Distribuição espacial do euschistus heros na cultura da soja / Spacial distribution of euschistus heros in soy culture

Rogério Machado Pereira, William Rodrigues Martins, Ludmila Santos Moreira, Helbister Muller Santos de Oliveira, Diego Oliveira Ribeiro, Ricardo Gomes Tomáz, Andrisley Joaquim da Silva

Abstract


A utilização de técnicas de manejo integrado de pragas (MIP) objetiva utilizar todas as técnicas e métodos de controle apropriadas e disponíveis de forma tão compatível quanto possível, mantendo a população de pragas em níveis abaixo do nível de dano econômico. Dentre as pragas da soja, os percevejos pertencentes as Família: Pentatomidae causam grandes danos econômicos a cultura, ocasionam a redução da produtividade no rendimento e na qualidade da semente. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo verificar o padrão de dispersão do percevejo-marrom da soja (Euschistus heros) e determinar qual o padrão espacial de ocorrência E. heros no cultivo de soja na região sudoeste do estado de Goiás e confeccionar os mapas de distribuição espacial de ocorrência da espécie por meio da geoestatística, utilizando a técnica da krigagem e Interpolação da Distância Inversa de Distância (IDW). Para a análise geoestatística utilizou-se semivariogramas para verificar a dependência espacial entre as duas amostras. Avaliou-se nos semivariogramas: o patamar (C0 + C), alcance (A), efeito pepita (C0), o grau de aleatoriedade, isotropia e anisotropia dos dados, para as direções mais significativas de 0, 45, 90 e 135º. Com a utilização de mapas de distribuição espacial de ocorrência da espécie E. heros por meio da geoestatística, as áreas com as maiores densidades de percevejos podem ser identificadas com uma maior facilidade o que permitirá o diagnóstico mais rápido e o direcionamento de ações, garantindo uma maior sustentabilidade do negócio, com a redução na utilização de inseticidas, preservar e aumentar a vida útil dos inimigos naturais por um maior período e gerar menos impactos, conforme preconizado pelo MIP.


Keywords


Entomologia, Euschistus Heros, Glycine Max, Manejo Integrado De Pragas, Percevejo Marrom.

References


CAMBARDELLA, C. A.; MOORMAN, T. B.; PARKIN, T. B.; KARLEN, D. L.; NOVAK, J. M.; TURCO, R. F.; KONOPKA, A. E. Field-Scale Variability of Soil Properties in Central Iowa Soils. Soil Science Society of America Journal, v. 58, n.5, p. 1501 - 1511, 1994. Doi:10.2136/sssaj1994.03615995005800050033x

CONTE, O.; OLIVEIRA, F. T. de; HARGER, N.; CORRÊA-FERREIRA, B. S.; ROGGIA, S.; PRANDO, A. M.; SERATTO, C. D. Resultados do Manejo Integrado de Pragas da Soja na safra 2016-17 no Paraná. Londrina: Embrapa Soja, 2017. (Embrapa Soja. Documentos, 394), ISSN: 2176-2937.

CORRÊA-FERREIRA, B. S.; SOSA-GÓMEZ, D. R.; HOFFMANN-CAMPO, C. B.; ROGGIA, S.; HIROSE, E.; BUENO, A. de F. Monitoramento de pragas na cultura da soja - MIP Soja. Londrina: Embrapa Soja, 2013. Acesso em 09/04/2019 em: < https://encurtador.com.br/rFRVX >

CORRÊA-FERREIRA, B.S.; PANIZZI, A. R. Percevejos da soja e seu manejo. Londrina: EMBRAPA-CNPSo, 1999. 45p. (EMBRAPA-CNPSo. Circular Técnica, 24).

CORREA-FERREIRA, BEATRIZ S. Suscetibilidade da soja a percevejos na fase anterior ao desenvolvimento das vagens. Pesquisa Agropecuária Brasileira. Brasília , v. 40, n. 11, p. 1067-1072, Nov. 2005 . dx.doi.org10.1590S0100-204X2005001100003.

GALLO, D., NAKANO, O., SILVEIRA, S.N., CARVALHO, R.P.L., BATISTA, G.C.D., BERTI FILHO, E., PARRA, J.R.P.L., ZUCCHI, R.A., ALVES, S.B., VENDRAMIM, J.D., MARCHINI, L.C., LOPES, J.R.S., OMOTO, C. Entomologia agrícola. São Paulo Agronômica Ceres, 920p. 2002.

GUERRA, P. A. G. Geoestatística operacional. Departamento Nacional da Produção Mineral, 1988.

GUMPRECHT, D.; MÜLLER, W. G.; RODRÍGUEZ-DÍAZ, J. M. Designs for Detecting Spatial Dependence. Geographical Analysis, v. 41, n. 2, p.127–143, 2009. doi:10.1111/j.1538-4632.2009.00736.x

HOFFMANN-CAMPO, C. B.; MOSCARDI, F.; CORRÊA-FERREIRA, B. S.; OLIVEIRA, L. J.; SOSA-GÓMEZ, D. R.; PANIZZI, A. R.; CORSO, I. C.; GAZZONI, D. L.; OLIVEIRA, E. B. Pragas da soja no brasil e seu manejo integrado. Londrina: Embrapa Soja, 2000. 70p. (Embrapa Soja. Circular Técnica, 30)

ISAAKS, E. H.; SRIVASTAVA, R. M. Applied geostatistics. Oxford University Press, New York, NY. 1989.

LIEBHOLD, A. M; ROSSI, R. E.; KEMP, W. P. Geostatistics and geographic information systems in applied insect ecology. Annual Review of Entomology. v. 38, p. 303–327, 1993.

MATHERON, G. Principles of geostatistics. Economic Geology, v. 58, n. 8, p. 1246–1266, 1963. doi:10.2113/gsecongeo.58.8.1246

MURPHY, P. A.; STERNITZKE, H. S. Growth and yield for loblolly pine in West Gulf. United States. U.S. Department of Agriculture Forest Service Research. v 1, p. 154–158, 1979.

OLEA, R. A. Geostatistics for engineers and Earth scientists. Boston: Kluwer Academic Publishers, 1999. 303 p.

PEREIRA, R. M.; GALDINO, T. V. DA S.; RODRIGUES-SILVA, N.; DA SILVA, R. S.; DE SOUZA, T. C.; PICANÇO, M. C. Spatial distribution of beetle attack and its association with mango sudden decline: an investigation using geostatistical tools. Pest Management Science. Maio, V. 75, nº 5, p. 1346-1353. 2018. doi: 10.1002/ps.5251.

QUINTELA, E. D.; TEIXEIRA, S. M.; FERREIRA, S. B.; GUIMARÃES, W. F. F.; OLIVEIRA, L. F. C. de; CZEPAK, C. Desafios do manejo integrado de pragas da soja no Brasil Central. Goiânia: Embrapa Arroz e Feijão 2007. 6p. (Embrapa Arroz e Feijão. Comunicado Técnico, 149).

RIJAL, J. P.; BREWSTER, C. C.; BERGH, J. C. Spatial Distribution of Grape Root Borer (Lepidoptera: Sesiidae) Infestations in Virginia Vineyards and Implications for Sampling. Environmental Entomology, v. 43, n. 3, p. 716–728, 2014. doi:10.1603/en13285

ROSADO, J. F.; PICANÇO, M. C.; SARMENTO, R. A.; PEREIRA, R. M.; PEDRO-NETO, M.; GALDINO, T. V. S.; SARAIVA, A. S.; ERASMO, E. A. L. Geostatistics as a tool to study mite dispersion in physic nut plantations. Bulletin of Entomological Research. v. 105, p. 381–389, 2015. doi:10.1017/S0007485315000310

SANTOS, H. G. dos; JACOMINE, P. K. T.; ANJOS, L. H. C. dos; OLIVEIRA, V. A. de; LUMBRERAS, J. F.; COELHO, M. R.; ALMEIDA, J. A. de; ARAUJO FILHO, J. C. de; OLIVEIRA, J. B. de; CUNHA, T. J. F. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Embrapa Solos. 2018.

SANTOS, J. A. DOS; OLIVEIRA, M. C. N. DE; ROGGIA, S. Avaliação da Distribuição Espacial de Euschistus heros pelo Método da Krigagem Ordinária. VIII Jornada Acadêmica da Embrapa Soja. 2013.

SCIARRETTA, A.; TREMATERRA P. Geostatistical tools for the study of insect spatial distribution: practical implications in the integrated management of orchard and vineyard pests. Plant Protection Science. v. 50, p. 97–110, 2014.

SOSA-GÓMEZ, D. R.; CÔRREA-FERREIRA, B. S.; HOFFMANN-CAMPO, C. B.; CORSO, I. C.; OLIVEIRA, L. J.; MOSCARDI, F.; PANIZZI, A. R.; BUENO, A. de F.; HIROSE, E.; ROGGIA, S. Manual de identificação de insetos e outros invertebrados da cultura da soja. Londrina: Embrapa Soja, 2014. (Embrapa Soja. Documentos, 269, ISSN:1516-781X)

STÜRMER, G. R.; GUEDES, J. V. C.; CARGNELUTTI FILHO, A.; SANTOS, G. O. dos; STEFANELO, L. da S.; BOSCHETTI, M.; TOMAZI, B. Distribuição espacial e temporal de percevejos na cultura da soja (Glycine max (l.) Merrill) em Santa Maria, XV Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2011.

WEBER, A. C.; DEGRANDE, P. E.; SOUZA, E. P.; AZAMBUJA, R.; FERNANDES, M. G. Spatial Distribution of Euschistus heros (Hemiptera: Pentatomidae) in Cotton (Gossypium hirsutum Linnaeus). Anais da Academia Brasileira de Ciências. Rio de Janeiro. v. 90, n. 4, p. 3483-3491, 2018 . Disponivel em < https://encurtador.com.br/jtINW >. Accessado em 09/04/2019. http://dx.doi.org/10.1590/0001-3765201820170396.

WEBSTER, R.; OLIVER, M. A. Geostatistics for Environmental Scientists. Wiley, Chichester, 2007.

YAMAMOTO, J. K.; LANDIM, P. M. B. Geoestatistica: conceitos + aplicações. –São Paulo : Oficina de Textos, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-274

Refbacks

  • There are currently no refbacks.