Compreendendo o funcionamento de uma pilha através da visão: considerações no ensino de química para alunos surdos/Understanding the functioning of a battery through vision: considerations in teaching chemistry to deaf students

Priscila Ike

Abstract


Inclusão e aprendizagem de estudantes surdos são um grande desafio em todas as áreas de ensino, especialmente durante o ensino médio. Associado a isso, o Brasil tem uma grande demanda de alunos surdos, portanto, estudos que visam contribuir com essa questão são de grande relevância. Quando se trata do ensino de Química essa missão torna-se ainda mais desafiadora, considerando a dificuldade que muitos alunos, mesmo os ouvintes, encontram ao estudá-la. O presente trabalho propôs uma estratégia para o ensino de pilhas galvânicas, tendo a participação de dois alunos surdos do 2º ano do ensino médio de uma escola pública do sul do Brasil. Nesta estratégia quatro recursos didáticos foram aplicados: vídeo, revisão teórica, experimentação e a aplicação de um modelo físico, elaborado com o intuito de facilitar a compreensão acerca do funcionamento da pilha em nível submicroscópico. Os relatos dos participantes após a realização das atividades, confirmaram importância dos recursos visuais no ensino de química para surdos, apontaram a compreensão de termos científicos como uma das principais dificuldades e reforçaram a importância de se buscar instrumentos avaliativos adequados para este público.


Keywords


Ensino de química, Eletroquímica, Inclusão, Surdez.

References


BASTOS, A. R. B. Proposição de recursos pedagógicos acessiveis: o ensino de química e a tabela periódica. Journal of Research in Special Educational Needs, v. 16, n. 1, p. 923–927, 2016.

CHARALLO, T. G. C.; FREITAS, K. R. DE; ZARA, R. A. Análise dos sinais de química existentes em libras segundo a gestualidade. Experiências em Ensino de Ciências, v. 13, n. 1, p. 32–41, 2018.

DUARTE, N. O.; SILVEIRA, L.; JUNIOR, P. M. Atividade investigativa no ensino de química com um grupo de estudantes surdos. XII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, p. 1–7, 2019.

FERNANDES, J. M.; FREITAS-REIS, I. Análise das concepções adquiridas sobre balanceamento de reações químicas : produção de imagens feitas por alunos surdos. X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, p. 1–8, 2015.

FERNANDES, J. M.; SALDANHA, J. C.; LESSER, V.; et al. Experiência da elaboração de um sinalário ilustrado de química em libras. Experiências em Ensino de Ciências, v. 14, n. 3, p. 28–47, 2019.

FERREIRA, W. M.; NASCIMENTO, S. P. DE F. DO. Utilização do jogo de tabuleiro - ludo - no processo de avaliação da aprendizagem de alunos surdos. Química Nova na Escola, v. 36, n. 1, p. 28–36, 2013.

FREITAS-REIS, I.; FERNANDES, J. M.; CARVALHO, V.; FRANCO-PATROCÍNIO, S.; FARIA, F. L. Métodos de avaliação para o aluno surdo no contexto do ensino de química. X Congresso Internacional sobre Investigación en Didáctica de las Ciências, p. 4009–4014, 2017.

GIBIN, G.; FERREIRA, L. Avaliação dos estudantes sobre o uso de imagens como recurso auxiliar no ensino de conceitos químicos. Química Nova na Escola, v. 35, n. 1, p. 19–26, 2013.

GIORDAN, M. O papel da experimentação no ensino de ciências. Química Nova na Escola, v. 10, n. Novembro, p. 43–49, 1999.

GUELLIS, C.; MAESTRE, K. L.; FROHLICH, P. C. O estado da arte de metodologias propostas para o ensino de química à estudantes surdos. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 10, p. 18027–18038, 2019.

JOHNSTONE, A. H. The development of chemistry teaching a changing response to changing demand. Symposium on fievolution and Evolution in Chemical Education, v. 70, n. 9, 1993.

MALLMANN, F. M.; CONTO, J. DE; BAGAROLLO, M. F.; FRANÇA, D. M. V. R. A inclusão do aluno surdo no ensino médio e ensino profissionalizante: um olhar para os discursos dos educadores. Revista Brasileira de Educação Especial, v. 20, n. 1, p. 131–146, 2014.

MARTÍRIOS, M. R.; LOPES, A. M. S.; TEIXEIRA, M. M.; CARVALHO, P. DE S.; NETO, F. DE A. P. Modelos atômicos no ensino regular: uma aula voltada para alunos surdos. V Congresso Internacional das Licenciaturas, 2018.

MENDONÇA, N. C. S.; OLIVEIRA, A. P.; BENITE, A. M. C. O ensino de química para alunos surdos: o conceito de misturas no ensino de ciências. Química Nova na Escola, v. 39, n. 4, 2017.

MONTEIRO, R. DE F. F. V.; PONTES, L. A. C. A. Construção de um glossário de sinais de termos utilizados no ensino de química. II Congresso Internacional das Ciências Agrárias, 2017.

OLIVEIRA, C. B. DE; MOURÃO, I. DA C.; SANTOS, S. C. S.; TEIXIRA, A. F. A utilização de vídeo no ensino de química para uma aprendizagem significativa. XXII Congresso Ibero-Americano sobre Educação e Tecnologia, p. 1–10, 2009.

PEREIRA, L. DE L. S.; BENITE, C. R. M.; BENITE, A. M. C. Aula de química e surdez: sobre interações pedagógicas mediadas pela visão. Química Nova na Escola, v. 33, n. 1, p. 47–56, 2011.

PEROVANO, L. P.; PONTARA, A. B.; MENDES, A. N. F. Dominó inorgânico: uma forma inclusiva e lúdica para ensino de química. Revista Conhecimento Online, v. 2, n. 0, p. 37, 2017.

ROCHA, K. N.; ALMEIDA, N. M.; SOARES, C. R. G.; SILVA, L. F. M. S. Q-LIBRAS : um jogo educacional para estimular alunos surdos à aprendizagem de química. Revista Educação Especial, v. 32, p. 1–6, 2010.

SALES, E. R. DE. A visualização no ensino de matemática: uma experiência com os alunos surdos. , 2013. Rio Claro: UNESP.

SCHWAHN, M. C. A.; OAIGEN, E. R. Objetivos para o uso da experimentação no ensino de química: a visão de um grupo de licenciandos. Enconctro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2009.

SILVA, J. L.; SILVA, D. A. DA; MARTINI, C.; et al. A utilização de vídeos didáticos nas aulas de química do ensino médio para abordagem histórica e contextualizada do Tema Vidros. Química Nova na Escola, v. 34, n. 4, p. 189–200, 2012.

SILVA, S. M.; SANTOS, N. F.; COELHO, R. T. R.; et al. Explorando o tema “alimentação” para o ensino de bioquímica. Revista Debates em Ensino de Química, v. 4, n. 1, p. 149–179, 2018.

WARTHA, E. J.; REZENDE, D. DE B. Os níveis de representação no ensino de química e as categorias da semiótica de Peirce. Investigações em Ensino de Ciências, v. 16, n. 2, p. 275–290, 2011.

ZAYED, G. H.; MEDEIROS, M. M. DE; RECENA, M. C. P. Cartilha sobre conceitos básicos de química para inclusão de alunos surdos em sala de aula. Revista amazônica de ensino de ciências, v. 9, n. 19, p. 123–131, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-164

Refbacks

  • There are currently no refbacks.