Contribuições de Setores Administrativos Hospitalares para Formação Acadêmica em um Curso de Graduação / Contributions of Hospital Administrative Sectors to Academic Education in an Undergraduate Course

Sergio de Almeida Matos, Ednei Pereira Parente, Naiza Peres de Lima, Carlos Eduardo Bezerra Monteiro, Juliana Oliveira de Lira

Abstract


Objetivo: Descrever experiências de alunos de graduação em setores administrativos hospitalares. Método: Trata-se de um estudo descritivo do tipo relato de experiência em dois setores administrativos de um hospital universitário, acerca de práticas desenvolvidas no período de estágio curricular do curso de graduação em enfermagem de uma universidade pública. Relato de Experiência: No setor onde se localiza o Núcleo de Segurança do Paciente foram elaboradas e implementadas atividades de educação em saúde direcionadas para os setores assistenciais do hospital, com foco na segurança dos pacientes, como a prevenção de acidentes enquanto internados. No setor onde se situa a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, entre as atividades desenvolvidas estiveram os instrumentos tecnológicos para comunicação com pacientes pós-alta, com finalidade de acompanhamento da evolução de sua cura, dando as devidas orientações para cada caso específico. Considerações Finais: As vivências em setores administrativos hospitalares, embora nem sempre ofertada ao aluno, contribui de forma significativa para o processo ensino-aprendizagem, sendo uma oportunidade de vivenciar a jornada de trabalho dos enfermeiros e outros profissionais que atuam nestes setores, acompanhamento das reuniões e planejamento e aplicação das ações, as quais em outras unidades hospitalares não teriam oportunidade.


Keywords


Educação em Enfermagem, Estudantes, Hospitais Universitários.

References


ARAÚJO, Marta Maria Leite de et al. Processo de ensino-aprendizagem de enfermagem: reflexões de docentes sobre o estágio curricular supervisionado. CIAIQ2018, v. 2, p. 72-80, 2018.

BARROS, Marcela Milrea Araújo et al. O enfermeiro na prevenção e controle de infecções relacionadas à assistência à saúde. Universitas: Ciências da Saúde, v. 14, n. 1, p. 15-21, 2016.

BRASIL. Conselho Federal de Enfermagem. Lei nº. 7.498, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a regulamentação do exercício da enfermagem e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa da União. Brasília, 26 jun. 1986. Seção I, p. 9273-5.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES N. 3, de 07 de novembro de 2001. Institui as diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação em enfermagem. Diário Oficial da República Federativa da União. Brasília, 09 nov. 2001. Seção 1, p. 37.

BRASIL. Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução - RDC nº 48, de 02 de junho de 2000. Dispõe sobre o roteiro de inspeção dos programas de controle de infecção hospitalar. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 2000. Seção I.

BRASIL. Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução da Diretoria Colegiada – RDC nº. 36, de 25 de julho de 2013. Institui ações para a segurança do paciente em serviços de saúde e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2616 de 12 de maio de 1998. Regulamenta as ações de controle de infecção hospitalar no país. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, 15 mai. 1998. Seção I.

COFEN - Conselho Federal de Enfermagem. Resolução COFEN nº 564, de 6 de novembro de 2017. Aprova a reformulação do Código de Ética dos profissionais de enfermagem. Diário Oficial da República Federativa da União. Brasília, 6 nov. 2017.

NEGREIROS, Rosângela Vidal de; LIMA, Vanessa Cristine Batista de. Importância do Estagio Supervisionado para o Acadêmico de Enfermagem no Hospital: Compartilhando Experiências Vivênciadas com a Equipe de Trabalho. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, v. 16, n. 2, 2018.

PEREIRA, Eva Zan; LEITE, Flávia Hermínia Oliveira Miranda. A importância da prática do estágio supervisionado no curso de graduação em enfermagem. Revista de trabalhos acadêmicos–universo belo horizonte, v. 1, n. 2, 2017.

RESTELATTO, Marcia Terezinha da Rocha; DALLACOSTA, Fabiana Meneghetti. Vivências do acadêmico de enfermagem durante o estágio com supervisão indireta. Enfermagem em Foco, v. 9, n. 4, p. 34-38, 2018.

SANTOS, Reginaldo Passoni dos et al. Avaliação da implantação de um núcleo de segurança do paciente. Rev. enferm. UFPE on line, v. 13, n. 2, p. 532-537, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-314

Refbacks

  • There are currently no refbacks.