As tecnologias educacionais digitais e as metodologias ativas para o ensino de matemática / Digital educational technologies and active methodologies for teaching mathematics

Elaine de Farias Giffoni de Carvalho, Thales Geovane Rodrigues Silva, Lara Ronise de Negreiros Pinto Scipião, Carlos Alves de Almeida Neto, Wendel Melo Andrade, João Evangelista de Oliveira Neto, Arnaldo Dias Ferreira, Maria José Costa dos Santos

Abstract


Este artigo tem como objetivo compreender o papel das tecnologias educacionais digitais e das metodologias ativas para o ensino de matemática, com o intuito de apresentar discussões na implementação e a ressignificação de uma Educação Matemática visando uma aprendizagem ativa e uma formação humana, possibilitando equidade de oportunidades para todos. A pesquisa é de caráter bibliográfica e faz a análise dos dados a partir de uma abordagem qualitativa. Inicialmente o artigo apresenta uma breve contextualização do surgimento das tecnologias digitais na sociedade, o descompasso do sistema educacional em relação a sua implementação. A seguir aprofunda o tema tecnologias educacionais digitais e o conceito de metodologias ativas relacionando com o ensino de matemática. O estudo se baseia no método dialético, em um movimento em espiralado, que não se fecha. Concluímos que, embora o tema seja pertinente para a escola do século XXI, ainda falta muito a percorrer para que haja uma nova configuração na Educação Brasileira, que se adeque ao contexto digital e que as tecnologias educacionais em sua essência possam promover práticas inovadoras capazes de ultrapassar os limites do técnico e ir além do tradicional para alcançar a formação do sujeito crítico, reflexivo e humanizado. As metodologias ativas  possibilita ao professor ampliar suas estratégias de ensino e adotar uma nova postura em sala de aula, tornando-se mais dialógico e competente para atuar na gestão de sala de aula e no planejamento em contextos de aprendizagem significativa e autônoma.


Keywords


Tecnologias Educacionais, Metodologias Ativas, Ensino de Matemática.

References


ARAUJO, E. V. F.; VILAÇA, M. L. C. Sociedade Conectada: tecnologia, cidadania e infoinclusão. In. Tecnologia, Sociedade e Educação na Era Digital (e-book). Org: Márcio Luiz Corrêa Vilaça e Elaine Vasquez Ferreira de Araújo. Duque de Caxias-RJ, UNIGRANRIO, 2016. p. 17-40.

BACICH, L; MORAN, J. (Org.) Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática – Porto Alegre: Penso, 2018.

BARRETO, M. C. Desafios aos pedagogos no ensino de Matemática. In: SALES; J. A. M. de; BARRETO, M. C., NUNES, J. B. C.; NUNES, A. I. B. L.; FARIAS, I. M. S. de;

MAGALHÃES, R. de C. B. P. Formação e Práticas Docentes. Fortaleza: EdUECE, 2007

BOVO, A. A. Formação Continuada de Professores de Matemática para o Uso de

Informática na Escola: Tensões entre propostas e implementação. Dissertação de mestrado Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular – BNCC, versão aprovada pelo CNE, dezembro de 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf Acesso em: 12 ago. 2020.

COSTA, D. M; LOPES, J. R.. “Quem forma se forma e reforma ao formar”: uma discussão sobre as TICs na formação de professores In. Tecnologia, Sociedade e Educação na Era Digital (e-book). Org: Márcio Luiz Corrêa Vilaça e Elaine Vasquez Ferreira de Araújo. Duque de Caxias-RJ, UNIGRANRIO, 2016.

DIESEL, A; BALDEZ, A. L. S; MARTINS, S. N. Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Thema, Lajeado, v. 14, n. 1, p. 268-288, jun. 2017. Disponível em: . Acesso em: 14 jul. 2020.

DIESEL, A; MARCHESAN, M. R; MARTINS, S. N.. Metodologias Ativas de ensino na sala de aula: um olhar de docentes da educação profissional técnica de nível médio. Signos, Lajeado, v. 37, n. 1, p. 153-169, jul. 2016. Semestral. Disponível em: Acesso em: 20 jul. 2020.

FERREIRA, E. F. P. Integração das Tecnologias ao Ensino da Matemática: percepções iniciais. In. XIX EBRAPEM. Juiz de Fora-MG, 2015 Disponível em: Acesso em 02 de agosto de 2020.

GIDDENS, A. Sociologia. 6. Ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas da Pesquisa Social. 5ª edição. São Paulo: Editora Atlas, 1999.

KENSKY, V. M.. O que são tecnologias e por que elas são essenciais. In: KENSKY, Vani Moreira. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. 8. ed. Campinas: Papirus, 2012.

KONDER, L. O que é dialética. São Paulo: Editora Brasiliense, 1981.

LÉVY, P. Cibercultura. 3. Ed.São Paulo: Editora 34, 2011.

LIMA, E. F. C. de. Proposta de objeto de Aprendizagem para o uso de estratégias de colaboração em pequenos grupos de estudo. 2016. 111 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Informática, Centro de Informática, Universidade Federal da Paraíba, Paraíba, 2016.

Disponível em: Acesso em: 21 jul. 2020.

LOPES, R. P.. Metodologias Ativas. In. XII Semana de Licenciatura III Seminário de Pós-Graduação em Educação para Ciências e Matemática I Encontro de Egressos do Mestrado. Jataí, GO – out, 2015. Disponível em http://revistas.ifg.edu.br/semlic/article/view/526 Acesso em: 20 de Dez, 2020.

MACHADO, J.N. Educação: competências e qualidade. 2.ed. São Paulo: Escrituras, 2010.

MAIA, D. L. Ensinar Matemática com o uso de tecnologias digitais: um estudo a partir da representação social de estudantes de Pedagogia. 2012. 190p. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Educação) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2012.

MAIA,D.L; BARRETO, M. C. Formação do pedagogo na UECE para o ensino de Matemática com uso de TDIC. In: SANTOS, A. N. dos; ROGÉRIO, P. (Orgs.). Currículo: diálogos possíveis. Fortaleza: Edições UFC, 2013. pp. 317-339. Coleção Diálogos Intempestivos. Edições UFC, 2013.

MORAN, J. M.. A Educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007.

MORAN, J. Mudando a educação com metodologias ativas. In: SOUZA, A. de S.;

MORALES, O. E. T. (orgs.). Convergências midiáticas, educação e cidadania: aproximações jovens (Mídias contemporâneas, 2). Ponta Grossa: UEPG/ PROEX, 2015.

MOREIRA, C. Letramento Digital: do conceito à prática. In. Anais do SIELP. Volume 2, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2012. Disponível em : Acesso em: 20 jul./2020

MOREIRA, R. C. Ensino da Matemática na Perspectiva das Metodologias Ativas : um estudo sobre a "sala de aula invertida". 2018. 50p. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional) - Universidade Federal do Amazonas. 2018.

MOTTA, M. S. Formação Inicial do Professor de Matemática no Contexto das Tecnologias Digitais. Revista Contexto & Educação, 170-204. 2017.

MOTTA, M. S.; SILVEIRA, I. F. Estágio supervisionado e tecnologias educacionais: estudo de caso de um curso de Licenciatura em Matemática. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 14, n. 1, 2012.

NACARATO, A. M.; MENGALI, B. L. S.; PASSOS, C. L. B. A Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental: tecendo fios do ensinar e do aprender. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

PEIXOTO, L. L.W. Sala de Aula Invertida. In: ALCANTARA, E.F.S (org.). Inovação e renovação acadêmica: Guia Prático de Utilização de Metodologias Ativas. Rio de Janeiro: Editora Ferp, 2020. Disponível em: . Acesso em: 21 jul. 2020.

SANTOS, Cintia Melo dos; NEVES, Tatiani Garcia; TOGURA, Tiaki Cintia Faoro. As tecnologias digitais no ensino de matemática: uma análise das práticas pedagógicas e dos objetos educacionais digitais. In. XII ENEM-Encontro Nacional de Educação Matemática. ISSN 2178-034X. São Paulo – SP, 2016.

SANTOS, M. J. C, A formação do professor de matemática: metodologia sequência fedathi(sf). Revista Lusófona de Educação, 38, 81-96 doi: 10.24140/issn.1645-7250.rle38.05, 2017.

SILVA, Maria do Socorro Oliveira da, et al. A utilização das metodologias ativas na formação inicial dos educadores: uma revisão integrativa. Revista Brazilian Journal of Development, v. 6, n.5, p.29771-29783. Curitiba, 2020. Disponível em : < https://www.brazilianjournals.com/ index.php/BRJD/article/view/10416 > Acesso em 23 de Dez, 2020

SOUSA, F. E. E., et al (orgs.). Sequência Fedathi: uma proposta para o ensino de matemática e ciências. Fortaleza: Edições UFC. 2013.

SOUZA, S. C. ; DOURADO, L. Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP): um método de aprendizagem inovador para o ensino educativo. HOLOS, Ano 31, Vol. 5. 2015. Disponível em : < http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/viewFile/2880/1143> Acesso em 20 de Dez, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-214

Refbacks

  • There are currently no refbacks.