Uso racional de água nos serviços turísticos: informações de hóspedes em relação aos meios de hospedagem / Rational use of water in touristics services: information from guests in relation to lodging facilities

Cleomar Antonio Zocholini, Suzana Maria de Conto, Sérgio Foletto

Abstract


Os hóspedes controlam o consumo de água nos meios de hospedagem? Os meios de hospedagem apresentam medidas de minimização e racionalização de recursos hídricos? Os hóspedes são sensibilizados  sobre o uso racional da água? Partindo desses questionamentos buscou-se identificar as ações desenvolvidas pelos meios de hospedagem e pelos hóspedes no quesito da sustentabilidade ambiental, de modo especial nos usos da água. Para realização desta pesquisa foram aplicados questionários a hóspedes de três meios de hospedagem do Roteiro Turístico Termas e Longevidade da Região da Encosta Superior do Nordeste do Rio Grande do Sul-Brasil. Os resultados indicam que 38% dos hóspedes informam controlar o consumo de água nos meios em que se hospedam e que esses empreendimentos apresentam medidas isoladas de racionalização de uso da água. Constata-se que, em geral, os estabelecimentos apresentam apenas medidas isoladas e não programas ambientais efetivos na gestão dos recursos naturais. Conclui-se sobre a importância da internalização de programas de uso racional da água no planejamento estratégico dos meios de hospedagem a fim de tornarem-se sustentáveis em todos os aspectos.


Keywords


Hóspedes, Meios de hospedagem, Racionalização do uso da água, Gestão da sustentabilidade.

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE HOTÉIS – ABIH. Apenas 10 hotéis no Brasil conseguiram o selo de sustentabilidade. Disponível em: . Acesso em: 06 maio 2016.

ANA.Panorama da Qualidade das Águas Superficiais do BRASIL 2012. Disponível em: . Acesso em: 16 abr. 2016.

ALVES, Thiago José Costa. Responsabilidade de hóspedes em relação à variável ambiental: estudo de caso de dois meios de hospedagem. 2008. 117 f. Dissertação (Mestrado em Turismo) - Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2008.

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT (2014). NBR 15401. Meios de hospedagem – sistema de gestão da sustentabilidade – requisitos. Rio de Janeiro-RJ, Brasil: ABNT.

BARBERÁN, Ramón; EGEA Pilar; GRACIA-DE-RENTERÍA Pilar; SALVADOR Manuel.Evaluation of water saving measures in hotels: A Spanish case study. Zaragoza, Spain. International Journal of Hospitality Management. Department of Applied Economics and University Institute for Environmental Science Research in Aragón, University of Zaragoza, Gran Vía, Zaragoza, Spain, v. 34, p. 181–191, 2013.

Disponível em: . Acessoem: 28 fev. 2016.

BOHDANOWICZ, P.; Environmental awareness and initiatives in the Swedishand Polish hotel industries - survey results. Hospitality Management, v. 25, 2006, p. 662-682. Disponível em: . Acesso em: 29 mar. 2016.

BOHDANOWICZ, P.; MARTINAC, I. Determinants and benchmarking of resource consumption in hotels - Case study of Hilton International and Scandic in Europe. Energy and Buildings, v. 39, p. 82-95, 2007. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2016.

BRASIL. Lei nº 9.433/97, de 08 de janeiro de 1997. Institui a Política Nacional de Recursos Hídricos, cria o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, regulamenta o inciso XIX do art. 21 da Constituição Federal, e altera o art. 1° da Lei n° 8.001, de 13 de março de 1990. Disponível em:. Acesso em: 04 abr. 2015.

CARSON, R. Primavera silenciosa. 2. ed. Rio de Janeiro: Melhoramentos, 1962.

CENTRO INTERNACIONAL DE REFERÊNCIA EM REUSO DE ÁGUA - CIRRA. Estudo da USP mostra chuveiro elétrico como opção mais econômica para o banho. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2016.

COSTA, Fabrizia Valle da. Gestão ambiental em hotéis: avaliando o comportamento voluntário de um resort brasileiro. 2011. 138 f. Dissertação (Mestrado em Gestão Econômica do Meio Ambiente) – Universidade de Brasília, Brasília/DF, 2011. Disponível em: . Acesso em: 29 fev. 2016.

DE CONTO, Suzana Maria; ZARO, Marcelo. O hóspede como fator decisivo na adoção de políticas e práticas ambientais em meios de hospedagem – Caxias do Sul/RS. Revista Rosa dos Ventos, Caxias do Sul, v.3, n.3, p. 337-358, 2011. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2015.

DE CONTO, Suzana Maria; ZARO, Marcelo; PISTORELLO, Josiane. O papel de colaboradores de um meio de hospedagem no Sistema de Gestão Ambiental. In: SEMINÁRIO EM TURISMO DO MERCOSUL, 6., 2010, Caxias do Sul. Anais eletrônicos... UCS, 2010. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2015.

DENCKER, Ada de Freitas Maneti. Métodos e técnicas de pesquisa em turismo. 2.ed. São Paulo: Futura. 1998.

ERDOGAN, Nazmiye; BARISB Emin. Environmental protection programs and conservation practices of hotels in Ankara, Turkey. Tourism Management, v.28,p. 604–614, 2007.Disponível em: . Acesso em: 29 fev. 2016.

FERRARI, Patricia Flôres. Percepção ambiental dos gestores de meios de hospedagem: estudo de caso em Caxias do Sul - RS. 2006. 117 f. Dissertação (Mestrado em Turismo) – Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2006.

FOLETTO, Sérgio. Ações de sustentabilidade ambiental em meios de hospedagem do Roteiro Turístico Vale dos Vinhedos. 2016. 139 f. Dissertação (Mestrado em Turismo e Hospitalidade) – Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul – RS, 2016. Disponível em: . Acesso em: 20 set 2018.

GIL, Wellington Torres et al. A análise da disponibilidade de recursos hídricos na região metropolitana de Curitiba e a importância das indústrias em buscar fontes alternativas de captação de água. Revista Brazilian Journal of Development – Eletrônica, n. 3, v. 6, p.13741-13756, mar. 2020. Disponível em: . Acesso em: 18 out. 2020.

GUZZO, Renata Fernandes. A relação das práticas ambientais e desempenho organizacional na hotelaria de Porto Alegre. 2011. 113 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Administração). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS, 2011. Disponível em: Acesso em: 04 fev. 2016.

JASPER, Juliana Rose. Situações de saneamento ambiental do turismo no espaço rural: estudo do caso da rota germânica. 2006. 133 f. Dissertação (Mestrado em Turismo). Universidade de Caxias do Sul. Caxias do Sul, 2006. Disponível em: . Acesso em: 08 maio 2016.

MALTA, Maria Claudia Mancuelho; MARIANI, Milton Augusto Pasquotto. Estudo de caso da sustentabilidade aplicada na gestão dos hotéis de Campo Grande, MS. Revista Turismo, Visão e Ação– Eletrônica, n. 1, v. 15, p. 112–129, jan-abr 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 mar. 2016.

MOURA, Luiz Antonio Abdalla de. Qualidade e gestão ambiental. 6.ed. Belo Horizonte/ MG: Del Rey, 2011.

NASCIMENTO, Carlos Augusto do; NAIME, Roberto. Panorama do uso, distribuição e contaminação das águas superficiais no Arroio Pampa na bacia do Rio dos Sinos. Revista Estudos Tecnológicos em Engenharia – ETEC. São Leopoldo/RS, v.5, n. 1, p.101-120, jan/abr 2009. Disponível em: . Acesso em: 13 abr. 2016.

OLIVEIRA, Murilo de Alencar Souza. A certificação em sustentabilidade (NBR 15401:2006) como fator estratégico de obtenção de vantagens competitivas. 2013. 299 f. Tese (Doutorado em Administração e Turismo) – Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu/SC, 2013. Disponível em: . Acesso em: 14 maio 2015.

RAMÍREZ, Amanda Legorreta; GARCÍA, Maribel Osorio. Identificación de los residuos sólidos generados por el turismo dentro de un área natural protegida: caso Parque de los Venados. Revista El Periplo Sustentable, v. 21, p. 61-100, Toluca, Estado do México, 2011. Disponível em: < https://rperiplo.uaemex.mx/article/view/5015>. Acesso em: 18 set. 2018.

REVISTA HOTÉIS. Vitória Hotel Concept Campinas (SP) recebe certificação ambiental da ABNT. São Paulo: Editora EJOTA Ltda, 2015.

RICCI, Renato. Hotel: gestão competitiva no século XXI, ferramentas práticas de gerenciamento aplicadas a hotelaria. Rio de Janeiro: Qualitimark, 2002.

RODRÍGUEZ, Francisco. J. Garcia; CRUZ, Yaza Del Mar Armas. Relation between social-environmental responsibility and performance in hotel firms. International Journal of Hospitality Management, v.26, p.824–839, 2007.Disponível em:

. Acesso em: 25 abr. 2016.

SANTOS, Cleide Bárbara Neres dos; SOUZA, Maria Tereza Saraiva de; BARBOSA, Ricardo Joaquim. Gestão Ambiental em empreendimentos hoteleiros: análise de práticas e de resultados em um estudo de casos múltiplos. In: III SEGeT – Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 2006, Resende/RJ. Anais eletrônicos... AEDB, 2006. Disponível em: . Acesso em: 14 abr. 2016.

SCHLÜTER, Regina G. Metodologia da pesquisa em turismo e hotelaria. São Paulo: Aleph, 2003.

SILVA, Roberto do Nascimento e. Ações ambientais em meios de hospedagem da Região Uva e Vinho da Serra Gaúcha - RS. 2011. 164 f. Dissertação (Mestrado em Turismo) – Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2007.

SOUZA, Viviane da Silva; SOBRAL, Marcos F. Falcão; MELO, André Souza. Práticas socioambientais em hotéis-fazenda do agreste pernambucano sob a perspectiva do cliente. Revista Metropolitana de Sustentabilidade – RMS, São Paulo, v. 5, n. 3, p. 104-130, set./dez. 2015. Disponível em:

. Acesso em: 14 abr. 2016.

SOUZA Claudio Alexandre de; ALVARES Rafaella Caroline Simão. Certificação Sustentável em Meios de Hospedagem – Caso da Certificação NBR 15401 no Brasil. Revista Rosa dos Ventos, Caxias do Sul, v.6, n.4, p. 531-545, out-dez, 2014. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2015.

TACHIZAWA, Takeshy. Gestão ambiental e responsabilidade social corporativa: estratégia de negócios focadas na realidade brasileira. 3.ed. São Paulo: Atlas, 2005.

TORTELLA, Bartolomé Deyà; TIRADO, Dolores. Hotel water consumption at a seasonal mass tourist destination. The case of the island of Mallorca. Journal of Environmental Management, v. 92, p. 2568–2579, 2011.Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2016.

WOLKMER, Maria de Fátima Schumacher; MELO, Milena Petters (Org.). Crise ambiental, direitos à água e sustentabilidade: visões multidisciplinares. Caxias do Sul, RS: EDUCS, biblioteca virtual, 2012. Disponível em: . Acesso em: 16 abr. 2015.

VELASCO, Rocío López; HERRERA, América Libertad Rodríguez; MENDOZZA, María del Carmen Barragán; MEZA, Carmelo Castellanos; ORTEGA, Rolando Palacios; GARCÍA, Marcela Martínez. Turismo y contaminación ambiental en la periferia urbana de Acapulco: Ciudad Renacimiento. Revista El Periplo Sustentable, v. 23, p. 133-141, Toluca, Estado do México, 2012. Disponível em: . Acesso em: 18 set. 2018.

VICTORINO, C. J. A. (2007). Planeta água morrendo de sede: uma visão analítica na metodologia do uso e abuso dos recursos hídricos. Porto Alegre-RS, Brasil: EDIPUCRS. Disponível em: Acesso em 05 abr. 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-437

Refbacks

  • There are currently no refbacks.