Avaliação do estado de conforto térmico da passarela do IFAL Campus Piranhas por meio da iso 7730 (2005) / Evaluation of the thermal comfort state of the IFAL Campus Piranhas walkway through iso 7730 (2005)

Edmundo Gonçalves de Aguiar Neto, Lucas Akira Tanabe Quaresma, Daone da Silva Santos

Abstract


O estado de conforto térmico de um ambiente é de extrema relevância para seus usuários, interferindo diretamente em seu bem-estar, produtividade, conforto e demais fatores. Em muitos casos os ambientes não são adequadamente pensados/dimensionados de forma que se tenha um adequado conforto térmico. Dessa forma, toda infraestrutura deve ser planejada, não somente visando a funcionalidade e a estética, mas, principalmente, a adequação às condicionantes locais e o conforto dos usuários. Esta problemática é visível no ambiente da passarela do Instituto Federal de Alagoas – IFAL Campus Piranhas, onde percebe-se um desconforto térmico. Assim sendo, este artigo desenvolve uma avaliação do estado de conforto térmico neste referido ambiente levando em consideração dos métodos sistemáticos e normatizados da ISO 7730 (2005). Neste aspecto, este trabalho consiste em um ponto de início como referência para gestores e projetistas no momento de planejar e projetar as unidades de suas instituições, de modo a propiciar uma reflexão sobre os pormenores que afetam o conforto dos usuários, transcendendo visões que vislumbram, única e exclusivamente, aspectos estéticos.


Keywords


Conforto Térmico, ISO 7730 (2005), Variáveis Ambientais, Variáveis Pessoais.

References


CANAGNA, G.A.; KANEKO, M. Mechanical Work and Efficiency in Level Walking and Running. Istituto di Fisiologia Umana dell´ Università di Milano 1976. The Journal of Physiology. PMC, 1976.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION, ISSO 7730 (2005) “Ergonomics of the thermal environment – Analytical determination and interpretation of thermal comfort using calculation of PMV and PPD indices and local thermal comfort criteria”. Geneva, 2005.

ISO/TS 14415:2005: Ergonomics of the Thermal Environment – Application of International Standards to People with Special Requirements.

PASSOS, I. C. S. Clima e Arquitetura Habitacional em Alagoas: estratégias bioclimáticas para Maceió, Palmeira dos Índios e Pão de Açúcar. 2009. 175f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica do Espaço Habitado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Programa de pós-graduação em arquitetura e urbanismo. Universidade Federal de Alagoas. Maceió, 2009.

RUAS, A. C. Avaliação de Conforto Térmico: contribuição à aplicação prática das normas internacionais. 2001. 79f. Dissertação (Mestrado em Saneamento) – Faculdade de Engenharia Civil da Universidade Estadual de Campinas. São Paulo, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-299

Refbacks

  • There are currently no refbacks.