Ambiente alimentar de uma universidade privada de Santa Catarina/Food environment of a private university of Santa Catarina

Jéssica da Silva Nascimento, Isadora dos Santos Pulz

Abstract


Ambiente alimentar consiste em um espaço dinâmico, com fatores físicos, econômicos, políticos, culturais e sociais que podem interferir nas escolhas alimentares. Os universitários passam longo tempo na universidade, e podem ser influenciados por este ambiente. Este estudo objetiva caracterizar o ambiente alimentar das três lanchonetes e restaurantes situados em uma universidade privada de Santa Catarina (SC). Estudo transversal, descritivo e analítico, cuja coleta de dados ocorreu com dois instrumentos: o Nutrition Environment Measures Survey – Restaurants (NEMS-R) e o Formulário de análise dos produtos comercializados nas lanchonetes. Os dados foram digitados no Microsoft Excel® versão 2010, e analisados no software Stata versão 11.0, com estatística descritiva e analítica, considerando um valor de confiança de 95%. A diferença de preço entre os produtos de maior e menor qualidade nutricional foram avaliados com o Teste t, considerando p<0,05 como significância. Observou-se uma ampla venda de produtos de baixa qualidade nutricional, como salgados assados refinados recheados com queijos e molhos gordurosos, além de bolos e biscoitos de massa refinada recheados. No entanto, havia uma maior disponibilidade de bebidas de produção própria sem adição de açúcar. Nos restaurantes, foi evidenciada pouca oferta de frutas e hortaliças. A média do valor do bufê por peso foi R$ 38,40 e dos pratos prontos foi R$ 11,12. Sugere-se melhorias na disponibilidade de frutas e hortaliças nos restaurantes, além de cardápios físicos e informação nutricional completas em todos os locais. Estes achados poderão fomentar outros estudos sobre a temática de ambiente alimentar universitário.


Keywords


Alimentos, Bebidas, Lanchonetes, Restaurantes, Universidade.

References


WIDENER, M.J.; METCALF, S.S.; BAR-YAM, Y. Dynamic Urban Food Environments. American Journal Of Preventive Medicine, [s.l.], v. 41, n. 4, p.439-441, out. 2011. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.amepre.2011.06.034.

CARDOZO, M. et al. Ambientes alimentares universitários: percepções de estudantes de nutrição de uma instituição de ensino superior. Demetra: Alimentação, Nutrição & Saúde, [s.l.], v. 12, n. 2, p.431-445, 15 mai 2017. Universidade de Estado do Rio de Janeiro. http://dx.doi.org/10.12957/demetra.2017.26799.

SAELENS, B.E. et al. Nutrition Environment Measures Study in Restaurants (NEMS-R)Development and Evaluation. American Journal Of Preventive Medicine, [s.l.], v. 32, n.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed. Brasília : Ministério da Saúde, 2014.

CARGNIN, P.R.G. Validade e reprodutibilidade de um instrumento para avaliação das práticas alimentares e estado nutricional de universitários. 2018. 94 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Nutrição, Programa de Pós-graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2018a.

CARGNIN, P.R.G. et al. Avaliação da qualidade nutricional dos alimentos e bebidas comercializados em restaurantes de uma universidade do sul do brasil: auditoria de 2013 e 2017. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 2018, Brasília. Resumo expandido. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018b. p. 1 - 3.

CARGNIN, P.R.G et al. Salgados e doces comercializados nas lanchonetes de uma universidade do sul do brasil: auditorias 2013 e 2017. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 2018, Brasília. Resumo expandido. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018c.

VEIROS, M.B. et al. Nutritional quality of pastries sold in the snack bar in a public University in Southern Brazil. In: 8th International Conference on Culinary Arts and Sciences Global, National and Local Perspectives, 2013, Portugal. (Paper/pôster), 2013a.

VEIROS, M.B. et al. Nutritional quality of sweets and candies commercialized in snack bars of a public University in the Southern of Brazil. In: 8th International Conference on Culinary Arts and Sciences Global, National and Local Perspectives, 2013, Portugal. (Paper/apresentação oral), 2013b.

VEIROS, M.B. et al. Nutritional quality of beverages sold in the snack bars in a public University in Southern Brazil. In: 8th International Conference on Culinary Arts and Sciences Global, National and Local Perspectives, 2013, Portugal. (Paper/apresentação oral), 2013c.

PULZ, I.S. et al. Auditoria no ambiente alimentar dos restaurantes de uma universidade do sul do brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 2018, Brasília. Resumo expandido. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018a.

PULZ, I.S. et al. Qualidade nutricional e tipos de alimentos comercializados nas lanchonetes de uma universidade pública do sul do Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 25., 2018, Brasília. Resumo expandido. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018b.

PULZ, I.S. et al. Facilitadores e barreiras para alimentação saudável em uma

universidade do sul do Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 2018, Brasília. Resumo expandido. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018c.

ALMEIDA, L. et al. Alimentação como fator de risco para câncer de intestino em universitários. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, [s.l.], p.72-78, 30 mar. 2017. Fundação Edson Queiroz. http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2017.p72.

AMARAL, V. S. et al. Avaliação da alimentação de recém ingressos nos cursos de nutrição e ciências biológicas em uma universidade pública. Multiverso Revista Eletrônica do Campus Juiz de Fora, Juiz de Fora, v. 2, n. 1, p.49-57, 2017.

SOUZA, M.T.A.; SOUZA, F.M. de. Avaliação dos hábitos alimentares dos Universitários de uma Instituição Privada de Ensino Superior no interior da Bahia. Id On Line Revista Multidisciplinar e de Psicologia, Vitória da Conquista, v. 10, n. 33, p.262-273, jan. 2017.

MOTA, A. et al. Hábitos alimentares de estudantes de uma universidade pública no sudoeste goiano –um estudo transversal. Brazilian Journal Of Development, Curitiba, v. 6, p. 79301-79317, out. 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/18439/14857. Acesso em: 22 out. 2020.

TEO, C.R.P.A. et al. Ambiente alimentar e vulnerabilidade de adolescentes universitários: Um estudo com foco no convívio familiar. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde, Vitória, v. 1, n. 16, p.49-58, jan. 2014. Trimestral.

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA - UNISUL. Conheça a unisul: Unidade Pedra Branca. 2018. Disponível em: http://www.unisul.br/wps/portal/home/conheca-a-unisul/a-universidade/campus-grande-florianopolis/unidade-pedra-branca. Acesso em: 21 out. 2018.

CREMM, E.C. et al. Validation of the nutrition environment measurement questionnaire for brazilian urban areas. In: 19th International Congress of Nutrition, 2009, Bangkok. Annals of Nutrition and Metabolism. v.55.

PULZ, I.S. Ambiente alimentar do campus sede da Universidade Federal de Santa Catarina. 2014. 144 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Nutrição, Programa de Pós-graduação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

VEIROS, M.B. et al. Classificação da qualidade nutricional dos alimentos comercializados nas lanchonetes de uma universidade do sul do Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 2018, Brasília. Resumo expandido. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018a .

VEIROS, M.B. et al. Proposta de classificação da qualidade nutricional de bebidas comercializadas nas lanchonetes de uma universidade do sul do Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 2018, Brasília. Resumo expandido. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018b.

VEIROS, M.B. et al. Cumprimento do cardápio mínimo contratual das lanchonetes de uma universidade do sul do Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 2018, Brasília. Resumo expandido. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018c.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n. 466, de 12 de dezembro de 2012. Aprova diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília, Diário Oficial da União, 12 dez. 2012. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/reso466.pdf. Acesso em: 07 nov. 2018.

OLIVEIRA, R.C.; PROENÇA, R. P. C.; SALLES, R.K. O direito à informação alimentar e nutricional em restaurantes: uma revisão. Demetra: Alimentação, Nutrição & Saúde, [s.l.], v. 7, n. 1, p.47-58, 11 jun. 2012. Universidade de Estado do Rio de Janeiro. http://dx.doi.org/10.12957/demetra.2012.3278.

RODRIGUES, A.G.M; PROENÇA, R.P.C. Relação entre o tamanho da porção de comida e ingestão alimentar: uma revisão / relationship between food portion size and food intake: a review. Ceres: Nutrição & Saúde, [S.1.], v. 6 n.1, p. 23-33, ago. 2011.

PULZ, I.S. et al. Are campus food environments healthy? A novel perspective for qualitatively evaluating the nutritional quality of food sold at foodservice facilities at a Brazilian university. Perspectives In Public Health, [s.l.], v. 137, n. 2, p.122-135, 20 jul. 2016. SAGE Publications. http://dx.doi.org/10.1177/1757913916636414.

BEZERRA,I.N. et al . Food consumed outside the home in Brazil according to places of purchase. Rev. Saúde Pública, São Paulo , v. 51, n.15, p.1-8, 23 mar. 2017.

JAIME P.C. et al. Fatores associados ao consumo de frutas e hortaliças no Brasil, 2006. Revista Saúde Pública v. 43 n. 2 p.57-64. 2009.

CLARO, R.M. et al. Consumo de alimentos não saudáveis relacionados a doenças crônicas não transmissíveis no Brasil: Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Epidemiologia e Serviços de Saúde [online]. 2015, v. 24, n. 2, p. 257-265. Disponível em: https://doi.org/10.5123/S1679-49742015000200008. ISSN 2237-9622.

CONTE, F.A.; FRANZ, L.B. B.; BUSNELLO, M.B. Azeite de oliva extravirgem e espessura íntima-média carotídea: uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, v. 12, n. 72 p. 456-465, jul/ago. 2018.

REIS, L.C.; CORREIA, I.C.; MIZUTANI, E.S. Stages of changes for fruit and vegetable intake and their relation to the nutritional status of undergraduate students. Einstein (São Paulo), [s.l.], v. 12, n. 1, p.48-54, mar. 2014. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s1679-45082014ao2926.

SANTOS, A.K.G.V. et al. Qualidade de vida e alimentação de estudantes universitários que moram na região central de São Paulo sem a presença dos pais ou responsáveis. Revista Simbio-logias, São Paulo, v. 7, n. 10, p.76-99, dez. 2014.

MUÑOZ, R.L.S. et al. Constipação intestinal e fatores associados em estudantes universitários da área de saúde. SALUSVITA, Bauru, v. 35, n. 3, p. 351-366, 2016.

, p.273-281, abr. 2007. Elsevier BV.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-109

Refbacks

  • There are currently no refbacks.