Colesterol: Uma temática para contextualizar o ensino de Química / Cholesterol: A Theme to Contextualize the Teaching of Chemistry

Mariangela Bruch dos Santos, Letiele Bruck de Souza, Elton Luís Gasparotto Denardin, Lucimara Machado Ferreira, Lisiane da Silva Severo, Hercules Abie Pereira

Abstract


A Química é uma ciência que busca compreender os processos naturais e não-naturais que ocorrem no nosso meio, tornando-se importante a compreensão no que tange a alimentação do ser humano. A intencionalidade deste estudo se faz acerca dos hábitos alimentares saudáveis por estudantes do ensino médio da Educação de Jovens e Adultos – EJA, no município de Alegrete/RS. A proposta se dá em três etapas: a primeira denominada de Pré-Oficina que foi realizada por meio de um questionário investigativo. A segunda foi a abordagem de conceitos de Carboidratos, Proteínas e Lipídios e sua finalização, por meio de uma palestra. E a terceira etapa foi a Pós-Oficina, na qual foi realizado um questionário avaliativo. Com os resultados obtidos, verificou-se que os estudantes desconheciam os conceitos “corretos” referentes ao Colesterol e que houve evolução nas concepções dos estudantes acerca dos tópicos estudados, bem como da temática abordada. Desta forma, contatou-se que a intervenção promoveu a contextualização dos conteúdos químicos e uma proximidade com a ciência.


Keywords


Colesterol, Química, EJA, Ensino, Alimentos, Saúde.

References


AGOSTINHO, L.C.L.; NASCIMENTO, L; CAVALCANTE, B.F. A Química dos Alimentos no Processo de Ensino Aprendizagem na Educação de Jovens e Adultos - EJA. Revista Lugares de Educação, Bananeiras/PB, v.2, n1, p.31-46, Jan-jun. 2012. Disponível em:

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70,1977.

BERGMANN, M. L. de A.; BERGMANN, G. G.; HALPERN, R.; RECH, R. R.; CONSTANZI, C. B.; ALLI, L. R.a. Colesterol total e fatores associados estudo de base escolar no sul do Brasil. Arq Bras Cardiol, v.97, n.1, p. 17-25, 2011.

CHASSOT, Á. I.. A educação no ensino da química. Ijuí: Ed. Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, FIDENE.1990.

DIAS, Raquel Rodrigues et al. QNESC: um estudo do estado da arte sobre as possibilidades de abordagens em química orgânica. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 10, p. 74152-74162, 2020.

FREIRE,P. Educação como prática da liberdade. São Paulo: Paz e Terra,1967.

HAMES, G. F. O Retorno Dos Alunos À Eja: Um Estudo De Caso Na Escola Centro Educacional Governador Vilson Kleinubing - São José, Santa Catarina. Tema: Educação de Jovens e Adultos. Monografia. São José, 2014. Santa Catarina.

LESSA, T.S. dos. S. Avaliação Nutricional, Consumo Alimentar e Tempo de Tela dos Adolescentes Moradores da Grande Goiabeiras em Vitória/ES. Trabalho de conclusão.Vitória,2013.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M.E.D.A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Ed. Pedagógica e Universitária Ltda, 1983.

Ministério da Educação (MEC), Secretaria de Educação Média e Tecnológica (Semtec). PCN + Ensino médio: Orientações educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais – Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC/Semtec, 2002.

Ministério da Educação (Mec), Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica,V.1,n.1.Brasília 2008.

MARCONDES, M. E. R. Proposições metodológicas para o ensino de Química: Oficinas temáticas para a aprendizagem das ciências e o desenvolvimento da cidadania. Revista semestral da Pró-reitora de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Uberlândia, v.7, 2008.

NASCIMENTO, J.V.do; MANSO, H.S. A Aprendizagem Significativa em Artigos sobre Ensino de Biologia: Uma Revisão Bibliográfica. Aprendizagem Significativa em Revista/Meaningful Learning Review-V4 (3), p. 53-60, 2014.

NETA, P.P. de L; SOARES, M. de. F.C. A importância do Ensino de Química no curso Técnico Integrado Proeja em Agroindústria do IFMA- Campus Codó- Ma. Edição atual- Anais do EITEC. Volume 2, Número 1. Picos: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, 2013.

PÀTARO, R. F. Estratégia De Projetos E Complexidade Na Escola Possibilidades Para Uma Educação Em Valores. Revista e Ação Santa Cruz do Sul, V.21, n1, p.114-139, Jan/Jun2013.

PAZINATO, M. S. Alimentos: uma temática geradora do conhecimento químico. Dissertação de Mestrado. UFSM, 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2016.

PEÇA, C. M. K. Análise e Interpretação de tabelas e gráficos Estatisticos ultizando dados interdisciplinares. Disponível em: . Acesso em: 16 ago. 2016.

PEREIRA, I.D.M. Ensino de Ciências na Perspectiva da Alfabetização Científica: Prática Pedagógica no Ciclo de Alfabetização. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação- Faculdade de Educação Universidade Federal de Pelotas- Pelotas, 2013

RABAIOLI, V.; BORGES, R. M. R. Aliando os saberes prévios de educandos da Eja e as estratégias utilizadas pelo professor na busca de uma aprendizagem significativa. Relato de Experiência. II Congresso Nacional de Educação Matemática e IX Encontro Regional de Educação Matemática. 07 a 10 junho de 2011.

RONDÔNIA, Secretaria de Estado da Educação. Educação de Jovens e Adultos Eja. Ensino Fundamental e Ensino Médio. Rondônia 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 mar. 2016.

SANTOS, L. S. dos. A utilização de aulas temáticas no ensino de química orgânica para alunos da EJA. Trabalho de conclusão. Porto Alegre, 2014.

SANTOS, A.O et al. Dificuldades e motivação de aprendizagem em Química de alunos do ensino médio investigadas em ações do (PIBID/UFS/Química). Revista Scientia Plena, vol.9, n.7, 2013.

SILVA, M. D. de B.; REIS, A. S. dos; YANO, V. T. B. A concepção dos alunos sobre novas metodologias no Ensino de Funções Químicas: o caso de uma Escola Pública do Município de Belém - PA. In. 34º EDEQ. 2014. Universidade de Santa Cruz do Sul.

TAVARES, R; SOUZA, R. O. O.; CORREIA, A. de. O. Um Estudo sobre a “TIC” e o Ensino de Química. Revista Geintec. São Cristovão/ SE-2013. Vol/3/n5/ p-155-167.

WARTHA, E.J; SILVA, E. L. da; BEJARANO, N.R.R. Cotidiano e Contextualização no Ensino de Química. Revista Química Nova na Escola, Vol. 35. N 2, p. 84-91, Maio 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-340

Refbacks

  • There are currently no refbacks.