O fact-checking e a estratégia de publicação dos resultados: um estudo da divulgação das checagens feitas pela Agência Lupa no debate dos candidatos à presidência em 2018 / Fact-checking and the strategy for publishing results: a study of the disclosure of the checks made by Agência Lupa in the debate of presidential candidates in 2018

Bruna Gomes Bertoldo, Cristiane Maria Riffel

Abstract


A investigação analisa qual o procedimento adotado pela Agência Lupa na publicação das checagens das frases ditas pelos candidatos durante último debate do primeiro turno das eleições presidenciais do Brasil em 2018 promovido pela Rede Globo. O estudo foi motivado pela discussão gerada em torno das publicações dos resultados das checagens durante as eleições. A pesquisa teve como objetivo analisar a metodologia utilizada pela Agência Lupa na publicação das checagens do debate presidencial, bem como descrever o surgimento das agências de checagem no jornalismo; comparar a ordem de publicação das checagens no site e em suas mídias sociais: Facebook, Instagram e Twitter com relação ao debate; e mapear a atuação da Agência Lupa durante o debate. A metodologia envolveu a realização de pesquisa bibliográfica sobre fact-checking; pesquisa documental sobre o surgimento das agências de checagem e a atuação da agência Lupa; coleta e análise das publicações das checagens da Lupa sobre o debate nas mídias sociais. Constatamos que os métodos utilizados na publicação dos resultados nas mídias sociais não seguem um padrão e isso pode comprometer o trabalho de apuração e verificação da agência de notícias, bem como confundir o leitor que recebe o conteúdo.

 

 


Keywords


fact-checking, mídias sociais eleições, debate presidencial.

References


BRAGA, Renê Morais da Costa. A indústria das fake news e o discurso de ódio. In: PEREIRA, Rodolfo Viana (Org.). Direitos políticos, liberdade de expressão e discurso de ódio. Volume I. Belo Horizonte: IDDE, 2018. p. 203-220. ISBN 978-85-67134-05-5. Disponível em .

FILHO, Eduardo Meinberg de Albuquerque Maranhã; COELHO, Fernanda Marina Feitosa; DIAS, Tainah Biela; “Fake news acima de tudo, fake news acima de todos”: Bolsonaro e o “kit gay”, “ideologia de gênero” e fim da “família tradicional”. Revista Eletrônica Correlatio v. 17, n. 2 - dezembro de 2018.

KOVACH, Bill; ROSENSTIEL, Tom. Os elementos do jornalismo: o que os jornalistas devem saber e o público exigir. São Paulo: Geração Editorial, 2004.

LEAL, Natália. Entrevista concedida a Bruna Gomes Bertoldo. Itajaí, 20 e 21 maio. 2019.

PRADO, Jean Gabriel Reis; MORAIS, Osvando José de. A checagem de fatos (fact-checking) como nova prática jornalística: história, crescimento e profissionalização. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. XXIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste – Belo Horizonte - MG – 7 a 9/6/2018.

SEIBT, Taís. JORNALISMO DE VERIFICAÇÃO COMO TIPO IDEAL: A prática de fact-checking no Brasil. Universidade Federal do Rio Grande Do Sul Faculdade Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação. Porto Alegre, 2019.

SILVA, Nayane Maria Rodrigues da. Fake News: a revitalização do jornal e os efeitos Fact-Checking e CrossCheck no noticiário digital. Temática. Ano XIII, n. 08. agosto/2017. NAMID/UFPB.

TRÄSEL, Marcelo; LISBOA, Sílvia; REIS, Giulia; INDICADORES DE CREDIBILIDADE NO JORNALISMO: uma análise dos produtores de conteúdo político brasileiros. Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. XXVII Encontro Anual da Compós, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte - MG, 05 a 08 de junho de 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-036

Refbacks

  • There are currently no refbacks.