Sequência didática sobre ondas sonoras: relato de uma experiência docente na educação de jovens e adultos inclusiva para surdos/ Didactic sequence about sound waves: report of a teaching experience in education of youth and adults inclusive for deaf

Tatiane Gilio Torres Morales, Hercilia Alves Pereira de Carvalho, Gisele Strieder Philippsen

Abstract


Apresenta-se, neste artigo, o relato de uma experiência docente no âmbito do ensino de Física na Educação de Jovens e Adultos a partir do desenvolvimento de uma sequência didática sobre ondas sonoras. A sequência didática foi realizada no Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (C.E.E.B.J.A.) Santa Clara, em Mandaguari-PR, com a duração de treze aulas e a participação de treze alunos, dos quais dois são surdos. O objetivo geral do trabalho era possibilitar que os alunos compreendessem os conceitos relacionados às ondas mecânicas, especialmente as sonoras. Desta forma, foram desenvolvidas atividades experimentais de baixo custo, com viés de demonstração investigativa, aliadas a atividades computacionais e à exibição de um documentário. As referidas atividades foram planejadas de forma a contemplar também os alunos surdos. Por meio desta abordagem, os estudantes vivenciaram uma maneira mais instigante, dinâmica e significativa de aprender Física, possibilitando interligar os seus conhecimentos do dia-a-dia com os saberes científicos. Além disso, a abordagem favoreceu, de fato, a inclusão dos alunos surdos, os quais participaram ativamente das atividades realizadas.  


Keywords


Ensino de Física,Ondas sonoras, Educação de jovens e adultos.

References


Alves, V. C., & Stachak, M. (2005). A importância de aulas experimentais no processo ensino aprendizagem em Física: Eletricidade. In: Alves, V. C., & Stachak, M. XVI Simpósio Nacional de Ensino de Física.

Caldas, G. G. (2017). Atividades experimentais de acústica para o ensino de Física: uma proposta na inclusão de surdos. (Dissertação - Mestrado Profissional de Ensino de Física). Universidade Federal do Pará, Belém, PA, Brasil.

Fonseca, E. F. da; Hartmann, Â. M. & Halmenschlager, K. R. (2013). O Ensino de Física na Educação de Jovens e Adultos: O Estado da Arte. (Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação). Curso de Licenciatura em Ciências Exatas, Universidade Federal do Pampa, Caçapava do Sul, RS, Brasil.

Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Dispositivos Constitucionais.

Moreira, M. A. (2011). Aprendizagem significativa: um conceito subjacente. Aprendizagem Significativa em Revista, 1 (3), 25-46.

Moreira, M. A. (2016). A teoria de aprendizagem significativa. Acesso em 28 de maio de 2020, em http://www.if.ufrgs.br/~moreira/Subsidios6.pdf.

Nascimento, S. M. (2013). Educação de jovens e adultos EJA, na visão de Paulo Freire. (Monografia-Especialização). Curso de Especialização em Educação: Métodos e Técnicas de Ensino, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Paranavaí, PR, Brasil.

Sapon-shevin, M. (1999). Celebrando a diversidade, criando a comunidade: o currículo que honra as diferenças, baseando-se nelas. In: S. STAINBACK & W. STAINBACK (Orgs.), Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artmed.

Sére, M.; Coelho, S. M. & Nunes, A. D. (2003). O papel da experimentação no ensino da Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 20 (1), 30-42.

Silva, E. M. Da. (2014). O aluno surdo na EJA: uma reflexão sobre o ensino. Revista Virtual de Cultura Surda, 1 (12), 1-22.

Vivas, D. B. P.; Teixeira, E. S. & Cruz, J. A. L. (2004). Ensino de Física para surdos: um experimento mecânico e um eletrônico para o ensino de ondas sonoras. Caderno Brasileiro de Ensino de Física. 34 (1), 197-215.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-037

Refbacks

  • There are currently no refbacks.