Atuação do enfermeiro na saúde do trabalhador / Nurse's performance in worker health

John Vinícius Oliveira da Silva, Victor Fernando Matos de Almeida, Francisco Alves Lima Junior, Karla Vanessa Morais Lima, Adriano Figueredo Neves, Priscila Gonçalves Jacinto Figueredo, Dhonnel Oliveira da Silva, Paula Cristina de Sousa Vieira

Abstract


Este trabalho aborda o impacto da atuação do profissional da enfermagem na saúde do trabalhador e tem como objetivo geral caracterizar as prerrogativas do enfermeiro no trabalho na geração de segurança e saúde, de modo a prevenir acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. Esta pesquisa foi de caráter bibliográfica, na qual as fontes secundárias de conhecimentos foram construídas a partir de livros e artigos científicos, encontrados por meio do acesso à SCIELO e MEDLINE. Ao analisar os dados obtidos viu-se que as ações no campo da área de saúde ocupacional têm como foco manter padrão propício de bem-estar físico, mental e social dos empregados. Pode-se concluir, então, que a enfermagem se tornou objeto de conquista de espaço na área do trabalho à medida que seus métodos colaboraram de forma veemente na prevenção ou até mesmo na reversão de quadros agressivos à saúde do trabalhador, cooperando para a melhoria do seu bem-estar tanto no ambiente de trabalho quanto em casa.


Keywords


Enfermeiro, Saúde, Trabalhador, Atuação.

References


ANENT – Associação Nacional de Enfermagem do Trabalho. (2015). Disponível em: . Acesso em 10 out. 2019.

BELLUSCI, S. M. Doenças Profissionais ou do Trabalho. – 11. ed – São Paulo: Senac, 2010.

CASTILHO, K. F.; OLIVEIRA, D. L. T.; BRASILEIRO, M. E. Riscos ocupacionais no Brasil no período de 2005 a 2009: Uma revisão. Rev. Eletr de Enfer. Centro de Estudos de Enfermagem e Nutrição. Goiás, n. 1, v.1, p.1-17, jan-jul. 2010. Disponível em: < http://www.cpgls.ucg.br/ArquivosUpload/1/File/V%20MOSTRA%20DE%20PRODUO

%20CIENTIFICA/SAUDE/28-.pdf>. Acesso em: 10 out. 2019.

ELIAS M. A.; NAVARRO V. L. A relação entre o trabalho, a saúde e as condições de vida: negatividade e positividade no trabalho das profissionais de enfermagem de um hospital escola. Rev Latino-am Enfermagem. São Paulo, 2006, julho-agosto. Disponível em: . Acesso em 10 out. 2019.

JACQUES, M. da G. O nexo causal em saúde/doença mental no trabalho: uma demanda para a psicologia. Rev. Psicol Soc. Belo Horizonte, v.19, n.1, p. 112-119, 2007. Disponível em: Acesso em: 15 out. 2019.

LIMA, F. H. A. Biossegurança no uso de Cabine de Segurança Biológica no manuseio de substâncias químicas, drogas e radioisótopos. Rio de Janeiro: Fiocruz. 1998.

GARCIA, G. F. B. Legislação de Segurança e Medicina do Trabalho. São Paulo: Método, 2007.

MANTOVANI, M. de F.; LACERDA, M. R.; ULBRICH, E.; BANDEIRA, J. M.; GAIO, D. M. Panorama da produção do conhecimento em enfermagem na saúde do trabalhador: impacto e perspectivas. Rev. Bras Enferm. Brasilia, v.62, n.5, p.784-788, set-out. 2009. Disponível em:. Acesso em: 17 out. 2019.

MONTEIRO, M. S.; SANTOS; dos E. V.; KAWAKAMI, L. S., WADA, M. O ensino de vigilância à saúde do trabalhador no Curso de Enfermagem. Rev Esc Enferm USP. São Paulo, v.41, n.2, p. 306-310, 2007. Disponível em: . Acesso em: 15 nov. 2019.

MORAES, M. V. G. Enfermagem do Trabalho: programas, procedimentos e técnicas. 3 ed. revisada, São Paulo: Iátria, 2010.

PINTO, A. L. T., WINDT, M. C. V. S., CÉSPEDES, L. Segurança e Medicina do Trabalho. – 5. ed. – São Paulo: Saraiva, 2010.

REINERT, M.; BULGACOV, S. Mudança organizacional e estresse ocupacional. Foz do Iguaçu, ENANPAD, 1999, Resumo dos Trabalhos. Disponível em: < http://www.medtrab.ufpr.br/arquivos%20para%20download/saude_mental/MUDAN%C7A%20ORGANIZACIONAL%20E%20ESTRESSE%20OCUPACIONAL1.pdf>. Acesso em: 23 out. 2019.

SILVA, G. B. Enfermagem profissional: análise crítica. 2ª Ed; São Paulo: Cortez, 1989.

SILVA, L. A. da; SECCO, I. A. de O.; DALRI, R. de C. de M. B. Enfermagem do trabalho e ergonomia: prevenção de agravos à saúde. Rev. enferm. UERJ. Rio de Janeiro, v.19, n, 2, p.317-323, abr-jun. 2011. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2019.

SILVEIRA, D. T. Consulta-Ação: educação e reflexão nas intervenções de enfermagem no processo trabalho- saúde- adoecimento. 1997. 132 f. Dissertação (Mestrado Expandido em Assistência de Enfermagem) – Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFSC/UFRGS, Porto Alegre, 1997. Disponível em:< http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/13296/000158266.pdf?sequence=1>. Acesso em: 15 nov. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-090

Refbacks

  • There are currently no refbacks.