Cenário da gestão de resíduos sólidos e análise de impactos ambientais na orla de Atalaia em Aracaju/SE / Scenario of solid waste management and analysis of environmental impacts in the Atalaia slide in Aracaju/SE

Jocimar Coutinho Rodrigues Junior, Fernanda de Souza Stingelin, Daniella Rocha, Glauber Vinícius Pinto Barros, Ester Milena dos Santos, Matheus de Santana Silva, Elen Naiara Fernandes Machado, Bruna Rosiele da Silva Bispo

Abstract


 O avanço urbano das principais cidades brasileiras em torno das regiões costeiras, vem se caracterizando por intensas modificações e deteriorações da paisagem. A importância econômica que as orlas das praias do Brasil possuem em razão da alta relevância devido ao turismo possui uma expressiva ligação com valor ambiental e natural que o litoral e as regiões costeiras representam. Neste sentido, diversas edificações são instaladas em torno das proximidades adjacentes da orla  e esse fato coloca em risco seus recursos ambientais e sociais, situação que ocorre na a Orla de Atalaia, em Aracaju, por exemplo. Com isso, o presente trabalho busca verificar como ocorre o gerenciamento de resíduos sólidos na Orla de Atalaia e constatar as principais fontes causadoras de impactos e as respectivas consequências destes atos. Para isso, foi utilizada a metodologia de avaliação de impactos ambiental denominada rede de interação para levantamento das ações e consequentes impactos. Pode-se averiguar que na Orla da cidade de Aracaju, mesmo apresentando um bom estado de conversação, a realização de algumas ações, possivelmente, pode ser nociva ao meio ambiental e a sociedade, causando impactos ambientais a longo e a pequeno prazo. A destinação de resíduos sólidos provenientes de atividades de lazer e de construção civil na área em estudo em partes ocorre de maneira que possa vir prejudicar o solo e o recurso hídrico, em razão da poluição. Assim, a conservação e o gerenciamento adequado da Orla de Atalaia são de extrema importância para suprir fins econômicos em conjunto com o equilíbrio ambiental.


Keywords


Poluição ambiental, Turismo, Gerenciamento ambiental.

References


BARROS, F. M. L.; MUEHE, D.; ROSO, R. H. Erosão e danos na orla costeira do município de Maricá, RJ. In: IX Congresso da Associação Brasileira de Estudos Quaternários, II Congresso do Quaternário de Países de Língua Ibérica e II Congresso sobre Planejamento e Gestão da Zona Costeira dos Países de Expressão Portuguesa. Recife, 2003.

GOULART, M. D. C.; CALLISTO, M. Bioindicadores de qualidade de água como ferramenta em estudos de impacto ambiental. Revista da FAPAM, ano 2, nº 1, 2003.

MACÊDO, R. J. A.; BARRETO, E. P.; SANTOS, A. C.;3 MANSO, V. A. V. Estudo geoambiental da orla de maracaípe – Ipojuca (PE), Brasil. Estudos Geológicos v. 20 (2), 2010.

MARQUES, R. S.; ARAÚJO, V. M. D. A influência das prescrições urbanísticas na ventilação urbana: o caso da orla da praia do meio em NATAL/RN. I Conferência Latino-Americana de Construção Sustentável E X Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. 18-21 julho, 2004, São Paulo.

MOREIRA, I.V.D. Avaliação de Impacto Ambiental - AIA . Feema, Rio de Janeiro, 1985.

MUCELIN, C. A.; BELLINI, M. Lixo e impactos ambientais perceptíveis no ecossistema urbano. Sociedade & Natureza, Uberlândia, 20 (1): 111-124, jun. 2008.

PINTO, T. P. Panorama dos resíduos da construção civil – Estado de São Paulo – 7º Seminário Regional sobre Resíduos Sólidos. 2005. Ministério das Cidades. Recife.

PROVINCIALI, V. L. N.; SARAIVA, L. A. S. Gestão ambiental sob a ótica de frequentadores e empresários no setor de alimentos e bebidas da orla de Aracaju. Caderno Virtual de Turismo – Rio de Janeiro, v. 11, n. 3, p.384-398, dez. 2011.

TUNDISI, J. G.; TUNDISI, T. M. Impactos potenciais das alterações do Código Florestal nos recursos hídricos. Biota Neotrop., vol. 10, no. 4.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-241

Refbacks

  • There are currently no refbacks.