A campanha nacional de educandários gratuitos e a história do ginásio brigadeiro Newton Braga / The national free educational campaign and the story of the brigadeiro gym Newton Braga

Jussara Cassiano Nascimento

Abstract


Este trabalho tem como objetivo apresentar discussões sobre a história da fundação de uma instituição escolar de cunho militar: o Ginásio Brigadeiro Newton Braga, fundado em 1960, na Cidade do Rio de Janeiro. Essa investigação vincula-se à pesquisa de Doutorado, realizada na Universidade Católica de Petrópolis. A fundamentação teórica e metodológica se espelha nos trabalhos sobre a história das instituições escolares de Nosella e Buffa (2005), Silva (1969) e Nunes (1980; 2000) e no paradigma indiciário de Ginzburg (1989). Os dados foram coletados nos arquivos do Colégio, do III COMAR e através de entrevistas. Envidamos esforços para buscar uma história tecelã recomponha a história de movimentos sociais do período de lutas pela expansão do ensino secundário, destacando o papel da Campanha Nacional de Educandários Gratuitos, contexto histórico em que se circunscreve a fundação do ginásio. Estabelecemos ênfase na relação entre os movimentos nacionais e locais de luta pela expansão da oferta do ensino secundário público e gratuito. É nesse contexto de conflitos e disputas sociais que se configuram ações de grupos como a CNEG, movimento que se caracterizava pela atividade do voluntariado, com objetivo de ampliar a oferta do ensino secundário para atender a população carente nas diferentes localidades brasileiras. Consideramos importante o resgate de movimentos sociais na luta pela expansão do ensino secundário e sua vinculação com a história de uma instituição escolar.

 

 


Keywords


História das instituições escolares, História da Educação, Escolas militares.

References


AMADO, Gildásio. Educação Média e fundamental. Livraria José Olympio Editora, Instituto Nacional do Livro/MEC. Brasília, INL. 1964.

BENJAMIN, W. O narrador: considerações sobre a obra de Nicolai Leskov. São Paulo: Editora Brasiliense, 1994.

BUFFA, Ester, NOSELLA, Paolo. A escola profissional de São Carlos. São Carlos: EdUFSCar, 1998.

BRASIL. Aviso nº15 de 31 de março de 1960. Boletim Interno do Ministério da Aeronáutica, autorizando o funcionamento do Ginásio Brigadeiro Newton Braga. Publicado no Diário Oficial da União de 05 de abril de 1960.

BRASIL. Lei nº 4.024 de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 10 jan. 1961.

______. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 23 dez. 1996.

CNEC. Institucional. Disponível em: http://www.cnec.br/ Acesso em: 20 jul. 2019.

GERIN, M. C. C. Burnout: o trabalho docente e a saúde ocupacional no Colégio Brigadeiro Newton Braga. 2008. Dissertação (Mestrado). Universidade Plínio Leite (UNIPLI), Niterói, Rio de Janeiro, 2008.

GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas e sinais. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

NOSELLA, Paolo, BUFFA, Ester. Schola mater: a antiga Escola Normal de São Carlos. São Carlos: EDUFSCar, 1996.

NOSELLA, Paolo e BUFFA, Ester. As pesquisas sobre instituições escolares: Balanço Crítico. In: Histedbr, navegando na história. Campinas: 2005.

NUNES, Clarice. O velho e bom ensino secundário: momentos decisivos. Revista Brasileira de Educação. Nº 14, 2000.

_____________. Escola & dependência: o ensino secundário e a manutenção da ordem. Rio de Janeiro: Achiamé, 1980.

PETITAT, André. Entre História e Sociologia. Uma perspectiva construtivista aplicada à emergência dos colégios e da burguesia. Teoria e Educação. Porto Alegre. 1992.

SANFELICE, José Luiz. História e historiografia de instituições escolares. Revista HISTEDBR On-line. Campinas, nº 35, p. 192-200, set. 2007.

SAVIANI, Dermeval, LOMBARDI, José Claudinei, SANFELICE, José Luís (orgs.). História e história da educação. Campinas, SP: Autores Associados/HISTEDBR, 1998.

SILVA, Geraldo Bastos. A educação secundária: perspectiva histórica e teoria. São Paulo: Nacional, 1969.

SPOSITO, Marília Pontes. O povo vai à escola: a luta popular pela expansão do ensino público em São Paulo. São Paulo: Loyola, 1984.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-014

Refbacks

  • There are currently no refbacks.