Aprendendo química no ensino médio através da separação de pigmentos por cromatografia em camada delgada / Learning chemistry in high school through separation of pigments by thin-layer chromatography

Ívina Thayná Miranda Trindade, Elione Fernanda Ribeiro Yamashita, Larissa Pereira da Silva, Elson Almeida de Souza, Geone Maia Correa, Dominique Fernandes de Moura do Carmo

Abstract


A abordagem visual, através do método de separação de substâncias complexas por técnicas cromatográficas, é capaz de introduzir o aluno a assuntos fundamentais da Química Orgânica, como: Interações Intermoleculares, polaridade e funções orgânicas, além de contribuir com o conhecimento das técnicas básicas empregadas em um laboratório de química orgânica. Como este método é de fácil manuseio e resposta rápida, pode ser usado com estudantes do primeiro ou terceiro ano do nível médio. Desta forma os alunos do curso de Licenciatura em Ciências: Química e Biologia, e Química Industrial (ICET - UFAM) direcionaram este trabalho aos estudantes de três turmas do 3°ano do ensino médio (um total de 92 alunos) da Escola Estadual João Valério de Oliveira, desenvolvendo a temática “Aprendendo química no Ensino Médio através da separação de pigmentos por cromatografia em camada delgada” como forma prazerosa e eficaz de mediar a construção do conhecimento científico/químico.

A metodologia abordada consistiu em duas etapas: 1. Aulas teóricas e subsequente aplicação de um questionário; 2. Realização do experimento de Cromatografia em Camada Delgada com posterior aplicação um segundo questionário para avaliar a eficácia da metodologia na aprendizagem do conteúdo por parte dos alunos. Os dados foram tabulados e comparados. Esta atividade teve a pretensão de auxiliar professores e estudantes na aplicação de práticas em ciências exatas.


Keywords


Extração, Polaridade, Separação.

References


BUENO, R. de S. M.; KOVALICZN, R. A. O ensino de ciências e as dificuldades das atividades. Curitiba: SEED- PR/ PDE, 2008. Disponível em: www.diaadiaeducacao.pr.gov.br Acesso em: 20.01.2019

GUIMARÃES, C. C. Experimentação no Ensino de Química: Caminhos e descaminhos Rumo à aprendizagem significativa. Química Nova na Escola, v. 31, n. 3, agosto, 2009.

QUEIROZ, S. L.; ALMEIDA, M. J. P. M. Do fazer ao compreender ciências: reflexões sobre o aprendizado de alunos de iniciação científica em química. Ciência e Educação, Bauru, v.10, n.1, 2004.

RIBEIRO, N. M.; NUNES, C. R. Análise de pigmentos de pimentões por cromatografia em papel. Química Nova na Escola, n° 29, 2008.

SALESSE, A. M. T. A experimentação no ensino de química: importância das aulas práticas no processo de ensino aprendizagem. Monografia de Especialização, Medianeira, 2012.

SILVA, W. A. et al. “A utilização do indicador natural para a aplicação de uma atividade experimental no ensino de química”. Brazilian Journal of Development, vol. 6, no 4, 2020, p. 16859–71.

ZIMMERMANN, A. O ensino de química no 2º. grau numa perspectiva interdisciplinar. Palotina. SEED, 1993.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-204

Refbacks

  • There are currently no refbacks.