Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade, intervenção neuropsicológica: um estudo de caso / Attention deficit hyperactivity disorder, neuropsychological intervention: a case study

Fabiano de Abreu Rodrigues

Abstract


A finalidade deste trabalho é buscar evidências através de estudo de caso que possam comprovar a eficácia da Intervenção Neuropsicológica no Transtorno de TDAH. Como a Psicoterapia e a Psicoeducação, com treino Cognitivo podem ajudar o doente a lidar melhor com suas limitações. Ao final de um plano de 13 sessões avaliar os alcances e desempenho do paciente. Nos resultados aponta-se que é importante, primeiramente, saber distinguir se estamos perante um caso de TDA, TDAH ou algum outro tipo de transtorno de ansiedade. Outro aspeto importante a ter em conta é o período em que estes comportamentos se manifestam para se definir com clareza quais dos casos anteriores se enquadra melhor no caso de estudo. Não pode ser criado um modelo universal aplicável a diferentes casos uma vez que cada um apresenta um backgroud diferenciado. Cada caso tem aspetos únicos que são impossíveis de transpor para outros casos diferenciados.


Keywords


TDAH, Reabilitação, Neuropsicologia, Psicoeducação.

References


AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Manual diagnóstico e estatístico dos transtornos mentais. 4. ed. rev. Porto Alegre: Artmed, 2002.

BARKLEY, R. Defiant children: A clinician’s manual for assessment and parent training (2 ed.). Ney York: Guilford. Gerdes,A., Haack, L.M. & Schneider, B.W. (2012).

BECK, J. Terapia Cognitiva: Teoria e prática. Porto Alegre: Artmed, 1997.

BORDIN,I. A. S., MART,J.J. & CAEIRO, M.F. Mediators, Moderators and Predictors of 1-Years Outcomes among Children treated for early-onset conduct problems: A latent growth curve analysis. Journal of Consulting and Clinical Psychology. Vol. 73(No. 3), pp. 371–388. 61. (1995).

CASTELLANOS, F. X., SONUGA-BARKE, E. J. S., MILHAM, M. P., & TANNOCK, R. Behavior problems in preschool children: Clinical and devopmental issues. (2a ed.). New York: Guilford. 2006.

COSTIN,J. & CHAMBERS, S.M., COUTINHO,G., MATTOS,P., ARAÚJO,C., BORGES,M. & ALFANO. A Neurociência e Educação: como o cérebro aprende. Porto Alegre: Artmed. (2007).

DEATER-DECKARD, K., WANG,Z., CHEN,N. & BEL, M.A.L., The outcome of group parent training for families of children with attention-deficit hyperactivity disorder and defiant/aggressive behavior. Journal of Behavior Therapy and Experimental Psychiatry, 38, pp. 188-205. (2012).

DOES Maternal ADHD Reduce the Effectiveness of Parent Training for Preschool Children’s ADHD? J. AM. ACAD. CHILD ADOLESC. PSYCHIATRY, 41(6). ABEP. (2012).

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 1999.

KNAPP, P. ET AL. Terapia Cognitivo-Comportamental no Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade: manual do terapeuta. Porto Alegre: Artmed, 2002.

LYSZKOWSKI, L. C.; ROHDE, L. A. Terapia Cognitivo-Comportamental no TDAH. In: CORDIOLI, MALLOY-DINIZ, L. F. ET AL. Avaliação Neuropsicológica. Porto Alegre: Artmed, 2010.

MATTOS, P. No mundo da Lua: Perguntas e respostas sobre transtorno do déficit de atenção com hiperatividade em crianças, adolescentes e adultos. 8. ed. rev. São Paulo: Casa Leitura Médica, 2008.

SELIGMAN, M. E. P.; CSIKSZENTMIHALYI, M. Positive Psychology: An introduction. American Psychologist, v. 55, 2000, p. 5-14.

SUDAK, D. M. Terapia cognitivo-comportamental na prática. Porto Alegre: Artmed, 2008.

VOLPATO, Aristides. Psicoterapias: Abordagens atuais. 3 ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

WRIGHT, J. H.; BASCO, M. R.; THASE, M. E.; Aprendendo a terapia cognitivo- comportamental: um guia ilustrado. Porto Alegre: Artmed, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-071

Refbacks

  • There are currently no refbacks.