Gênero e sexualidade no plano estadual de educação do Rio Grande do Sul - do Projeto à Lei aprovada/Gender and sexuality in the state education plan of Rio Grande do Sul - from the Project to the approved Law

Oscar de Souza Santos, Alexandra Ferronato Beatrici

Abstract


Diante das tensões atuais entre a tentativa de promoção da educação sexual nos espaços escolares e a ofensiva antigênero, nos propomos a conhecer o que os principais documentos da educação dizem sobre o assunto, a partir de uma pesquisa documental e bibliográfica. Tais tensões têm barrado a construção de um ambiente escolar que acolha todas as possibilidades de existência, e tem ficado a cargo de profissionais da educação, sensíveis à temática, a disponibilidade de incluir estas discussões em sua prática docente. O recorte da pesquisa, aqui apresentado, refere-se à elaboração do Plano Estadual de Educação do Rio Grande do Sul, desde o Projeto de Lei até o texto final aprovado. Como resultado, verificou-se os cortes referentes à temática de gênero e sexualidade, evidenciando a força política de movimentos conservadores na construção do documento e o retrocesso que este processo representou para a construção do ambiente escolar acolhedor e inclusivo.


Keywords


Gênero, Sexualidade, Diversidade, Educação.

References


BRASIL. INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Plano Nacional de Educação PNE 2014-2024: Linha de Base. Brasília, 2015. 404 p.

BRAGAGNOLO, Regina Ingrid, & BARBOSA, Raquel. Diversidade como princípio pedagógico inclusivo. In.: GROSSI, Miriam Pillar; GARCIA, Olga Regina Z.; MAGRINI, Pedro Rosas (org.) Especialização em Gênero e Sexualidade na Escola Livro II – Módulo II. Livro Didático. IEG/UFSC – Florianópolis, 2015. 141 p.

BRANCALEONI, Ana Paula Leivar& AMORIM, Sylvia Maria Godoy. Heteronormatividade e Abjeção na Escola: Reflexões construídas junto a um Grupo LGBT no interior de São Paulo. Expressa Extensão. v.22, n.2, p. 57-75, JUL-DEZ, 2017.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 25 jun. 2014a. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/18-planos-subnacionais-de-educacao/543-plano-nacional-de-educacao-lei-n-13-005-2014. Acesso em: 28 agosto de 2019.

CÉSAR, Maria Rita de Assis. Sexualidade e gênero: ensaios educacionais contemporâneos. Instrumento: R. Est. Pesq. Educ. Juiz de Fora, v. 12, n. 2, 2010.

FIGUEIREDO, Angela. Carta de uma ex-mulata à Judith Butler. Periodicus, Salvador, n. 3, v. 1 mai.-out./2015. p. 152-169.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. (2018a). Políticas públicas de educação: entre o direito à educação e a ofensiva antigênero. In: RIBEIRO, Paula Regina Costa; MAGALHÃES, JoanaliraCorpes; SEFFNER, Fernando; VILAÇA, Teresa. (org.). Corpo, gênero e sexualidade: resistência e ocupa(ações) nos espaços de educação. Rio Grande: Ed. da FURG, 2018. 179-210.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz (2018b). A invenção da “ideologia de gênero”: a emergência de um cenário político-discursivo e a elaboração de uma retórica reacionária antigênero. Revista Psicologia Política, 18(43), p. 449-502.

LIONÇO, Tatiana; ALVES, Ana Clara de Oliveira; MATTIELLO, Felipe; FREIRE, Amanda Machado (2018) “Ideologia de gênero”: estratégia argumentativa que forja cientificidade para o fundamentalismo religioso. Psicologia Política, 18(43), p. 599-621

LIONÇO, Tatiana. “Ideologia de gênero”: a emergência de uma teoria religiosa sobre os riscos da democracia sexual. Revista Fórum on-line, 2014. Disponível emAcesso em 31 de agosto de 2019

MANHAS, Cleomar. Nada mais Ideológico que “Escola Sem Partido”. In: Ação Educativa Assessoria, Pesquisa e Informação (Org.). A ideologia do movimento Escola Sem Partido: 20 autores desmontam o discurso. São Paulo: Ação Educativa, 2016.

MELLO, Luiz. 10 ANOS DA CONFERÊNCIA NACIONAL “DIREITOS HUMANOS E POLÍTICAS PÚBLICAS: O CAMINHO PARA GARANTIR A CIDADANIA GLBT” – Breves reflexões sobre empasses, desafios e conquistas. In: RIBEIRO, Paula Regina Costa; MAGALHÃES, JoanaliraCorpes; SEFFNER, Fernando; VILAÇA, Teresa. (org.). Corpo, gênero e sexualidade: resistência e ocupa(ações) nos espaços de educação. Rio Grande: Ed. da FURG, 2018. 159-177.

NASCIMENTO, Leonardo. Qual ideologia de gênero? A emergência de uma teoria religiosa fundamentalista e seus impactos na democracia. Albuquerque – revista de história. vol. 7, n.13. jan.-jun./2015, p. 85-100.

PARAÍSO, Marlucy Alves. Gênero, Sexualidade e Heterotopia: entre esgotamentos e possibilidades nos currículos. In: RIBEIRO, Paula Regina Costa; MAGALHÃES, JoanaliraCorpes; SEFFNER, Fernando; VILAÇA, Teresa. (org.). Corpo, gênero e sexualidade: resistência e ocupa(ações) nos espaços de educação. Rio Grande: Ed. da FURG, 2018. 7-27.

RIO GRANDE DO SUL. Lei n. 14.705, de 25 de junho de 2015. Aprova o Plano Estadual de Educação (PEE) e dá outras providências. Diário Oficial Do Estado, RS, 25 jun. 2015.

VIANNA, Cláudia Pereira. O movimento LGBT e as políticas de educação de gênero e diversidade sexual: perdas, ganhos e desafios. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 41, n. 3, jul./set./2015.p. 791-806.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-189

Refbacks

  • There are currently no refbacks.