabilidade e colmatação de concretos permeáveis produzidos com aditivos na Região Amazônica / Permeability and clogging study of pervious concretes using additives in the Amazon Region

Arthur Aviz Palma e Silva, Gabriela Doce Silva Coelho de Souza, Jayme de Melo Ribeiro, Luciana de Nazaré Pinheiro Cordeiro

Abstract


Com o crescimento dos centros urbanos, o índice de alagamentos provenientes da deficiência de drenagem das águas pluviais vem aumentando, sendo associado a aplicação de aos pavimentos impermeáveis aplicados em larga escala nessas regiões para infraestrutura de transportes. Neste sentido, o concreto permeável (CPER) como pavimento permeável demonstra ser uma alternativa para que estas águas sejam captadas e redirecionadas ao lençol freático. Por sua estrutura porosa, sua resistência mecânica é prejudicada, portanto, diversos estudos buscam a incorporação de aditivos a este material, a fim de garantir sua funcionalidade quanto às propriedades mecânicas e hidráulicas. Contudo, os resíduos trazidos pelas chuvas nas cidades favorecem obstrução dos poros conectados deste tipo de pavimento, fenômeno conhecido como colmatação, que prejudicam a eficiência e durabilidade do material. Este estudo, portanto, objetiva avaliar a permeabilidade e colmatação em concretos permeáveis com a incorporação de aditivos modificadores de viscosidade (MV) e superplastificante (SP). A região de realização do trabalho, foi a cidade de Belém/PA, localizada no norte do estado e na região amazônica, no período do ano com altos índices de chuva, para que as amostras fossem expostas a condições extremas para análise. Foram confeccionados 4 traços de concreto permeável, que foram expostos à chuva em local aberto pelo período de 30 dias, após isso, as amostras foram submetidas aos ensaios de permeabilidade, e suas massas aparentes foram determinadas a fim de se avaliar indícios de colmatação ocasionado pela matéria orgânica aprisionada na superfície e no interior das amostras. Os resultados indicam que o entupimento dos poros ocorre de forma significativamente nos diferentes concretos produzidos com aditivos, e que o tipo de chuva da região amazônica influenciou diretamente na variação de massa e permeabilidade, afetando assim a durabilidade e eficiência desse concreto.


Keywords


Concreto Permeável, Modificador de Viscosidade, Superplastificante, Colmatação, Região Amazônica.

References


CHANDRAPPA, A.K.; BILIGIRI, K. P. Pervious concrete as a sustainable pavement material – Research findings future prospects: A state-of-the-art review. Construction and building materials, v.111, 2016; p.262-274.

ARAÚJO, LEONETE CRISTINA DE, C. B. S. Relação da Permeabilidade e Índice de Vazios em Concretos Permeáveis com Resíduo de Polimento de Pisos de Concreto. Brazilian Journal of Development., v. 6, n. 1, p. 4303–4308, 2020.

BASTOS, T. X., PACHECO, N. A., NECHET, D., Sá, T. D. A. Aspectos climáticos de Belém nos últimos cem anos.Technical report for EMBRAPA, Belém, 2002.

FISCH, G.; MARENGO, J. A.; NOBRE, C.A. Uma revisão geral sobre o clima da amazônia.

YANG, J. e JIANG, G. Experimental study on properties of pervious concrete pavement materials. Cement and Concrete Research 33, p381–386, 2003. (Disponível online no site Science Direct (http://www.sciencedirect.com)).

LINS, L. N.; BARRETO, A. G. DE O. Avaliação da utilização de diferentes aditivos no concreto permeável para permitir mistura e transporte em caminhão betoneira. Brazilian. Journal of Development, v. 6, n.5, p.30391-30397, 2020.

BHUTTA, A.; TSURUTA, K.; MIRZA, J. Evaluation of high-performance porous concrete properties, Construction and Building Materials, v. 31, p. 67-73, 2012.

ACTA AMAZONICA 28(2), p. 101 – 126, 1998.

ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 11578 - Cimento Portland Composto. - Rio de Janeiro, 1991.

ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR NM 45 – Determinação de massa unitária e volume de vazios, Rio de Janeiro, 2006.

CASTRO, J.; et al. Estudio de dosificaciones en laboratorio para pavimentos porosos de hormigón, Revista Ingeniería de Construcción, v. 24 , N o 3, p. 271 - 284, 2009.

TENNIS, P. D.; LEMING, M. L.; AKERS, D. J. Pervious Concrete Pavements, EB302.02, Portland Cement Association, Skokie, Illinois, and National Ready Mixed Concrete Association, Silver Spring, Maryland, USA, 2004, 36 pages.

ACI. American Concrete Institute. Report on Pervious Concrete: Reported by ACI Committee 522. Michigan, 2010.

NEITHALATH, N, et al. Development of Quiet and Durable Porous Portland Cement Concrete Paving Materials. Final Report. The Institute of Safe, Quiet and Durables Highways, p 179, 2003. Disponível online no site da National Transportation Libraries (http://www.ntl.bts.gov/lib/24000/24600/24636/SQDH2003- 5_Final_Report.pdf)). Acesso em: Outubro de 2014.

HÖLTZ, F. C. Uso de Concreto Permeável na Drenagem Urbana: Análise da Viabilidade e do Impacto Ambiental. 2011, p 139. Dissertação – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Engenharia, PPGEC, Porto Alegre.

EFNARC. European Federation of Concrete Admixture Associations. Guidelines for Viscosity Modifying Admixtures For Concrete . 2006.

BAUER, L.A. Materiais de construção. 5a ed. Rio de Janeiro: Editora LTC, 2005.

MARIANO, H. Influência do Teor de Argamassa e da Granulometria da Brita na Permeabilidade e nas Resistências à Compressão e à Abrasão de Concretos Permeáveis. 163 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.

KIA, A.; WONG, H. S.; CHEESEMAN, C. R. ; Clogging in permeable concrete: A review, v.193 , p. 221-233, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-347

Refbacks

  • There are currently no refbacks.