A invisibilidade da escrita feminina na literatura Brasileira oitocentista: Maria Firmina Dos Reis – uma Maranhense rompendo barreiras e fazendo história / The invisibility of female writing in the nineteenth century Brazilian literature: Maria Firmina Dos Reis - a Maranhense breaking barriers and making history

Cícero Barros Feitosa Filho, Zélia Ramona Nolasco dos Santos Freire

Abstract


Este artigo objetiva discutir a invisibilidade da escrita feminina na literatura brasileira do século XIX em sua relação com o patriarcado presente no cânone literário, bem como apresentar a escritora maranhense Maria Firmina dos Reis como ícone da literatura de autoria feminina no Brasil oitocentista. Propomo-nos a identificar as causas da não valorização da escrita feminina na literatura brasileira do século XIX, trazendo ao centro das atenções a precursora da literatura de autoria feminina no Brasil do século XIX, a primeira romancista brasileira a escrever um romance escravocrata, o romance Úrsula de (1859). A incursão na história de vida e produção literária de Maria Firmina dos Reis nos apresentou o panorama literário no qual a escrita feminina no Brasil oitocentista estava inserida e seu quase apagamento da historiografia literária, entender as pautas presentes nas narrativas firminiana como as questões da escravidão e luta pela liberdade presentes na obra Úrsula, o legado deixado à Literatura brasileira e maranhense, bem como sua contribuição para o empoderamento feminino a partir das letras.


Keywords


Literatura maranhense, Escrita feminina, Invisibilidade literária feminina.

References


ALVES, Ivia. Escritoras do século XIX e a exclusão do cânone literário. In: Metamorfoses. Salvador: EDUFBA/NEIM, 1998.

BLOOM, Harold. O cânone Ocidental. Trad. Marcos Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva, 2010.

CASTANHEIRA, Cláudia. Escritoras brasileiras: momentos-chave de uma trajetória. Revista Diadorim / Revista de Estudos Linguísticos e Literários do Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Volume 9, julho 2011. [http://www.revistadiadorim.letras.ufrj.br]

DUARTE, Constância Lima. Estudos de mulher e literatura: história e cânone literário. In: SEMINÁRIO NACIONAL MULHER E LITERATURA, 6., 1995, Niterói, Anais ... (Cópia digitada)

______________________. O cânone literário e a autoria feminina. In: AGUIAR, Neuma (Org.) Gêneros e Ciências Humanas – desafio às ciências desde a perspectiva das mulheres. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 1997.

MUZART, Zahidé (Org.). Escritoras brasileiras do século XIX: antologia. Florianópolis: Editora Mulheres; Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2010.

MENDES, Algemira de Macêdo. A escrita de Maria Firmina dos Reis na literatura afrodescendente brasileira: revisitando o cânone. São Paulo: Chiado Editora, 2016.

PAIVA, Kelen Benfenatti. Maria Firmina dos Reis: educação e emancipação feminina. In: DUARTE, Constância Lima ... [et al.] (Orgs.). Maria Firmina dos Reis: faces de uma precursora. Rio de Janeiro: Malê, 2018.

REIS, Maria Firmina dos. Úrsula. Edição fac-similar. São Luís: Progresso, 1859.

ROSA, Soraia Ribeiro Cassimiro. Um olhar sobre o romance Úrsula, de Maria Firmina dos Reis. Revista Literafro, Belo Horizonte, 2018.

SCHMIDT, R. T. Em busca da história não contada ou: o que acontece quando o objeto começa a falar? LETRAS – Revista do Mestrado em Letras da UFSM (RS), jan./jun. 1998.

_____________. Repensando a cultura, a literatura e o espaço da autoria feminina. In: NAVARRO, Márcia H. (Org.). Rompendo o silêncio. Gênero e literatura na América Latina. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 1995. p. 182-189. (Ensaios)

SCHUMAHER, Shuma; VITAL BRASIL, Érico. Mulheres Negras do Brasil. Rio de Janeiro: Ed. Senac Nacional, 2007.

TOLEDO, Rilza Rodrigues. Úrsula de Maria Firmina dos Reis: arma de combate marcando a presença da mulher escritora na Literatura Brasileira. In: DUARTE, Constância Lima ... [et al.] (Orgs.). Maria Firmina dos Reis: faces de uma precursora. Rio de Janeiro: Malê, 2018.

XAVIER, Elódia. Reflexões sobre a narrativa de autoria feminina. In: XAVIER, Elódia (Org.) Tudo no feminino. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1991.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-665

Refbacks

  • There are currently no refbacks.