Uso de adubo organomineral na cultivar do sorgo granífero msm 332 plantado no sudoeste Goiano em segunda safra / Use of organomineral fertilizer in the crop of the granite sorghum msm 332 planted in the southwestern Goiano in second crop

Joaquim Júlio Almeida Júnior, Katya Bonfim Ataides Smiljanic, Francisco Solano Araújo Matos, Alexandre Caetano Perozini, João Vitor Alves de Sousa, Luiz Fernando Ribeiro Junior, Reinaldo Ferreira Silva, Suleiman Leiser Araújo, Janderson Martins Dutra, Pabliny Vieira Liberato

Abstract


O uso de fertilizantes orgânico e organomineral “cama aviaria e dejeto suíno” é uma realidade no sudoeste goiano sendo aproveitados para atender necessidade nutricional das culturas plantada na região, diminuindo a dependência em relação aos fertilizantes minerais. Com uso continuo desses fertilizantes pelas plantas ocorre a melhoria na estrutura do solo devido à matéria orgânica presente nos fertilizantes orgânico e organomineral. O objetivo desse estudo é utilizar diferentes doses de fertilizante organomineral junto a cultura do sorgo granífero MSM 332 e ver qual das doses irá contribuir para seu melhor desenvolvimento e produtividade. O estudo foi realizado na área experimental do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Fitotecnia na segunda safra agrícola 2017. A cultivar de sorgo utilizada para plantio foi o sorgo granífero MSM 332, onde foram utilizados os seguintes tratamentos de fertilizante organomineral: T1 – 0,0 Kg ha-1; T2 – 150Kg ha-1; T3 –300 Kg ha-1; T4 – 450 Kg ha-1; T5 – 600 Kg ha-1; T6 – 750 Kg ha-1; T7 – 900 Kg ha-1. Foi realizado os levantamentos das variáveis biométricas como: altura de planta, população de planta, peso de mil grãos e produtividade em sacas por hectare. O delineamento experimental foi em blocos casualizados em esquema 7x1 com quatro repetições. Os dados foram analisados pelo programa Assistat e submetidos à análise de variância, sendo as médias comparadas pelo teste t. Podemos concluir que a produtividade não foi afetada por nenhuma dose do fertilizante organomineral estudada em função da área em que foi conduzido o estudo possuir uma fertilidade de solo bastante elevada, mas contribuiu positivamente no peso de mil grãos.


Keywords


Safrinha. Fertilizante agroecológico. Sustentabilidade. Produtividade.

References


AGRITEMPO – Sistema de Monitoramento Agrometeorológico Mineiros. Estação TRMM.2334. Mineiros. Goiás. 2017. https://www.agritempo.gov.br/agritempo/jsp/Estacao/index.jsp?siglaUF=GO

ALMEIDA JÚNIOR, J. J; SMILJANIC, K. B. A; MATOS; F. S. A; JUSTINO, P. R. V; SILVA, W. T. R; CREMONESE, H. S. Utilização de Adubação Organomineral na Cultura da Soja. II Colóquio Estadual e Pesquisa Multidisciplinar, 2016.

CARDOSO, A. F; LUZ, J. M. Q; LANA, R. M. Q. Produtividade e qualidade de tubérculos de batata em função do fertilizante organomineral e safras de plantio. Revista Caatinga, Mossoró, v. 28, n. 4, p. 80-89, Dec. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/1983-21252015v28n409rc.

CARVALHO, C. G. P.; ARIAS, C. A. A.; TOLEDO, J. F. F.; ALMEIDA, L. A.; KIHL, R. A. S.; OLIVEIRA, M. F.; HIROMOTO, D. M.; TAKEDA, C. Proposta de classificação dos coeficientes de variação em relação á produtividade e altura da planta de soja. Pesquisa agropecuária brasileira. Brasília-DF. V.38, n.2, p. 187-193, fevereiro, 2003. ISSN 1678-3921

CARVALHO, E. R; REZENDE, P. M; ANDRADE, M. J. B; PASSOS, A. M; OLIVEIRA, J. A. Fertilizante mineral e resíduo orgânico sobre características agronômicas da soja e nutrientes no solo. Revista Ciência Agronômica, v. 42, n. 4, p. 930-939, out-dez, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902011000400015.

CIANCIO, N. H. R; Produção de grãos, matéria seca e acúmulo de nutrientes em culturas submetidas à adubação orgânica e mineral. Santa Maria, 2010. 85 f. Dissertação (mestrado). Universidade Federal de Santa Maria. Centro de Ciências Rurais, Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, 2010.

COSTA, F. K. D; Desempenho agronômico da soja convencional cultivada com fertilizantes organomineral e mineral. Dissertação de mestrado. UniRV – Universidade de Rio Verde. Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal. 2017.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Brasília, 2013. 353 p. 3ª edição. ISBN 978-85-7035-198-2.

FERNANDES, P. G; MAY, A; COELHO, F. C; ABREU, M. C; BERTOLINO, K. M; Influência do espaçamento e da população de plantas de sorgo sacarino em diferentes épocas semeadura. Ciência Rural, v.44, n.6, 2014. ISSN: 0103-8478.

KÖPPEN, G; ALVARES, C.A; STAPE, J.L; SENTELHAS, P.C; DE GONÇALVES, M; LEONARDO, J; GERD, S; Köppen's Climate Classification Map for Brazil. (em inglês). Meteorologische Zeitschrift ,2013. 711–728. doi: https://doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507.

MALAQUIAS, C. A. A; SANTOS, A. J. M; Adubação organomineral e NPK na cultura do milho (Zea mays L.). PUBVET-Medicina Veterinária e Zootecnia. v.11, n.5, p. 501-512. 2017. HTTP:/ /DX.DOI .ORG/ 10.22256/PUBVE T. V11N5.501-512

NAKAYAMA, F. T.; PINHEIRO, G. A. S.; ZERBINI, E. F. Eficiência do fertilizante organomineral na produtividade do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) em sistema de semeadura direta. IX Fórum Ambiental da Alta Paulista. Periódico Eletrônico v.9, n.7, p. 122-138, 2013. ISSN 1980-0827. DOI: 10.17271/19800827.

MARTINS, D. C; RESENDE, A. V; GALVÃO, J. C; SIMÃO, E. P; ALMEIDA, G. O; FERREIRA, H. P; Características agronômicas de milho adubado com fertilizantes organominerais a base de cama de frango e fosfatos. XXXI CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO. Bento Gonçalves – RS. 2016.

OLIVEIRA, D. P; Fontes de matéria orgânica para a formulação de fertilizantes organominerais peletizados no desenvolvimento da cultura do sorgo. Dissertação de mestrado. Universidade Federal de Uberlândia. 2016.

RAIJ, B. V. & QUAGGIO, J.A. Métodos de Análise de Solo para Fins de Fertilidade. Campinas, Instituto Agronômico, 1983. 31p. (Boletim técnico, 81).

SARTO, M. V. M; STEINER, F; PIVETTA, L. A; CASTOLDI, G; LÁZARO, R. L; Crescimento do Sorgo Granífero em Função da Adubação Organomineral e Química em Solos de Diferente Textura. XXVIII Congresso Nacional de Milho e Sorgo, 2010, Goiânia: Associação Brasileira de Milho e Sorgo. CD-Rom.

SILVA, F. de A. S; AZEVEDO, C.A.V. de. The Assistat Software Version 7.7 and its use in the analysis of experimental data. Afr. J. Agric. Res, v. 11, n.39, p.3733-3740, 2016. ISSN 1991-637X.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-283

Refbacks

  • There are currently no refbacks.