Análise do impacto do ambiente macroeconômico sobre a lucratividade da BRF Foods S.A. pós-reorganização societária da Sadia e Perdigão / Analysis of the impact of the macroeconomic environment on the profitability of BRF Foods S.A. after corporate reorganization of Sadia and Perdigão

Jucimar Casimiro de Andrade, Fernando Salvino da Silva, Robson José Silva Santana, Dayanna Karla Gonzaga Ximenes, Renata Porto Chaves, Murilo Vieira da Silva, Ítalo Matheus Silva de Farias

Abstract


O país tem no agronegócio seu sustentáculo econômico; portanto, é praticamente impossível pensar num crescimento pujante do país sem analisar as bases que o sustentam, que em tela, encontram-se fundamentadas no campo e na produção agrícola. Este trabalho investigou como o impacto das principais variáveis que medem a atividade macroeconômica do país sobre a lucratividade BRF Foods S.A., que possui ações negociadas na B3 e na NYSE após o processo de fusão societária entre Sadia S.A e Perdigão S.A.  Foram coletados os dados econômicos e financeiros trimestrais entre 2003.1 a 2015.2. Como variáveis endógenas selecionou-se 5 variáveis: Receita Bruta da respectiva companhia, PIB da Agropecuária, Índice de Preços de Produtos Agropecuários (Ipa), Taxa básica de juros (Selic) e Taxa de Câmbio (R$/US$). Assim, com uso da metodologia de Vetores Autorregressivos (VAR), a decomposição da variância dos erros de previsão revelou que as variáveis que mais contribuíram a Receita Bruta foram: Pib_Agro, seguido do IPA, da Selic e do Câmbio. Quanto à função impulso-resposta, um choque na variável Pib, IPA e Câmbio, têm respostas positivas, enquanto a taxa básica de juros apresentou uma relação negativa já no segundo período. Os dados revelaram que a fusão foi benéfica para a nova empresa, que passou a dominar quase que exclusivamente o mercado de produtos processados.


Keywords


Finanças corporativas, Ambiente econômico, Commodities agrícolas.

References


AAKER, David A. Administração Estratégica de Mercado. 5ª ed. Porto Alegre: BOOKMAN, 2007.

ARBAGE, A. P. Fundamentos de economia rural. 2ª. Chapecó: Argos, 2012.

ABAMEC-Associação Brasileira de Analistas do Mercado de Capitais. Disponível em: www.abamec.com.br. Acesso em 14.09.2015.

ABGR-Associação Brasileira de Gerência de Riscos. Disponível em: www.abgr.com.br. Acesso em 14.09.2015.

ACHSNI, N.A.; STROHE, H.G. Stock market returns and macroeconomic factors: evidence from Jakarta stock exchange of Indonesia 1990-2001. Disponível em:

AFONSO, A. S.; SILVA, S. F. de; BORTOLON, P. M.; MACEDO, M. A. da S. Política Monetária e Mercados de Capitais: Análise do Impacto da divulgação da Taxa Selic nos retorno as ações das empresas listadas na BMF&Bovespa. In: IX Congresso Anpcont. Junho de 2015. Curitiba-PR. Anais do 9ª Congresso ANPCONT, 2015.

ALBUQUERQUE, Pedro H.M.; SILVA, L. C.; MALUF, Y. S. Estimação da influência de variáveis macroeconômicas sobre o faturamento de organizações siderúrgicas usando ARMAX. Gestão e Produção. São Carlos, v.1, n.3, p. 648-659, 2014.

ANDIMA-Associação Nacional das Instituições do mercado Financeiro. Disponível em: www.andima.com.br. Acesso em 14.10.2015.

ANDREWS, Kenneth R. The concept of corporate strategy. Homewood, IL: Irwin, 1987.

ANSOTEGUI, C. e ESTEBAN, M.V. Cointegration for Market Forecast in the Spanish Stock Market. Applied Economics, 34(7):843-57, 2002.

APIMEC-Associação dos Analistas e Profissionais de Investimentos do Mercado de Capitais. Disponível em: www.apimec.com.br. Acesso em 14.09.2015.

ASSAF, Alexandre Neto. Finanças Corporativas e Valor. 6ª ed. São Paulo: Atlas. 2012.

______, Alexandre Neto. Curso de Administração Financeira. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 2014.

BACHA, Carlos José Caetano. Economia e política agrícola no Brasil. São Paulo: Atlas, 2004.

BLANCHARD, Oliver: Macroeconomia • 4ª edição, São Paulo: Pearson Prentice Hall 2007.

BLACK, A. e FRASER, P., U.K. Stock Returns: Predictability and Business Conditions. The Manchester School, Supplement 1995: 85-102, 1995.

BACCHI, M.R.P. & BURNQUIST, H.L. Transmissão de preços entre os segmentos produtivos da pecuária de corte brasileira. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. Foz de Iguaçu- PR, 1999. Anais, Brasília: SOBER, 1999.

BARROS, A. L. M. et al. Análise dos impactos econômicos da pesquisa agrícola em São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, USP, 2000.

BARON, D. P. A model of the demand for investment bank adving and distribution services for new issues. Journal of Finance, v. 37, p. 955-976, 1982.

BCB (Banco Central do Brasil). Disponível em: http://www.bcb.gov.br/?INDECO. Acesso em 18.10.2015.

BM&FBovespa (Bolsa de Mercadorias e Futuros de São Paulo): Disponível em: http://www.bmfbovespa.com.br/home.aspx?idioma=pt-br. Acesso em 17.09.2015.

BRASIL, Ministério da Fazenda (MF). Disponível em: http://www.fazenda.gov.br/. Acesso em 15.07.2015.

CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) ESALQ/USP.

Disponível em: http://www.cepea.esalq.usp.br/pib/. Acesso em: 5 de maio de 2011.

CHEN, N.F. Financial Investment Opportunities and the Macroeconomy. Journal of Finance, v.61, n.2, p.529-544, 1991.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-309

Refbacks

  • There are currently no refbacks.