Análise do perfil da deglutição através de eletromiografia em pacientes com paralisia cerebral / Swallowing profile analysis by electromyography in children with cerebral palsy

Erideise Gurgel da Costa, Silvana Maria de Macêdo Uchôa, Pedro Leonardo Rodrigues Lucena, Ygor Albuquerque Brito Oliveira, Camila Braga Queiroz, Raquel Barbosa Monteiro, Vicente da Silva Monteiro

Abstract


Introdução: A Paralisia cerebral (PC) compreende transtornos do tônus e do movimento, causados por lesão cerebral ocorrida no período precoce do desenvolvimento. A eletromiografia de superfície (EMG’s) avalia o perfil muscular e as falhas na condução nervosa ou comprometimento muscular. A Videoendoscopia da deglutição (VED) avalia a motricidade da deglutição.  Objetivo: Analisar o perfil da deglutição de crianças com PC e comparar com os seus índices de internamentos.  Métodos: Participaram do estudo 15 crianças portadoras de PC e 8 crianças que compuseram o grupo controle, foram feitos exames de EMG’s dos dois grupos para comparação dos dados de deglutição. A VED foi feita no grupo PC para avaliar o grau da disfagia. Resultados: No exame de EMG’s apenas houve relevância estatística para disfagia na consistência líquida. Na VED, 73% das crianças apresentaram disfagia e 27% não apresentaram, quanto aos internamentos, 64% foram hospitalizadas por pneumonia e 36% não foram internadas. Considerações Finais: A eletromiografia de superfície se mostra eficaz para avaliar disfagia leve em portadores de PC, no entanto a VED continua a ser o padrão ouro para avaliação da disfagia orofaríngea. A pneumonia aspirativa é o principal comprometimento de portadores de PC levando-os aos internamentos frequentes.


Keywords


Paralisia Cerebral, Disfagia, Videoendoscopia da deglutição, Eletromiografia de superfície.

References


Assis-Madeira EA, De Carvalho SG. Paralisia cerebral e fatores de risco ao desenvolvimento motor: uma revisão teórica. Cadernos de Pós-Graduação em Distúrbios do Desenvolvimento. 2009;9(1):142-163.

Argüelles PP, Puyuelo IN, Sanclemente M, Póo P, Basil C, Métayer ML. A fonoaudiologia na paralisia cerebral: diagnóstico e tratamento.1ª ed. São Paulo: Santos; 2001.

Cesa CC, Ecco CT, Bersch R, Chiappetta ALML. Funções do sistema estomatognático e reflexos motores orais em crianças com encefalopatia crônica infantil do tipo quadriparesia espástica. Rev CEFAC. 2004;6(2):158-63.

Fung CW, Khong PL, To R, Goh W, Wong V. Video-fluoroscopic study of swallowing in children with neurodevelopmental disorders. Pediatr Int. 2004;46(1):26-30.

Aurélio SR, Genaro KF, Filho EDM. Análise comparativa dos padrões de deglutição de crianças com paralisia cerebral e crianças normais. Rev Bras Otorrinolaringol. 2002;68(2):167-73.

VÍDEO-ENDOSCOPIA DA DEGLUTIÇÃO (VED). [Internet]. São Paulo (SP): Sociedade Brasileira De Cirurgia De Cabeça E Pescoço; 2013 [citado 2013 fev 13]. Disponível em: http://www.sbccp.org.br/wp-content/uploads/2013/05/Parecer-sobre-Video-Endoscopia-da-Degluticao-VED1.pdf.

Hirata GC, Santos RS. Rehabilitation of oropharygeal dysphagia in children with cerebral palsy: a systematic review of speech therapy approach. [Internet]. 2012 Set [citado 2012 Out, Nov]; Int. Arch. Otorhinolaryngol;16(3):396-399. Disponível em: http://www.internationalarchivesent.org/conteudo/pdfforl/16-03-16-br.pdf.

Rahal A. A eletromiografia de superfície como ferramenta para o estudo da deglutição. In: Marchesan Iq, Organizador. Tratamento Da Deglutição: A Atuação Do Fonoaudiólogo Em Diferentes Países.1ª ed São José dos Campos: Pulso; 2005.

Rodrigues KA, Rahal A. A influência da tipologia facial na atividade eletromiográfica do músculo masseter durante o apertamento dental em máxima intercuspidação. Rev CEFAC. 2003; 5(2):127-30.

Rahal A, Lopasso FP. Eletromiografia dos músculos masseteres e supra-hióideos em mulheres com oclusão normal e com má oclusão classe i de angle durante a fase oral da deglutição. Rev CEFAC. 2004; 6(4):370-5.

Monaco A, Cattaneo R, Spadero A, Giannoni M. Surface electromyography pattern of human swallowing [Internet]. 2007 Out [citado 2008 Mar 26] BMC Oral Health; 8(6). Disponível em: http://bmcoralhealth.biomedcentral.com/articles/10.1186/1472-6831-8-6

Crary MA, Carnaby GD, Groher ME. Biomechanical correlates of surface electromyography signals obtained during swallowing by healthy adults. J Speech Lang Hear Res. 2006; 49(1):186-93.

Huckabee ML. Oral pharyngeal dysphagia: application of emg biofeedback in the treatment of oral pharyngeal dysphagia. Electromyography: applications in physical therapy. West chazy, ny: thought technology; 1992. Disponível em: http:// http://www.bfe.org/protocol/pro06eng.htm.

Felix VN, Corrêa SMA, Soares RJ. A therapeutic maneuver for oropharyngeal dysphagia in patients with parkinson’s disease. Clinics. 2008; 63(5):661-6.

Cram R, Jeffrey Kasman S, Glenn Holtz J. Introduction to surface electromyography. 1º Ed. Gaithersburg, Maryland. An Aspen Publication; 1998. Capítulo 6, position of the electrodes; p. 244.

Da Gama E. Eletromiografia e pletismografia óptico-eletrônica na avaliação respiratória. [Dissertação]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco.;2011. 44 págs.

Belo L, Lins S, Da Cunha D, Lins O, Amorim C. Eletromiografia de superfície da musculatura supra-hióidea durante a deglutição de idosos sem doenças neurológicas e idosos com parkinson. [Internet]. 2009 Mar [citado 2009 Ago 10]. Rev.CEFAC; 11(2):268-280. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rcefac/v11n2/v11n2a12.pdf

Tenório R. Utilização da eletromiografia de superfície na quantificação do tônus muscular flexor de recém-nascidos a termo e pré-termo. [Dissertação]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco; 2011. 36 págs.

Lucchi C, Flório C, Silvério C, Dos Reis T. Incidência de disfagia orofaríngea em pacientes com paralisia cerebral do tipo tetraparéticos espásticos institucionalizados[internet]. Fev 2008. Disponível em Fev 2009. Rev Soc Bras Fonoaudiol. 2009;14(2):172-6. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsbf/v14n2/06.pdf

Pagano M E, Cauvreau K. Princípios de bioestatística. 2ª ed. Belmont, Califórnia Duxbury Press; 2003.

Giubbina CA, Assencio-Ferreira VJ. A deglutição na paralisia cerebral. [Tese]. São Paulo: Centro de Especialização em Fonoaudiologia Clínica; 2002. 19 págs.

Furkim, AM, Mara SB, Luc LW. Avaliação clínica e videofluoroscópica da deglutição em crianças com paralisia cerebral tetraparética espástica. [Internet]. Mar 2003. Disponível em Mar 2003. Arq Neuropsiquiatr. 2003; 61.3-A: 611-6. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/anp/v61n3a/a16v61n3a.pdf

Mueller H. O manuseio em casa da criança com paralisia cerebral. 2ª ed. Manole, São Paulo, 2001.

Borges MBS, Galigali AT, Assad RA. Prevalência de distúrbios respiratórios em crianças com paralisia cerebral na clínica escola de fisioterapia da Universidade Católica de Brasília. [Internet] 2005 Jan [citado 2005 Mar 5] Fisioter. mov 18(1): 37-47.

de Melo Fernandes, E. J., de Castro Guimarães, V., Diniz, D. S., Carneiro, M. A. D., Amaral, I. J., & Daher, V. B. (2020). Prevalência de disfagia em pacientes com esclerose múltipla através da fibroendoscopia da deglutição (FEES)/Prevalence of dysphagia in patients with multiple sclerosis through fiberoptic endoscopic evaluation of swallowing (FEES). Brazilian Journal of Development, 6(5), 31282-31291.

Curtis JL, Langmore SE. Respiratory function and complications related to deglutition. In Perlman A. L.; Schulze-Debrien k: Deglution and disorders-Anatomy, Physology, ClinicalDiagnosis and Management. San Diego, CA: Singular Publishing Group. P 99-123, 1997.

Collins KA, et al. The cytologic evaluation of lipid-laden alveolar macrophages as an indicator of aspiration pneumonia in young children. Arch Pathol Lab Med. V. 119, n. 3, p. 229-231, Mar 1995.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-218

Refbacks

  • There are currently no refbacks.