Monitoria em nutrição em saúde pública e sua relevância no processo ensino-aprendizagem na formação acadêmica do nutricionista / Monitoring in public health nutrition and relevance in the teaching-learning process in nutritionist academic formation

Tathiany Jéssica Ferreira, Letícia de Almeida Nogueira e Moura, Géssica Mércia Almeida, Lucilene Maria de Sousa, Karine Anusca Martins

Abstract


A monitoria consiste em uma atividade acadêmica partícipe de um processo de ensino-aprendizagem desenvolvida de forma conjunta entre professor e estudante, com vistas a auxiliar na formação do futuro profissional com ênfase na consolidação dos conhecimentos adquiridos. Este trabalho constitui um relato de experiência das atividades de monitoria acadêmica realizadas nas disciplinas de Nutrição em Saúde Pública I e II do curso de Nutrição da Universidade Federal de Goiás, ofertadas no 6º e 8º períodos, respectivamente.  A realização da monitoria permitiu um profundo envolvimento com as questões acadêmicas, desde a pesquisa para a elaboração e desenvolvimento de atividades acadêmicas, até o acompanhamento dos estudantes em seu processo de aprendizagem. Este processo possibilitou alterações nas metodologias de ensino aplicadas e favoreceu melhorias no aprendizado de todos envolvidos. A possibilidade de auxiliar os estudantes das disciplinas nas dificuldades que surgiram no cumprimento dos objetivos propostos no currículo acadêmico, foi uma das experiências mais promissoras vivenciadas, por meio da monitoria. Além disso, é uma forma de aprendizagem da prática pedagógica docente. Conclui-se que a monitoria cumpre seu papel de desenvolver competências e habilidades na formação acadêmica, além de permitir o aprofundamento em conhecimentos técnicos, teórico-práticos e estimular o hábito de estudo na carreira profissional


Keywords


Mentores, Educação em Saúde, Ensino Superior, Ciências da Nutrição, Nutricionistas, Saúde Pública.

References


AZEVEDO, C. R. L.; FARIAS, M. E. L.; BEZERRA, C. C. Monitoria acadêmica em uma disciplina semipresencial: relato de experiência. Research, Society and Development, v. 9, n. 4, e39942788, 2020.

BELTRAN, J. Concepto, desarrollo y tendencias actuales de la Psicología de la instrucción. In J. Beltran, & C. Genovard, Psicología de la instrucción: variables y procesos básicos. Madrid, v. 1, p. 19 -86, 2016.

BOLLELA, V. R.; SENGER, M. H.; TOURINHO, F. S. V.; AMARAL, E. Aprendizagem baseada em equipes: da teoria à prática. Revista Medicina, Ribeirão Preto, v. 47, n.3, p. 293-300, 2014.

BRASIL. Presidência da República (Brasil). Lei nº8.234, de 17 de setembro de 1991. Regulamenta a profissão de nutricionista e determina outras providências. Brasília: Diário Oficial da União; 1991 [citado 2018 set. 27]. Disponível em: . Acesso em: 20 Set. 2020.

BRASIL. Universidade Federal de Goiás. Resolução CEPEC nº. 1604/2018. Regulamenta o Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Universidade Federal de Goiás (UFG), e revoga a Resolução CEPEC Nº 1418/2016. Disponível em: < https://sistemas.ufg.br/consultas_publicas/resolucoes/arquivos/Resolucao_CEPEC_2018_1604.pdf>. Acesso em: 20 Set. 2020.

BRASIL. Universidade Federal de Goiás. Resolução CEPEC nº. 1418/2016. Regulamenta o Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Universidade Federal de Goiás (UFG), e revoga a Resolução CEPEC Nº 1190. Disponível em: < https://files.cercomp.ufg.br/weby/up/483/o/Resolucao_CEPEC_2016_1418.pdf>. Acesso em: 20 Set. 2020.

CAETANO, F. S. DE C.; QUAGLIA, I. A utilização da ferramenta moodle em cursos presenciais em uma instituição de ensino superior. EaD em Foco, v. 4, n. 2, p. 107 – 123, 2014.

COSTA, R. H. S; MORAIS, J. F. G.; MORAIS, M. F. A. B.; CARVALHO, V. U. S.; ARAÚJO, D. V.; MACEDO, J. Q. Vivência socioeducativa da monitoria em enfermagem: prática de ensino e emancipação. Relato de experiência do Projeto de Ensino “Processo Ensino-Aprendizagem em Enfermagem: contribuição para a melhoria na FACISA/UFRN”. Caderno de monitoria, v. 1, p. 35-47, 2011.

ANDRADE, E. G. R.; RODRIGUES, I. L. A.; NOGUEIRA, L. M. V.; DE SOUZA, D. F. Contribuição da monitoria acadêmica para o processo ensino-aprendizagem na graduação em enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 71, n. 4, 2018.

HISSETTE, L. G. J. N.; AMARAL, S. R.; LEITÃO, S. Mediação na construção de conhecimento via argumentação: experiências de monitoria. Revista Amazônica, v.25, n.2, p. 256-267, 2020.

LIRA, M. O; NASCIMENTO D. Q; SILVA, G. C. L; MANAN, A. S. Contribuições da monitoria acadêmica para o processo de formação inicial docente de Licenciandos em Ciências Biológicas da UEPB. In: Congresso Nacional de Educação, 2., 2015. Campina Grande. Anais... 2015.

MACEDO, G. F.; RAMÍREZ, N. L. Formando mediadores de argumentação: uma experiência de estágio de docência. Psicologia Escolar e Educacional, Maringá, v. 22, n.3, p. 647 – 651, 2018.

MENDES, E. V. As redes de atenção à saúde. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2011.

NATÁRIO, E. G. Monitoria: um espaço de valorização docente e discente. In: Seminário Internacional de Educação do Guarujá, 3. 2007. Santos. Anais...v.1, p.29, 2007.

PEDRAZA, D. F. Nutrição em Saúde Pública. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil. Recife, v. 13, n. 3, p. 267-268, 2013.

RECINE, E.; SUGAI, A. Consenso sobre habilidades e competências do nutricionista no âmbito da saúde coletiva. Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição – UNB. Brasília, 2013.

RECINE, E.; ALVES, K. P. S.; MONEGO, E.; SUGAI, A.; MELO, A. C. M. Formação profissional para o SUS: análise de reformas curriculares em cursos de graduação em nutrição. Avaliação (Campinas), Sorocaba, v. 23, n. 3, p. 679-697, 2018.

RIGON, S. A.; SCHMDIT, S. T.; BÓGUS, C. M. Nutritional Challenges in the Brazilian Unified National Health System for building the interface between health and food nutritional security. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.32, n.3, p.1-10, 2016.

SANTOS, K.C.; SOUZA, M. R.; ROZALES, A. R. C.; ASSIS, R. M.; MACÊDO, K. M. F.; SERAFIM, G. M. L.; SOUZA, A. L. R. A vivência e o aprendizado na monitoria de anatomia palpatória. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 2, p. 6855-6860, 2020.

SOUZA, C. S.; IGLESIAS, A. G.; PAZIN-FILHO, A. Estratégias inovadoras para métodos de ensino tradicionais: aspectos gerais. Medicina, Ribeirão Preto, v.47, n. 3, p. 284-92, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-039

Refbacks

  • There are currently no refbacks.