Influência dos tipos de tela de sombreamento (TNTs) no desenvolvimento da alface nas condições climática de Garanhuns/PE / Influence of types of shading screen (TNTs) on the development of lettuce in the climate conditions of Garanhuns/PE

Antonio Ricardo Santos de Andrade, Bruna Morais de Souza, Edijailson Gonçalves da Silva, Rodrigo Gomes Pereira, Edes Torres da Silva, Maria Gorete dos Santos Silva, Alberto dos Passos Vieira, Jennifer Ferreira da Silva

Abstract


A dificuldade principal da produção de alface nas regiões do semi-árido nordestino são as altas preços e a luminosidade, que afetam de modo significativo o crescimento da cultura. Nesse sentido, o presente experimento teve como objetivo avaliar a influência dos tipos de tela de sombreamento (TNTs) no crescimento da alface. O experimento foi conduzido na área experimental da UFRPE / UAG, no Município de Garanhuns / PE. O delineamento experimental inteiramente casualizado com cinco tratamentos, representados pelos tipos de tela de sombreamento (TNTs): T 1 - sem cobertura; T 2 - branco TNT; T 3 - TNT azul; T 4 - TNT vermelho e T 5- TNT amarelo e quatro repetições. Uma cultivar para Saladeira (Roxa) a céu aberto, com espaçamento de 0,20 x 0,20 m. As características avaliadas aos 15, 30 e 45 dias após o transplante influxo das modificações do ambiente com diferentes núcleos de telas foram: número de folhas (NF), altura da parte aérea da planta (ALP), diâmetro da copa (DC) , matéria fresca total (MFT) e matéria seca total (MST), bem como foram mensuradas como clorofilas A e B, clorofila total (clorofila A + B) e a relação clorofila A / B. Os maiores valores da produção da cultivar alface Salad Bowl (Roxa) foram registrados sob tela de sombreamento em comparação sem cobertura. A utilização de tela de núcleos amarela e vermelha associada com uma cultivar Saladeira foi a que proporcionou melhor resultado, constitui-se em um meio de incrementar a rentabilidade do produtor nas condições do Agreste Pernambucano. Em relação aos teores da clorofila A, B e total (A + B) o controle (sem cobertura) apresenta os maiores acúmulos nas folhas da alface.


Keywords


Alface, cobertura, crescimento.

References


ALMEIDA, L.P.A.; ALVARENGA, A.A.; CASTRO, E.M.; ZANELA, S.M.; VIEIRA, C.V. Crescimento inicial de plantas de Cryptocaria aschersoniana Mez. submetidas a níveis de radiação solar Ciência Rural, Santa Maria, v.34, n.1, p.83-88, 2004.

BARROS JÚNIOR, A.P.; GRANGEIRO, L.C.; BEZERRA NETO, F.; NEGREIROS, M.Z.; SOUZA, J.O.; AZEVEDO, P.E.; MEDEIROS, D.C. Cultivo da alface em túneis baixos de agrotêxtil. Horticultura Brasileira, Brasília, v.22, n.4, p. 801-803, out-dez 2004.

BEZERRA NETO, F.; ROCHA, R.H.C.; ROCHA, R.C.C.; NEGREIROS, M.Z.; LEITÃO, M.M.V.B.R.; NUNES, G.H.S.; ESPÍNOLA SOBRINHO, J.; QUEIROGA, R.C.L.F. Sombreamento para produção de mudas de alface em alta temperatura e ampla luminosidade. Horticultura Brasileira, Brasília, v.23, n.1, p.133-137, 2005.

BLIND A. D.; SILVA FILHO D. F. Desempenho de cultivares de alface americana cultivadas com e sem mulching em período chuvoso da Amazônia. Revista Agro@mbiente On-line, v. 9, n. 2, p. 143-151, 2015.

CALLEGARI, O.; SANTOS, H.S.; SCAPIM, C.A. Variações do ambiente e de práticas culturais na formação de mudas e na produtividade da alface (Lactuca sativa L. cv. Elisa). Acta Scientiarum. Maringá, v. 23, n. 5, p. 1117-1122, 2001.

CALVETE, E.O.; TESSARO, F. Ambiente protegido: aspectos gerais. In: PETRY, C. Plantas ornamentais: aspectos para a produção. 2. ed. Passo Fundo: Editora Universidade de Passo Fundo, p.24-45, 2008.

CAVALCANTI, F.J.A.; SANTOS, J.C.P.; PEREIRA, J.R. Recomendações de adubação para o estado de Pernambuco: 2ª aproximação. 2.ed. Recife: Instituto Agronômico de Pernambuco, 198p. 2008.

COSTA, C.M.F.; SEABRA JÚNIOR, S.; ARRUDA, G.R.; SOUZA, S.B.S. Desempenho de cultivares de rúcula sob telas de sombreamento e campo aberto. Semina, Londrina, v.32, n.1, p.93-102, 2011.

DEMARTELAERE, A.C.F.; PRESTON, H.A.F.P.; FEITOSA, S.S.; PRESTON, W.; SILVA, R.M.S.; ROSADO, A.K.H.B.; MEDEIROS, D.C.M.; FERREIRA; M.S. RODRIGUES, A.L.S.; BENJAMIM, R.F. A influência dos fatores climáticos sob as variedades de alface cultivadas no Rio Grande do Norte. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 11, p.90363-90378 nov. 2020.

DIAS, A.L.; SILVEIRA, P.H.A.M.; OMURA, S.S.; GARCIA, B.; OLIVEIRA, R.E.V. Determinação de Teores de Clorofilas e Carotenoides em Alface, Rúcula e Cebolinha. Braz. J. Anim. Environ. Res., Curitiba, v. 3, n. 4, p. 3100-3107, out./dez. 2020

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Centro Nacional de Pesquisa de Solos (Rio de Janeiro, RJ). Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília: Embrapa Produção de Informação, 412p. 1999.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Ministério da Agricultura e do Abastecimento. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos – SIBCS, 5ª.ed. Brasília/DF, 592 p. 2018.

FERREIRA, D.F. Análise estatística por meio do SISVAR (Sistema para Análise de Variância) para Windows versão 4.0. In: REUNIÃO ANUAL DA REGIÃO BRASILEIRA DA SOCIEDADE INTERNACIONAL DE BIOMETRIA, 45. São Carlos. Anais... UFSCar. p. 255-258. 2000.

FU, W.; LI, P.; WU, Y. Effects of different light intensities on chlorophyll fluorescence characteristics and yield in lettuce. Scientia Horticulturae, Amsterdam, v. 135, p. 45-51, 2012.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Dados de 2006. Disponível em . Acesso em: 17 jan. 2013.

LEITE, D.C.; TELES, E.C.P.V.A.; ARRAES, F.D.D.; ALVES, J.E.A. Alface em canteiro econômico integrado ao sistema de irrigação cuca de umbu no município de Salgueiro, Pernambuco. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 14, n. 2, p.1-12, 2019.

MAGALHÃES, A.G.; MENEZES D.; RESENDE, L.V.; BEZERRA NETO, E. Desempenho de cultivares de alface em cultivo hidropônico sob dois níveis de condutividade elétrica. Horticultura Brasileira, v. 28, p.316-320, 2010.

OLIVEIRA R.G. de; RODRIGUES LFOS; SEABRA Jr S; SILVA MB; NOHAMA MTR; INAGAKI, AM; NUNES, M. C. M. Comportamento de cultivares de alface em diferentes espaçamentos sob o cultivo protegido e campo aberto. Hortic. bras., v.29, n. 2 (Suplemento - CD ROM), p.110-118, 2011.

OLIVEIRA, A.C.B.; SEDIYAMA, M.A.N.; PEDROSA, M.W.; GARCIA, N.C.P.; GARCIA, S.L.R. Divergência genética e descarte de variáveis em alface cultivada sob sistema hidropônico. Acta Scientiarum, Maringá, v.26, n.2, p.211-217, 2004.

OLIVEIRA, S.K.L.; GRANGEIRO, L.C.; NEGREIROS. M.Z.; SOUZA, B.S.; SOUZA, S.R. R. Cultivo de alface com proteção de agrotêxtil em condições de altas temperaturas e luminosidade. Revista Caatinga, v.19, n.12, p.112-116, 2006.

OREN‑SHAMIR, M.; GUSSAKOVSKY, E.G.; SHPIEGEL, E.;NISSIM‑LEVI, A.; RATNER, K.; OVADIA, R.; GILLER, Y.E.;SHAHAK, Y. Colored shade nets can improve the yield and qualityof green decorative branches of Pittosporumvariegatum. Journalof Horticultural Science and Biotechnology, v.76, p.353‑361, 2001.

OTTO, R.F.; REGHIN, M.Y.; TIMÓTEO, P.; PEREIRA, A.V.; MADUREIRA, A. Resposta produtiva de duas cultivares de morango cultivadas sob “não tecido’’ de polipropileno no município de Ponta Grossa – PR. Horticultura Brasileira, v. 18, p.210-21, 2001 (suplemento).

PIMENTEL GOMES, F.; GARCIA, C.H. 2002. Estatística aplicada a experimentos agronômicos e florestais. Piracicaba: FEALQ, 307p. 2002

QUEIROGA, R.C.F.; BEZERRA NETO, F.; NEGREIROS, M.Z.; OLIVEIRA, A.P.; AZEVEDO, C.M.S.B. Produção de alface em função de cultivares e tipos de tela de sombreamento nas condições de Mossoró. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 19, n. 3, p. 192-196, 2001.

RADIN, B.; REISSER JÚNIOR, C.; MATZENAUER, R.; BERGAMASCHI, H. Crescimento de cultivares de alface conduzidas em estufa e a campo. Horticultura Brasileira, Brasília, v.22, n.2, p.178-181, 2004.

RAMOS, J.E.L. Sombreamento e tipos de recipientes na formação de mudas e produção em alface. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia), Escola Superior de Agricultura de Mossoró, Mossoró, 53p. 1995.

ROCHA, M.A.V.; PURQUERIO, L.F.V. Produção de alface em função de diferentes coberturas de solo. Horticultura Brasileira, 27, p475- 479, 2009.

SALA, F.C.; COSTA, C. Retrospectiva e tendência da alface cultura brasileira. Horticultura Brasileira, v. 30, p.187-194, 2012.

SANTOS, A.S.S.; RAMOS, G.Y.R.; JÚNIOR, J. S. A; CARDOSO, H.F.S.; ARAUJO, D.B. Influência de diferentes tipos de sombreamento e adubos orgânicos na cultura do alface (lactuca sativa), sob elevadas taxas de luminosidade no munícipio de Codó-MA. III Congresso Internacional das ciências Agrárias – CINTER – PROVAGRO, p.1-11, 2018.

SCHOENINGER, V.; GIACOMIM, F.; MONTEIRO, D.P.S.; SANTOS, R.F. Variação da incidência de radiação solar na cultura da alface (Lactuca sativa L. cv. Elisa). Cascavel, v.4, n.3, p.1-8, 2011.

SILVA, E. M. N. C. P. et al. Desempenho agronômico de alface orgânica influenciado pelo sombreamento, época de plantio e preparo do solo no Acre. Pesquisa agropecuária brasileira, Brasília, v. 50, n. 6, p. 468-474, 2015

SILVA, F.A.; QUEIROGA, R.C.F.; PEREIRA, F.H.F.; SANTOS, E.N.; SILVA, Z.L.; SILVA, H.L.O.; SOUSA, F.F.; ASSIS, L.E. Crescimento e acúmulo de fitomassa em alface com cobertura de solo e sombreado com agrotêxtil. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 5, n. 8, p. 11506-11520 aug. 2019.

SILVEIRA, F.C.G. Desempenho de genótipos de alface-crespa em diferentes ambientes de cultivo, no município de Igarapava-SP. Dissertação (Mestrado) - Curso de Agronomia, Departamento de Produção Vegetal, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – UNESP, Jaboticabal, 23p. 2016.

SOUZA, J.L. & RESENDE, P. Manual de Horticultura Orgânica. 2.ed. atualizada e ampliada – Viçosa, MG: Aprenda Fácil. 843p. 2006.

WATTHIER M.; SILVA, M.A.S.; SCHWENGBER, J.E.; FERMINO, M.H. Produção de mudas de alface em substratos com base de composto de tungue em sistema orgânico de produção, sem período de verão. Horticultura Brasileira, v.35, n.2, p.290-294, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-328

Refbacks

  • There are currently no refbacks.