Elaboração e avaliação sensorial de Geladinho Detox / Elaboration and sensorial evaluation of Detox Ice Cream

Fernanda dos Santos Nunes de Melo, Morgana Aragão Araújo, Igor Macêdo de Oliveira, Aline de Oliveira Silva, Katharina Kardinele Barros Sassi, Moisés Sesion de Medeiros Neto, Lidia Paloma da Silva Nogueira, Laíse Villarim Oliveira

Abstract


A preocupação com a saúde e o bem-estar do corpo acarreta com que as pessoas se alimentem de maneira saudável. Considerando o grande consumo de geladinho na região Potiguar e os benefícios provenientes do consumo de frutas e hortaliças, objetivou-se elaborar e avaliar sensorialmente geladinho detox elaborado com folha de couve, abacaxi e hortelã. Realizou-se a avaliação sensorial de aceitação e atitude de compra na Escola Estadual João Tomás Neto, situada na cidade de Lagoa de Pedras-RN. As amostras foram avaliadas microbiologicamente. Foram avaliados os atributos de aparência, cor, aroma, sabor, textura e impressão global. De acordo com os resultados da análise microbiológica, os geladinhos detox encontravam-se de acordo com o especificado pela legislação vigente. A análise sensorial de aceitação demonstrou resultados satisfatórios. O resultado da análise sensorial de atitude de compra não foi satisfatório, pois o valor médio foi inferior à 3, ficando, assim, fora dos escores positivos (acima de três). Este resultado pode ser explicado pelo fato de a faixa etária dos avaliadores estar entre 15 e 18 anos. Concluiu-se que é viável a elaboração do geladinho detox, pois sua produção teve um baixo custo. Porém, estudos posteriores devem ser desenvolvidos com julgadores que estejam dispostos a consumir um alimento mais nutritivo, com por exemplo, pessoas que praticam algum esporte, ou que frequentem academias, dessa forma possivelmente a atitude de compra apresentará resultados mais satisfatórios.


Keywords


Aceitação, Alimentação saudável, Atitude de compra.

References


ALVES, E. S.; SILVA, L. A.; SAQUETI, B. H. F.; ARTILHA, C. A. F.; SILVA, D. M. B.; SOUSA, L. C. S.; SCAPIM, M. R. S.; VISENTAINER, J. V. Proteínas vegetais como alimentos funcionais-revisão. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 2, p. 5869-5879, 2020.

APHA – AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION. Compendium of methods for the microbiological examination of foods. Washington, DC., 676 p. 2001.

BEZERRA, A. P. L.; VIEIRA, A. V.; VASCONCELOS, A. A.; ANDRADE, A. P. S.; INNECCO, R,; MATTOS, S. H. Desempenho de plântulas de couve (Brassica oleracea var. Acephala) tratadas com cera de carnaúba hidrolisada. Horticultura Brasileira, v. 23. p. 395, 2005.

BOSI, M. G. Características da gestão e de atividades de capacitação para o processo de desenvolvimento de produto alimentício, estudo de caso. 2003. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra). Universidade Federal de São Carlos, UFSCar, São Carlos, SP, 2003.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC, de 12 de janeiro de 2001. Disponível em: . Acesso em: janeiro de 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. (2005). Resolução RDC nº 266, de 22 de setembro de 2005. Aprova o Regulamento Técnico para Gelados Comestíveis e Preparados para Gelados Comestíveis. Diário Oficial da União. Seção 1.

COELHO, R. R. P.; CÂMARA, A. P. C.; FÁTIMA ARAÚJO, L.; JOANA, D.; SILVA COELHO, T. J. Elaboração e Avaliação Sensorial de Sorvete de Cajá-Manga. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 4, p. 20002-20011, 2020.

CRESTANI, M.; BARBIERILL, R. L.; HAWERROTHL, F. J.; CARVALHO, F. I. F.; OLIVEIRA, A. C. Das Américas para o Mundo - origem, domesticação e dispersão do abacaxizeiro. Ciência Rural, Santa Maria, v.40, n.6, p.1473-1483, 2010.

DER MAAS, C. A. W.; OLIVEIRA, L. S. S.; CONDÉ, T. T.; OLIVEIRA, C. A.; BARBOSA, C. G.; SILVA, L. R.; FERREIRA, A. P.; FIDELIS, J. P.; RODRIGUES, R. C.; AMARAL, D. A. Elaboração e análise sensorial de picolé de frutas zero lactose. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 5, p. 28036-28051, 2020.

GRISI, M. C. M.; SILVA, D. B.; ALVES, R. B. N.; GRACINDO, L. A. B.; VIEIRA, R. F. Avaliação de genótipos de Menta (Mentha spp) nas condições do Distrito Federal, Brasil. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 8, n. 4, p. 33-39, 2006.

LORENZI, H. MATOS, F. A. Plantas Medicinais no Brasil Nativas e exóticas. Ed. Instituto Plantarum, Nova odessa, 2002, p. 250-251.

MELO, F. S. N. Uso de amidos alternativos e quitosana como revestimento em goiabas. 2018. 116 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola). Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, 2018.

MORZELLE, M.C.; LAMOUNIER, M. L.; SOUZA, E. C.; SALGADO, J. M.; VILAS-BOAS, E. V. B. Caracterização físico-química e sensorial de sorvetes à base de frutos do cerrado. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes, nº 387, v. 67, p. 70-78, 2012.

SANTOS, C.; SANTOS, E.; BRANCO, V.; SOARES, C.; SARAIVA, A. Segurança alimentar em grupos de risco. International Journal of Desenvolpmental and Educational Psychology, v. 6, n. 1, p. 337-342, 2014.

TRANI, P. E.; TIVELLI, S. W.; BLAT, S. F.; PRELA-PANTANO, A.; TEIXEIRA, E. P.; ARAÚJO, H. S.; FELTRAN, J. C.; PASSOS, F. A.; FIGUEIREDO, G. J. B.; NOVO, M. C. S. S. Couve de folha: do plantio à pós-colheita. Campinas: Instituto Agronômico, 2015. 36 p. online. (Série Tecnologia Apta. Boletim Técnico IAC, 214)




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-027

Refbacks

  • There are currently no refbacks.