Terceirização da logística de distribuição em Portos Secos Alfandegados no Brasil / Outsourcing of distribution logistics in Brazilian Dry Ports

Monique Pinto de Alvarenga, Roquemar de Lima Baldam, Roquemar de Lima Baldam, Thalmo de Paiva Coelho Junior, Thalmo de Paiva Coelho Junior, Lourenço Costa, Lourenço Costa, Elaine Christina Gonçalves Dá Rós Baldam, Elaine Christina Gonçalves Dá Rós Baldam

Abstract


Os armazéns alfandegados buscam cada dia mais oferecer serviços variados com diferencial competitivo, e com isso estão aprimorando novos modais para evoluir com o mercado. Ter uma logística diferenciada exige inovação com gestão integrada equilibrada, que ofereça qualidade nos serviços prestados. Este artigo, voltado principalmente para a área de distribuição, tem como objetivo mostrar o novo conceito de distribuição logística executada a partir de portos secos alfandegados, ou seja, a terceirização desse serviço em áreas antes utilizadas apenas para recebimento e nacionalização de mercadorias. O estudo teve como base um dos Portos Secos alfandegados no Brasil localizado no estado do Espírito Santo.


Keywords


Terceirização da logística, Armazém alfandegado, Porto Seco alfandegado.

References


BALLOU, RONALDO H.Logística empresarial. Transportes administrativos de materiais e distribuição física. P17/38, P113/135. São Paulo: Atlas. 1993.

BERTAGLIA, P. R.Logística e gerenciamento da cadeia de abastecimento.São Paulo:

Saraiva. 2003.

CARVALHO, J. M. C. DE.Logística. 3ª ed. Lisboa: Edições Silabo. 2002.

FIGUEIREDO, K.F.; FLEURY, P.F. WANKE, P. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento do fluxo de produtos e dos recursos. São Paulo: Editora Atlas. 483p. 2003.

FLEURY, P.F.; RIBEIRO, A.A indústria de prestadores de serviço logísticos no Brasil: caracterizando os principais operadores. Encontro Anual da Anpad, 27. Campinas. 2001.

MARTINS, P. G; ALT, P. R. Administração de materiais e recursos patrimoniais. São Paulo: Saraiva. 2003.

QUEIROZ, C. A. R. S. DE.Manual de terceirização. 10 ed. São Paulo: STS. 2004.

ROSSI, L.O Papel dos Portos Secos no Comércio Exterior Brasileiro. ANPS – Associação Nacional das Empresas Permissionárias de Portos Secos, São José do Rio Preto. 2009.

PAULILLO, LUIZ F.Terceirização e reestruturação agroindustrial: avaliando o caso citrícola brasileiro. Revista de Administração Contemporânea, vol. 3, Curitiba. 1999.

REVISTA PORTUÁRIA. A estratégia da terceirização na atualidade. Disponível em: http://www.revistaportuaria.com.br/site/?home=artigos&n=CdT&t=a-estrategia-terceirizaco-atualidade. Acesso em: 04/05/2011. 2007.

RECEITA FEDERAL. Disponível em: http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/Eadi.htm. Acesso em: 04/05/2011. 2011.

SINK, H. L.; LANGLEY, J. C.Buyer observations of the US third-party logistics market. International Journal of Physical Distribution & Logistics Management. Northampton, v. 26, n. 3, p. 38-46. 1996.

SINK, H. L.; LANGLEY, J. C. A managerial framework for the acquisition of third-party logistics services.Journal of Business Logistics. Oak Brooks, v. 18, n. 2, p. 163-189. 1997.

WANKE, P.Parcerias entre fabricantes e prestadores de serviço logístico no Brasil: modelo conceitual e estudos de caso. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) – COPPE, Universidade Federal do Rio de Janeiro. 1998.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n6-191

Refbacks

  • There are currently no refbacks.