Conhecimento sobre consulta e prescrição farmacêutica entre universitários de cursos da saúde / Knowledge about consultation and pharmaceutical prescrition among healt couse universities

Lillian Karen da Silva de Sá, Ricardo Cardoso de Sá, Vanessa Generale Moreno, Daniela Cristina de Medeiros Araújo, Ana Paula Margioto Teston

Abstract


Em 2013, a Resolução 586/CFF atribuiu ao farmacêutico o direito da realização de prescrição farmacêutica, possibilitando que o profissional preste uma atenção farmacêutica individual aos pacientes. Este trabalho foi realizado com o intuito de verificar o nível de conhecimento sobre prescrição e consulta farmacêutica entre futuros profissionais da saúde, discentes de um centro universitário no Paraná. Foi realizada a aplicação de um questionário via Google Forms, aos alunos matriculados nos cursos de Biomedicina, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Psicologia. Cento e trinta e um universitários responderam ao questionário, sendo a maior parte do curso de Odontologia (22,1%), 84,7% dos entrevistados do gênero feminino e 15,3% masculino; 15,3% dos acadêmicos trabalham na área da saúde, e 7,6% em estabelecimentos com a presença de farmacêutico. A maioria dos entrevistados (34,4%) relataram que quando doentes procuram por uma farmácia, porém apenas 23,7% exigem atendimento pelo farmacêutico. Dos que já consultaram com farmacêutico (56,5%) aprovaram e 88,5% confiam na atuação do farmacêutico. A consulta farmacêutica tem crescido entre as farmácias e drogarias, tem sido bem divulgada e aceita pelos pacientes, traz maior entendimento ao paciente sobre seu tratamento e uso racional do medicamento gerando maior qualidade de vida.


Keywords


Consulta Farmacêutica, Prescrição Farmacêutica, Consultório Farmacêutico, Atenção Farmacêutica.

References


ANDRADE M V. Opinião brasileira acerca da prescrição farmacêutica. Departamento de Pesquisa do ICTQ. Post. Colunas e Matérias, Jan.2016. Disponível em: https://www.ictq.com.br/component/content/article?id=60:opiniao-brasileira-acerca-da-prescricao-farmaceutica-2014 Acesso em: 29 ago. 2020.

Conselho Federal de Farmácia: recompilação de documentos. Prescrições farmacêuticas e atribuições clínicas do farmacêutico. Disponível em: https://www.cff.org.br/pagina.php?id=777 Acesso em: 15 jul. 2020.

Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo; Organização Pan Americana de Saúde. Consulta e prescrição farmacêutica. 1º ed. Fascículo XI, p. 6, 12, jan. 2016.

CORRER, C. J.; OTUKI, M. F. A prática farmacêutica na farmácia comunitária. Porto Alegre: Artmed, 2013. 454p.

CORRER, C. J.; OTUKI, M. F.; SOLER, O. Assistência farmacêutica integrada ao processo de cuidado em saúde: gestão clínica do medicamento. Revista PanAmazônica de Saúde, v. 2, n. 3, p. 41-49, 2011.

FERNANDES, W. S., CEMBRANELLI J. C. Automedicação e o uso irracional de medicamentos: o papel do profissional farmacêutico no combate a essas práticas. Revista Univap. v. 21, n. 37, jul.2015.2020.

LEONARDI E. Debates sobre a prescrição farmacêutica. Post. Varejo Farmacêutico, 2020. Disponível em: https://www.ictq.com.br/varejo-farmaceutico/427-debates-sobre-a-prescricao-farmaceutica Acesso em: 25 ago. 2020.

MELO, Ronald Costa; PAUFERRO, Márcia Rodriguez Vásquez. Educação em saúde para a promoção do uso racional de medicamentos e as contribuições do farmacêutico neste contexto/Health education to provide the rational use of medications and the pharmacist’s contributions in this context. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 5, p. 32162-32173, 2020.

OLIVEIRA M. Consultorio farmacêutico aumenta em 29% o faturamento da drogaria são pedro. Post. Varejo Farmacêutico, 12/03/2019. Disponível em: https://www.ictq.com.br/varejo-farmaceutico/895-consultorio-farmaceutico-aumenta-em-29-o-faturamento-da-drogaria-sao-pedro Acesso em: 30 ago. 2020.

PEREIRA, L. R. L., FREITAS, O. A evolução da atenção farmacêutica e a perspectiva para o brasil. REV. BRAS. CIENC. FARM., SÃO PAULO, v. 44, p. 601-612, out./dez. 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-168

Refbacks

  • There are currently no refbacks.