Patologias em estruturas de concreto armado: estudo de caso / Pathologies in reinforced concrete structures: case study

Amanda Fernandes Pereira da Silva, Hildegard Elias Barbosa Barros, Diego Silva Ferreira, Laécio Guedes do Nascimento, Francisco Éric Guimarães Lima, Lucas de Oliveira Bezerra

Abstract


Inúmeros são os fatores que intervêm no processo da corrosão de armaduras em estruturas de concreto armado onde sua origem provém de diferentes fontes. À vista disso, com o intuito de contribuir para o desenvolvimento de pesquisas acerca do assunto, este trabalho realizou uma vistoria, análise e julgamento das condições de serviço em estruturas corroídas de um edifício residencial (Teresina-PI). Posteriormente é feito uma discussão das possíveis causas mais recorrentes que podem ter acarretado o surgimento desse problema e, logo após, são comentadas as providências que podem ser tomadas para solucioná-lo de modo a evitar que o mesmo problema venha a acontecer no futuro. Chegou-se ao entendimento que é imprescindível a aplicação de medidas intensas (critérios de durabilidade) nos projetos e execução da obra juntamente com as principais medidas de prevenção. Além disso, a inspeção/manutenção é um procedimento fundamental para a elaboração do correto prognóstico e correção da patologia. 


Keywords


Patologia, Corrosão em armaduras, Concreto armado.

References


(1) SOUZA, V. C. M. de; RIPPER, T. Patologia, recuperação e reforço de estruturas de concreto. 1. ed. São Paulo: Pini, 1998.

(2) ROCHA, I. Corrosão em estruturas de concreto armado. Revista On-line Ipog, Goiânia e dezembro/2015, p. 1-26.

(3) FIGUEIREDO, E. P. Efeitos da carbonatação e de cloretos no concreto. São Paulo: IBRACON, 2005.

(4) HELENE, P. R. do L. Corrosão em Armaduras para Concreto Armado. São Paulo: Pini, 1986.

(5) CASCUDO, O. O Controle da Corrosão de Armaduras em Concreto. 1ª ed. Goiânia: PINI e UFG, 1997.

(6) ANDRADE, C. Manual para Diagnóstico de Obras Deterioradas por Corrosão de Armaduras, tradução e adaptação Antônio Carmona e Paulo Helene: Pini, 1992.

(7) MEDEIROS, M. Corrosão do concreto é causada por umidade e gases nocivos. Disponível em: Acesso em: 25 de dez. de 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-027

Refbacks

  • There are currently no refbacks.