Qualidade da água e sensoriamento remoto: análise bibliométrica da produção científica mundial / Water quality and remote sensing: bibliometric analysis of world scientific production

Keicyane Alves de Sousa, Giovana Mira de Espindola, Carlos Ernando da Silva

Abstract


O objetivo deste estudo foi mostrar o estado atual da investigação científica no monitoramento da qualidade da água, especificamente da eutrofização, por meio dos dados de sensoriamento remoto. Para tanto, foi realizado um estudo bibliométrico das publicações indexados na Web of Science, analisando rede de citações, co-citações, acoplamento bibliográfico, relação de co-autoria e as palavras chaves mais presentes nos trabalhos catalogados. Durante o processo de busca, consultas e filtros foram realizados em função dos termos “remote sensin”, “water quality”, “eutrophic”, “chloroph*”, obtendo assim um conjunto de 3.797 trabalhos. Com base nos resultados, concluímos que países desenvolvidos como o Estados Unidos, China e Alemanha, têm grandes quantidade de trabalhos que discutem a temática. Entre o conjunto de dados analisados, grande parte foi escrito na língua inglesa e publicados na forma de artigo. Poucos pesquisadores africanos, têm interesse pela temática. Já o Brasil encontra-se em estágio intermediário, entre os quinze países que mais publicam. Na análise das palavras-chave, foi notória a inter-relação entre o sensoriamento remoto, clorofila, fitoplânctons, todas associadas à eutrofização em ambientes aquáticos. Por fim, concluiu que existe uma curva crescente de trabalhos que usam o sensoriamento remoto para pesquisar aspectos da qualidade da água, com enfoque na eutrofização.

 

 


Keywords


Clorofila, Eutrofização, Recursos hídricos, Qualidade da Água.

References


ARAUJO, R. F.; ALVARENGA, L. A bibliometria na pesquisa científica da pós-graduação brasileira de 1987 a 2007. Enc. Bibli: Revista Eletrônica Biblioteconomia e ciência da informação. Florianopolis, v.16, n. 31, p.51-70, 2011.

BODDULA, V. et al. Data driven analysis of Algal Bloom activity for effective Water Sustainability. In: IEEE International Conferences on Big Data and Cloud Computing (BDCloud), Social Computing and Networking (SocialCom), Sustainable Computing and Communications (SustainCom)(BDCloud-SocialCom-SustainCom). IEEE, 2016. p. 424-430.

CHUEKE, G. V.; AMATUCCI, M. O que é bibliometria? Uma introdução ao Fórum. Internext – Revista eletrônica de negócios internacionais da ESPM, v.10, n.2, p.1-5, 2015.

DUAN, H. et al. Assessment of chlorophyll-a concentration and trophic state for Lake Chagan using Landsat TM and field spectral data. Environmental monitoring and assessment, v. 129, n. 1-3, p. 295-308, 2007.

ESTEVES, F. de A. Fundamentos de limnologia. Interciência, 1998.

FAYER, G. C. et al. Crise hídrica: evolução dos decretos estaduais sobre escassez hídrica em minas gerais. Simpósio de recursos hídricos da bacia do rio paraíba do sul, Juiz de Fora - MG, v. 3, p. 1-10, 2018. Disponível em:.Acesso em: 27 out. 2018.

FIGUEIREDO, H. P. de et al. Water quality in an urban environmental protection area in the Cerrado Biome, Brazil. Environmental monitoring and assessment, v. 191, n. 2, p. 117, 2019.

GRENDAITĖ, D. et al. Chlorophyll-a concentration retrieval in eutrophic lakes in Lithuania from Sentinel-2 data. Geologija. Geografija, v. 4, n. 1, 2018.

HA, N. T. T. et al. Selecting the Best Band Ratio to Estimate Chlorophyll-a Concentration in a Tropical Freshwater Lake Using Sentinel 2A Images from a Case Study of Lake Ba Be (Northern Vietnam). ISPRS International Journal of Geo-Information, v. 6, n. 9, p. 290, 2017.

HUNTER, P. D. et al. The spatial dynamics of vertical migration by Microcystis aeruginosa in a eutrophic shallow lake: A case study using high spatial resolution time‐series airborne remote sensing. Limnology and Oceanography, v. 53, n. 6, p. 2391-2406, 2008.

LE, M. M. et al. Eutrophication: A new wine in an old bottle?. Science of the Total Environment, v. 651, p. 1-11, 2019.

LOPES, F. B. et al. Simulation of spectral bands of the MERIS sensor to estimate chlorophyll-a concentrations in a reservoir of the semi-arid region. Revista Agro@mbiente On-line, v. 10, n. 2, p. 96-106, 2016.

MACHADO, C. J. S. Recursos hídricos e cidadania no Brasil: limites, alternativas e desafios. Ambient. soc., Campinas, v. 6, n. 2, p. 121-136, Dez. 2003. Disponível em . Acessado em 02 Jan. 2020. http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2003000300008.

MENESES, P. R.; ALMEIDA, T. D. Introdução ao Sensoriamento Remoto. Brasília: UNB/CNPq, 2012.

MORETTI, E. C.; MARINHO, V. L. F. Os caminhos das águas: As políticas públicas ambientais e criação dos Comitês de Bacias Hidrográficas. Geosul, v. 28, n. 55, p. 123-142, 2013.

MOSES, W. J. et al. Satellite estimation of chlorophyll-A concentration using the red and NIR bands of MERIS —The Azov sea case study. IEEE Geoscience and Remote Sensing Letters, v. 6, n. 4, p. 845-849, 2009.

NAÇÕES UNIDAS NO BRASIL - ONU BR. Secretário-geral da ONU apresenta síntese dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável pós-2015. Publicado em: 4 dez. 2014. Atualizado em: 01 set. 2015.

PAERL, H. W. et al. Controlling harmful cyanobacterial blooms in a hyper-eutrophic lake (Lake Taihu, China): the need for a dual nutrient (N & P) management strategy. Water research, v. 45, n. 5, p. 1973-1983, 2011.

PAERL, H. W.; HUISMAN, J. Climate change: a catalyst for global expansion of harmful cyanobacterial blooms. Environmental microbiology reports, v. 1, n. 1, p. 27-37, 2009.

SOBRAL, et al. Comportamento espacial da Clorofila-A no reservatório de Itaparica, rio São Francisco. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 20, n. 3, 2016.

STREIT, N. M. et al. Como clorofilas. Cienc. Rural , Santa Maria, v. 35, n. 3, p. 748-755, junho de 2005. Disponível em . Acesso: 10 de abril de 2019. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782005000300043

TOMING, K. et al. First experiences in mapping lake water quality parameters with Sentinel-2 MSI imagery. Remote Sensing, v. 8, n. 8, p. 640, 2016.

TUCCI, C. E. M. Águas urbanas. Estud. av., São Paulo, v. 22, n. 63, p. 97-112, 2008 . Disponível em. Acessado: 10 Jan. 2020. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142008000200007.

TUNDISI, J. G. et al. Recursos hídricos no Brasil: problemas, desafios e estratégias para o futuro. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Ciências, p. 47, 2014.

VON SPERLING, E.; FERREIRA, A. C. da S.; GOMES, L. N. L. Comparative eutrophication development in two Brazilian water supply reservoirs with respect to nutrient concentrations and bacteria growth. Desalination, v. 226, n. 1-3, p. 169-174, 2008.

WANG, X.; GONG, Z.; PU, R. Estimation of chlorophyll a content in inland turbidity waters using WorldView-2 imagery: a case study of the Guanting Reservoir, Beijing, China. Environmental monitoring and assessment, v. 190, n. 10, p. 620, 2018.

YANG, X. et al. Mechanisms and assessment of water eutrophication. Journal of Zhejiang University Science B, v. 9, n. 3, p. 197-209, 2008.

YANG, X. et al. Mechanisms and assessment of water eutrophication. Journal of Zhejiang University Science B, v. 9, n. 3, p. 197-209, 2008.

ZHANG, Y. et al. Satellite analysis to identify changes and drivers of CyanoHABs dynamics in Lake Taihu. Water Science and Technology: Water Supply, v. 16, n. 5, p. 1451-1466, 2016.

Zupic, I.; Ater, T. 2014. Bibliometric Methods in Management and Organization.

Organizational Research Methods, 18(3), 429–472. http://doi.org/10.1177/1094428114562629, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-040

Refbacks

  • There are currently no refbacks.