Manejo da tiririca (cyperus rotundus) utilizando hidrolato de alecrim de tabuleiro (lippia gracilis schauer) / Management of tiririca (cyperus rotundus) using tablet leaf hydrolate (lippia gracilis schauer)

Jaciara Siqueira de Oliveira, Claudeone Manoel do Nascimento, José de Arimatéia de Freitas Pinto, Andreza Maria da Silva Alves, Andressa Maria da Silva Alves, João Paulo da Rocha, Ivan Gabriel Garcia Peixoto, Renato Silva de Castro

Abstract


 O controle da Tiririca (Cyperus rotundus), especialmente pelo seu peculiar sistema reprodutivo, sempre foi um desafio e a forma de controle mais utilizada é por meio de herbicidas, que tem sido questionado devido aos efeitos negativos no ambiente e nos alimentos. Isto tem resultado na busca por compostos com maior facilidade de degradação, sendo que os metabólitos secundários produzidos e liberados por plantas podem ser uma opção, pois podem causar interferência em outras plantas. Uma das formas do uso de compostos secundários é a obtenção de óleos essenciais, que são substâncias naturais de variável poder aromatizante, de composição mais ou menos complexa, que faz parte do organismo de diversas espécies vegetais. Os processos mais utilizados para extração do óleo essencial são o de arraste por vapor e hidrodestilação, que gera como subproduto o hidrolato, que consiste em solução contendo água de destilação e traços do óleo volátil. O alecrim de tabuleiro (Lippia gracilis), encontrado na caatinga, tem despertado interesse da comunidade científica e da indústria, devido às caraterísticas dos seus compostos secundários, o que tem incentivado a produção de seu óleo essencial. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi testar o hidrolato do Alecrim de Tabuleiro como alternativa para manejo da tiririca. Para tanto, o trabalho foi conduzido em casa de vegetação e no Laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais (LCTV), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Mossoró-RN, entre os meses de junho e julho de 2015. O hidrolato utilizado para aplicação nos recipientes com plantas de Tiririca foi obtido através de processo de extração de óleo essencial de Lippia gracilis Schauer, por arraste por vapor, utilizando o sistema Clevenger, a partir de folhas frescas, provenientes de plantas localizadas próximas aos laboratórios citados. O delineamento experimental, inteiramente casualizado, com 7 repetições, foi realizado utilizando o hidrolato nas concentrações de 0, 25, 50, 75 e 100% e aplicados nos copos com substrato, onde cada copo constituiu em uma parcela experimental. O substrato utilizado para preencher copos de polietileno de 180 mL foi constituído com uma mistura de argila, composto orgânico Polefértil e areia (proporção 1:1:3). Os bulbos de tiririca foram padronizados em tamanho e peso de biomassa fresca e plantados nos copos, utilizando 2 bulbos, enterrados com 2,5 cm de profundidade. Os copos com as plantas foram pesados antes da irrigação, em balança digital, para reposição de água, mantendo-as nas capacidades máximas de retenção de água de cada tratamento. As aplicações de cada tratamento foram realizadas durante 14 dias, com intervalo de 24 horas entre uma e outra aplicação. A análise de regressão das variáveis estudas: número de manifestações epígeas e de folhas e a altura das plantas de tiririca, apresentaram comportamento semelhante, sendo que a medida que as concentrações do hidrolato foram maiores, seus valores foram reduzidos. Desta forma, o hidrolato da Lippia gracilis apresentou efeito promissor para o manejo da tiririca, conforme resultados apresentados, nas condições do experimento.


Keywords


Bioherbicida, Cidreira da Serra, Controle alternativo, Planta daninha.

References


ALBUQUERQUE, M. B. et al. Efeito do extrato aquoso das folhas de nim indiano (Azadirachta indica) sobre o crescimento inicial de plantas daninhas. Gaia Scientia, v. 9, n. 1, 2015.

ALVES, M. C. S. et al. Alelopatia de extratos voláteis na germinação de sementes e no comprimento da raiz de alface. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 39, n. 11, p. 1083-1086, 2004.

BAKKALI, F. et al. Biological effects of essential oils - a review. Food and chemical toxicology, v. 46, n. 2, p. 446-475, 2008.

BARUIAN, J. V. et al. Glyphosate injury, rainfastness, absorption, and translocation in purple nutsedge (Cyperus rotundus). Weed Technology, v.13, n.3, p.112-119, 1999.

BRITO, N. M. et al. Efeitos de óleos essenciais na germinação de sementes de Cereus jamacaru. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 5, n. 2, p. 207-211, 2010.

CARVALHO, G. J.; FONTANÉTTI, A.; CANÇADO, C. T. Potencial alelopático do feijão de porco (Canavalia ensiformes) e da mucuna preta (Stilozobium aterrimum) no controle da tiririca (Cyperus rotundus). Ciência e agrotecnologia, v. 26, n. 3, p. 647-51, 2002.

DE MELLO, S. C. M. et al. Avaliação do efeito de pesticidas no crescimento micelial de Cercospora caricis. Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. Comunicado Técnico, 2003.

DE MELLO, S. C. M.; TEIXEIRA, E. A.; BORGES NETO, C. R. Fungos e seus metabólitos no controle da tiririca. Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. Documentos, 2003.

GAZIRI, L.R.B.; CARVALHO, R.I.N. Efeito alelopático de carqueja, confrei e mil-folhas sobre o desenvolvimento da tiririca. Revista Acadêmica Ciências Agrárias e Ambientais, v. 7, n. 1, p. 3340, 2009.

IGANCI, J. R. V. et al. Efeito do extrato aquoso de diferentes espécies de boldo sobre a germinação e índice mitótico de Allium cepa L. Arquivos do Instituto Biológico, v. 73, n. 1, p. 79-82, 2006.

MARCO, C. A. et al. Chemical composition and allelopathyc activity of essential oil of Lippia sidoides Cham. Chilean Journal of Agricultural Research, v. 72, n. 1, p. 157-160, 2012.

MONTANARI, R.M. Composição Química e Atividades Biológicas dos Óleos Essenciais de Espécies de Anacardiaceae, Siparunaceae e Verbenaceae. 2010. 159 f. Tese (Doutorado em Agroquímica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 2003.

OOTANI, M. A. et al. Utilização de Óleos Essenciais na Agricultura Journal of Biotechnology and Biodiversity, v. 4, n. 2, 2013.

PERIOTTO, F.; PEREZ, S. C. J. G. A.; LIMA, M. T. S. Efeito alelopático de Andira humilis Mart. ex Benth na germinação e no crescimento de Lactuca sativa L. e Raphanus sativus L. Acta Botanica Brasilica, v. 18, n. 3, p. 425-430, 2004.

RIBEIRO J.P.N., LIMA M.I.S. Allelopathic effects of orange (Citrus sinensis L.) peel essential oil. Acta Botânica Brasílica, 26: 256-259. 2012.

SILVEIRA, H. R. O. et al. Alelopatia e homeopatia no manejo da tiririca (Cyperus rotundus). Planta Daninha, v. 2, p. 499-506, 2010.

SILVEIRA H. R. O. et al. Uso de extrato de alecrim-pimenta no manejo da tiririca. 2010. Horticultura Brasileira, 28: S2700-S2706.

SILVEIRA, H. R. O. et al. Extrato aquoso de alecrim-pimenta no manejo da tiririca. Revista de Ciências Agrárias/Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, v. 56, n. 3, p. 221-226, jul./set. 2013.

SOARES, B. V.; TAVARES-DIAS, M. Espécies de Lippia (Verbenaceae), seu potencial bioativo e importância na medicina veterinária e aquicultura. Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota), v. 3, n. 1, p. 109-123, 2013.

SOUZA, K. S. et al. Atividade biológica de extratos, hidrolatos e óleos voláteis de pau-rosa (Aniba duckei Kostermans) e quantificação do linalol no hidrolato de folhas. Rev. Bras. Pl. Med., vol. 9, n. 2, pp. 1–7, 2007.

VOKOU, D. et al. Effects of monoterpenoids, acting alone or in pairs, on seed germination and subsequent seedling growth. Journal of Chemical Ecology, 29, pp. 2281–2301, 2003.

VYVYAN, J. R. Allelochemicals as leads for new herbicides and agrochemicals. Tetrahedron, v.

, n. 9, p. 1631-1636, 2002.

ZIMDAHL, R. L. Fundamentals of Weed Science. Academic Press Inc., San Diego, USA. 1993.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-679

Refbacks

  • There are currently no refbacks.