Uma experiência de extensão em Design na Reserva Extrativista Quilombo Frechal, Maranhão/Brasil/ An extension experience in Design at Quilombo Frechal Extractive Reserve, Maranhão/Brazil

Camila Andrade dos Santos, Ádilla Danúbia Marvão Nascimento Serrão, Rogério Hideki Ferreira Funo, Antônia Macedo Filha, Tito Carvalho Tsuji, Nicole Aguiar Simões, Valéria Cristina dos Santos Carvalho, João Pedro Pimentel Abreu

Abstract


Este escrito relata uma experiência de extensão no âmbito do ensino técnico em Comunicação Visual do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão. Descreve, de um lado, a experiência da viabilização e potencialização do ensino técnico da área do design por meio da extensão e, por outro, a prática profissional que atende demandas da comunidade envolvida. Possibilita, ainda, uma reflexão sobre as habilidades do design na promoção da inovação e desenvolvimento social por meio de um projeto participativo que teve, como objetivo, estudar formas de construção da identidade visual e das etiquetas para  os diversos produtos da Reserva Extrativista Quilombo Frechal, com a participação ativa dos agentes locais. Desenvolveu, por tanto, um projeto que incluiu todas as partes interessadas no processo por meio de metodologias de co-criação e colaboração em um diálogo horizontal entre as partes, respeitando as especificidades da comunidade e possibilitando o aprendizado mútuo, oportunizando aos participantes experiências, vivências e trocas sociais.


Keywords


Extensão em design,Ensino técnico em Design,Comunicação Visual, Reserva Extrativista, Quilombo Frechal.

References


Almendra, R., Veiga, I. (2014). Social Design Principle and Practicioners. In: Design research society conference. Sweden: Umea University

Arnstein, Sherry R.(1969) A Ladder Of Citizen Participation. Journal of the American Planning. Association, 35: 4, 216 – 224

Binder, T. et al., (2011) Design Things. Cambridge, Ma, London: Mit Press.

Cardoso, R. (2012). Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac Naify

Costa, M. B. Contribuições do design social: como o design pode atuar para o desenvolvimento econômico de comunidades produtivas de baixa renda. Anais eletrônicos... II Simpósio Brasileiro de Design Sustentável, 2009, ANHEMBI, São Paulo. Disponível em: . Acesso em 30 de março de 2018.

Krucken, L. Design e território: valorização de identidades e produtos locais. São Paulo: Studio Nobel, 2009.

Lobach, B. (2001). Design industrial: bases para a configuração dos produtos industriais. São Paulo: blucher

Manzini, E; Vezzoli, C. (2002). O desenvolvimento de produtos sustentáveis: os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: Edusp.

Moggridge, B. (2007). Designing Interactions. 1st ed. Cambridge, Massachusetts: The MIT Press

Papanek, V. (2000). Design for the real wolrd:human ecology and social change. Chicago: Academy Chicago Publishers (Obra original publicada em 1971).

Ponte, R., Martins, M., & Niemeyer, L. (2014, junho). Design Antrhopology e o processo de design: experiência e cocriação no projeto, produção e uso. Arcos Design, V. 8 N. 1, 20-35.

SILVA, D. E. N., (2009). Projetando produtos sociais. Recife: Ed. Universitária da UFPE




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-417

Refbacks

  • There are currently no refbacks.