Jogos didáticos como ferramenta no ensino de ciências / Teaching games as a tool in science teaching

Felina Kelly Marques Bulhões, Weslane Silva Noronha, Juliana Luiz dos Santos, Arlindo Matheus Santiago de Brito, Neusenir Silva Machado Oliveira

Abstract


O presente trabalho teve por objetivo descrever a sequência didática, de uma intervenção escolar no Ensino Fundamental II fazendo uso da aprendizagem baseada em games, dentro das aulas de Ciências sendo trabalhada especificamente a Classe das Aves. A pesquisa se classifica como qualitativa usando como instrumento para coleta de dados a observação participante. A turma escolhida foi o sétimo ano do Ensino Fundamental II, onde foram ministradas quatro aulas, sendo três teóricas e uma reservada para aplicação do jogo, haja visto que o uso desse tipo de recurso contribuí de maneira significativa para o processo de ensino-aprendizagem. O jogo “Aprendendo sobre as Aves” tem como objetivo principal a identificação pelos alunos das diferentes adaptações dos pés e bicos das aves, relacionando-as com o seu alimento e habitat. Com a utilização desse recurso foi perceptível a integração e trabalho em equipe desenvolvidos pelos alunos, se mostrando uma ferramenta poderosa no auxilio no processo de ensino-aprendizagem. Dessa forma, o trabalho vem mostrar que não somente dentro da Zoologia (ou Ciências e Biologia) o uso de jogos deve ser incentivado para uma melhor assimilação de conteúdos. 

 


Keywords


Ensino- aprendizagem, Metodologias Ativas, Aves.

References


BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Ciências Naturais, matemática e suas tecnologias. Brasília; MEC/SEB, 2006.

CASTRO, T. C.; GONÇALVES, L. S. Uso de gamificação para o ensino de informática em enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem. v. 71, n.3, 2018.

DE SOUZA, S. E. O uso de recursos didáticos no ensino escolar. In: I ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇAO, IV JORNADA DE PRÁTICA DE ENSINO, XII SEMANA DE PEDAGOGIA DA UEM: “INFÂNCIA E PRÁTICAS EDUCATIVAS. Anais [...]. Maringá: PR, 2007.

SOUSA, J. O. et al. Ensino de ciências: Uma análise da relevância em se utilizar jogos lúdicos nos anos iniciais. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 10, p. 80927-80939, 2020.

DE SOUZA, R. W. de L. et al. Modalidades e recursos didáticos para o ensino de biologia. Revista Eletrônica de Biologia (REB). v. 7, n. 2, p. 124-142, 2014.

FERREIRA, J. dos. S.; FERREIRA, A. dos. S. Atividades teórico-práticas com ênfase em Fungos: Uma proposta para o ensino médio. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 8, n. 2, p. 1-13, 2017.

FERNANDES, J. C. L. Educação digital: Utilização dos jogos de computador como ferramenta de auxílio à aprendizagem. Fasci-Tech, v. 1, n. 3, p. 88–97, 2010.

FIALHO, N. N. Os jogos pedagógicos como ferramentas de ensino. In: Congresso nacional de educação. 2008.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5.ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GODOI, T. A. Tabela periódica – um super trunfo para alunos do ensino fundamental e médio. Química Nova Escola, v. 32, n. 1, p.22 – 25, fev. 2010.

GONZAGA, G. R. et al. Jogos didáticos para o ensino de Ciências. Revista Educação Pública, v. 17, n. 7, 2017.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2019. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ba/barreiras/panorama. Acesso em: 27 jul. 2020.

LIMA, J. C. F. Jogo como recurso didático no ensino de botânica: uma proposta para contribuir com o ensino/aprendizagem. Manaus: IFAM, 2019.

MARCONI, M. A; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisas, elaboração e interpretação de dados. 3.ed. São Paulo: Atlas, 1996.

MIRANDA, S. No Fascínio do jogo, a alegria de aprender. Ciência hoje, v. 28, p. 64-66, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-148

Refbacks

  • There are currently no refbacks.