Impacto da pandemia da covid-19 na formação de residentes em saúde / Impact of the covid-19 pandemic on the training of health residents

Gabriele de Oliveira, Ana Paula Moreira, Lara Simone Messias Floriano, Danielle Bordin, Geiza Rafaela Bobato, Luciane Patrícia Andreani Cabral

Abstract


Introdução: a pandemia da COVID-19 acarretou diversas mudanças no estilo de vida da população em geral e nos serviços de saúde, a exemplo da Residência em Saúde. Objetivo: avaliar o impacto da pandemia na formação dos profissionais da Residência em Saúde. Metodologia: estudo transversal, quanti e qualitativo, desenvolvido com residentes de um hospital universitário (n=100). A coleta de dados ocorreu por meio de questionário online e os dados analisados por meio de frequência absoluta e relativa e análise de conteúdo. Resultados: a maioria dos residentes era do sexo feminino, com média etária de 25 anos, morando sozinho, sem filhos, com renda familiar entre 3 a 5 salários. Grande parte era enfermeiro, entre 1 e 2 anos de formado e cursando residência de intesivismo. A maioria não pensou em desistir da residência, considerou extremamente positiva o remanejo da carga horária para atividades autodirigidas e extremamente prejudicados quanto as atividades específicas da formação, teóricas e práticas hospitalares. Ainda, a maioria não foi afastado por motivo de saúde, relataram sentir um pouco de medo e estar mais ou menos satisfeito com sua capacidade de concentração, de desempenhar as atividades do dia-a-dia e para o trabalho. Quanto aos impactos da COVID-19 na rotina de trabalho e residência, a maioria referiu impacto nas atividades práticas, mudança nos plantões, mudança de atividade teórico presencial para EAD e distanciamento da formação específica. Conclusão: a pandemia impactou na formação dos residentes, sendo necessário estratégias para superar as fragilidades destacadas e não acarretar prejuízo para a qualificação destes profissionais.


Keywords


Infecção por Coronavírus, Formação Profissional em Saúde, Avaliação do Impacto na Saúde.

References


BRASIL. Ministério da Saúde. Ministério da Educação. Portaria interministerial nº 45, de 12 de janeiro de 2007. Dispõe sobre a Residência Multiprofissional em Saúde e a Residência em Área Profissional da Saúde e Institui a Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde. Diário Oficial da União, Brasília, 12 jan. 2007.

BRASIL. Resolução nº 287 de 08 de outubro de 1998. Ministério da Saúde. 1998. Diário Oficial da União, Brasília, 08 out. 1998. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/1998/res0287_08_10_1998.html

BRASIL. Resolução nº 5 de 7 de novembro de 2014. Dispõe sobre a duração e a carga horária dos programas de Residência em Área Profissional da Saúde nas modalidades multiprofissional e uniprofissional e sobre a avaliação e a frequência dos profissionais da saúde residentes. Diário Oficial da União, Brasília, 7 nov. 2014. Disponível em: . Acesso: 15 ago. 2020.

ALMEIDA, I. M. Proteção da saúde dos trabalhadores da saúde em tempos de COVID-19 e respostas à pandemia. Rev. bras. saúde ocup. São Paulo, v. 45, 2020. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2020.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2020.

COSTA, R. et al. Ensino de Enfermagem em tempos de COVID-19: como se reinventar nesse contexto?. Texto contexto - enferm., Florianópolis , v. 29, 2020 . Disponível em: . Acesso em: 19 de ago.de 2020.

FERREIRA, A.P. et al. Percepção de residentes sobre a residência multiprofissional em saúde: um aporte para o fomento da qualidade do ensino superior. Braz. J. of Develop. Curitiba, v.5, n.11, 2019. Disponível em: < https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/4332/4062>. Acesso em: 19 de ago. de 2020.

FERNANDES, M. N. S. et al. Sofrimento e prazer no processo de formação de residentes multiprofissionais em saúde. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre, v. 36, n. 4, pág. 90-97, 2015. Disponível em: . Acesso em: 19 ago. 2020.

FERNANDES, M. N. S. Prazer e Sofrimento no processo de formação de residentes multiprofissionais em saúde. 118 f. Tese (Doutorado) - Curso de Enfermagem, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013. Disponível em:. Acesso em: 20 ago. 2020.

GOULART, C. T. et al. Perfil sociodemográfico e acadêmico dos residentes multiprofissionais de uma universidade pública. Rev. Rene. Santa Maria, v. 13, n.1, p. 178-186, 2012. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2020.

LIMA, D. S. et al. Recomendações para cirurgia de emergência durante a pandemia do COVID-19. J. Health Biol Sci. Fortaleza, v.8, n.1, p. 1-3, 2020. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2020.

REBOUÇAS, E. R. N. et al. Residência Multiprofissional: contribuições durante a pandemia. Cadernos Esp. Ceará. Ceará, v. 14, n.1, p. 118 -123, 2020. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2020.

RODRIGUES, T. F. Residências multiprofissionais em saúde: formação ou trabalho? Serviço Social e Saúde, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 71-82, 2016. Disponível em: . Acesso em: 19 ago. 2020.

ORGANIZAÇÃO PAN- AMERICANA DE SAÚDE. Folha informativa COVID-19 - Escritório da OPAS e da OMS no Brasil, 2020. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2020.

ROCHA, J. S. et al. Saúde e trabalho de residentes multiprofissionais. Revista Ciencias de La Salud, Colômbia, v. 16, n. 3, p. 447-462, 2018. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2020.

ROTTA, D. S. et al. Anxiety and depression levels among multidisciplinary health residents. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste, São Paulo, v. 17, n. 3, p. 372-377, 29 jun. 2016. Disponível em: . Acesso em: 19 ago. 2020.

ROTTA, D. S. et al. Engagement de residentes multiprofissionais em saúde. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v. 53, 2019. Disponível em: . Acesso em: 19 de ago. 2020.

SALVADOR, A. S. et al. Construindo a Multiprofissionalidade: um olhar sobre a residência multiprofissional em saúde da família e comunidade. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, Paraíba, v. 15, n. 3, p. 329-338, 2011. Disponível em:. Acesso em: 19 ago. 2020

SILVA, C. A.; DALBELLO-ARAUJO, M. Programa de Residência Multiprofissional em Saúde: o que mostram as publicações. Saúde debate, Rio de Janeiro, v. 43, n. 123, p. 1240-1258, out. 2019. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2020.

SILVA, L. S.; NATAL, S. Residência Multiprofissional em Saúde: análise da implantação de dois programas pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro , v. 17, n. 3, , 2019 . Disponível em: . Acesso em: 19 ago. 2020.

SILVA, C. T. et al. Residência multiprofissional como espaço intercessor para a educação permanente em saúde. Texto contexto - enferm., Florianópolis, v. 25, n. 1, 2016. Disponível em: . Acesso em: 18 de ago. 2020




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-425

Refbacks

  • There are currently no refbacks.