Educação física na educação infantil: estágio supervisionado com crianças / Physical education in child education: supervised internship with children

José Ywgne Vieira do Nascimento, David Barros Marques, Janaila dos Santos Silva

Abstract


Este artigo trata de uma experiência de Estágio Supervisionado em Educação Física na Educação Infantil. De um modo geral, consideramos o estágio como um momento fundamental na formação de professores, permitindo uma colaboração entre a Universidade e os contextos profissionais. Na Educação Infantil, faz-se necessário dar relevância à parceria com a Educação Física, no sentido de potencializar as vivências das crianças com a cultura corporal numa sociedade que tende a privilegiar o aspecto racional do desenvolvimento. Assim, durante o Estágio Supervisionado 1, organizamos um projeto de intervenção junto a um grupo de 23 crianças, com idades entre 5 e 6 anos, de uma escola do agreste alagoano. Adotamos os jogos e brincadeiras como o conteúdo da cultura corporal a ser trabalhado e, numa abordagem construtivista, organizamos as intervenções, que ocorreram em 5 encontros de 5 horas cada. Nosso objetivo geral foi vivenciar diferentes jogos e brincadeiras no espaço educacional, diversificando as possibilidades de desenvolvimento das crianças. Como objetivos específicos, destacamos: enriquecer as experiências infantis com música e movimento; contribuir com o trabalho em equipe; exercitar a coordenação motora ampla; potencializar a autonomia. Utilizamos recursos expressivos e simbólicos para que as crianças pudessem registrar sua compreensão das experiências vividas. Podemos afirmar que o Estágio Supervisionado 1, referente à Educação Física na Educação Infantil, permitiu a reflexão crítica acerca da prática, de forma contextualizada, contribuindo para o desenvolvimento da identidade docente em Educação Física, mais especificamente com crianças pequenas.


Keywords


Estágio Supervisionado, Educação Física, Crianças, Cultura Corporal, Ludicidade.

References


BASEI, A. P. A Educação Física na Educação Infantil : a importância do movimentar-se e suas contribuições no desenvolvimento da criança. Iberoamericana de Educación, n. 47/3, p. 12, 2008.

BETTI, M.; ZULIANI, L. R. Educação Física escolar: uma proposta de diretrizes pedagógicas. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 1, n. 1, p. 73–81, 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil. Brasília: MEC, SEB, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 2018. Disponível em: Acesso em 27 de março.

COLL, César; MARTÍN, Elena; MAURI, Teresa; MIRAS, Mariana. O construtivismo na sala de aula. 6. ed. São Paulo: Ática, 2010. 221 p. ISBN 978-85-08-06197-6.

DARIDO, Suraya Cristina; RANGEL, Irene Conceição Andrade. Educação Física na Escola: implicações para a prática pedagógica. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan LTDA, 2011. 292 p. ISBN 978-85-277-1757-1.

ETCHEPARE, L. S.; PEREIRA, É. F.; ZINN, J. L. Educação Física nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Revista de Educação Física, v. 14, n. 1, p. 59–66, 2003.

FREIRE, João Batista. Educação de Corpo inteiro: Teoria e prática da Educação Física. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2009. 199 p. ISBN 978-85-262-7689-5.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. (ORGS). Estágio e Docência. São Paulo: Cortez, 2009.

RODRIGUES, D. et al. Desenvolvimento motor e crescimento somático de crianças com diferentes contextos no ensino infantil. Motriz. Revista de Educacao Fisica, v. 19, n. 3, p. 49–56, 2013.

SAYÃO, Deborah Thomé. Grupo de estudos em Educação Física na Educação Infantil: alguns aspectos do trabalho pedagógico. Motrivivência, v. 0, n. 17, p. 1–7, 2002

SEBER, M. da G. Piaget: o diálogo com a criança e o desenvolvimento do raciocínio. São Paulo: Scipione, 1997.

SIMÃO, M. B. EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: refletindo sobre a “hora da educação física". Motrivivência, v. 0, n. 25, p. 163–173, 2005.

SILVA, R. R. DOS S.; LEÃO, I. C. S.; OLIVEIRA, D. DA S. O desenvolvimento motor de crianças de 3 a 6 anos na Educação Infantil aplicado a Educação Física Escolar. Revista brasileira de Esporte Coletivo, v. 3, n. 2, p. 7–15, 2019.

VIEIRA, G. R. et al. Os jogos e brincadeiras no contexto da educação infantil em Surubim-PE. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 5, p. 29593–29602, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-232

Refbacks

  • There are currently no refbacks.