Práticas e espaços de hospitalidade relacionados à cerveja / Beer-related hospitality practices and spaces

Lélio Galdino Rosa, Sérgio Domingos De Oliveira

Abstract


A cultura cervejeira tem suas origens desde 9.000 a.C. com os antigos Sumérios.  Hoje, podemos considerar que, em diversas nações, a exemplo da Bélgica, Alemanha, Inglaterra, EUA e mesmo do Brasil, nas cidades de Blumenau-SC e Petrópolis-RJ,  a cerveja é considerada como um elemento identitário do lugar e de sua população e que faz parte das práticas e espaços de hospitalidade que se correlacionam ao turismo. Ou seja, a cultura cervejeira como uma prática cultural adentra os rituais da hospitalidade nos âmbitos social, privado, público e comercial. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo discutir sobre a cultura cervejeira no mundo e sua relação com a hospitalidade e o turismo, por meio de práticas e espaços de hospitalidade, especialmente, os eventos dedicados à cerveja e que atraem milhares de visitantes às cidades, espaços como museus que têm a cerveja como principal elemento, correlacionado com a cultura local, e equipamentos de hospitalidade, como restaurantes e, mesmo hotéis, em que a cerveja passa a figurar como elemento de atração e de customização de seus negócios. Como metodologia, optou-se pela pesquisa bibliográfica de caráter qualitativo. Assim, foi realizado a análise de obras que discutem tanto a cerveja, sua história e a relação contemporânea da sociedade com os rituais que envolvem a bebida quanto de hospitalidade seus espaços e práticas, bem como foi realizado um levantamento de dados sobre práticas e espaços de hospitalidade relacionados à cerveja que vêm atraindo visitantes para suas cidades, como eventos étnicos que celebram sua cultura e em que a cerveja tenha destaque; feiras; museus; restaurantes e hotéis, todos correlacionados ao fenômeno turístico. Como resultado, percebe-se que, cada vez mais, a cerveja, nas mais diversas culturas e nações, está relacionada ao ritual do acolhimento nas relações entre comunidade local, sua cultura e o visitante. Isso fica evidente pelos inúmeros eventos cuja cerveja e o ato de beber coletivamente essa iguaria são elementos fundamentais de hospitalidade; museus que foram criados para valorizar a bebida; e, empresas e gestões municipais que vêm investindo para a valorização do que já pode ser considerado um bem imaterial dos lugares.


Keywords


cerveja, hospitalidade, turismo, práticas e espaços de hospitalidade.

References


Beltramelli, M. Cervejas, brejas e birras. 2.ed. São Paulo: Leya, 2014

Brewer Stage. (2019). Festivais e festas de cerveja para aproveitar em 2019 no Brasil. Recuperado de https://brewerstage.com/pt/noticias/2019/01/festivais-festas-cerveja-para-aproveitar-em-2019-no-brasil.html .

CAMARGO, Luiz Otávio de Lima. Hospitalidade. São Paulo: Aleph, 2004.

Cascudo, Luís da Câmara. História da Alimentação no Brasil. 4. ed. – São Paulo: Global 2011.

CASTELLI, Geraldo. Hospitalidade na perspectiva da gastronomia e da hotelaria. São Paulo: Saraiva, 2006.

CERVEJARIA BOHEMIA. Bohemia.com.br Consultado em janeiro de 2019

Coutinho, Carlos Alberto Tavares. A Cerveja no Brasil de 1500 a 1799. Consultado em 20 de fevereiro de 2019.

Giorgi, Victor de Vargas; Conceição Júnior, Jorge de Oliveira. A PRODUÇÃO CERVEJEIRA COMO PATRIMÔNIO INTANGÍVEL. Cultura História & Patrimônio, volume 3, número 2, Alfenas-MG, 2016. ISSN 2316-5014. Consultado em 07 de janeiro de 2019.

Guia Ilustrado Zahar – Cerveja/editado por Michael Jackson. Tradução Maina Stade Oliveira: revisão técnica Cassio Piccolo – 2ª. Edição- Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 2010.

Oliver, Garrett. A mesa do mestre-cervejeiro: descobrindo prazeres das cervejas e das comidas verdadeiras. São Paulo: Editora Senac, 2012.

SEYDOUX, J. De l´hospitalité à l´accueil. Denges: Delta & Spes, 1883

Standage, Tom. História do mundo em 6 copos / Ton Standage: tradução Antonio Braga – Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

Trommer, Michael Walter. A AVALIAÇÃO DO PROCESSO PRODUTIVO DA CERVEJA COM ABORDAGEM DE CICLO DE VIDA. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, da Faculdade de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP. 2014.

UNESCO

FLANDERS

Stack, Martin. “Cervejarias locais e regionais na indústria cervejeira dos EUA, 1865-1920.” Business History Review 74 (Autumn 2000): 435-63

Veja https://br.newsner.com/ferias/inaugurado-o-primeiro-hotel-cervejaria-do-mundo-com-torneiras-de-chope-em-todos-os-quartos/

https://www.hotelurbano.com/viajantehu/hotel-cervejeiro-na-escocia-tera-torneira-com-cerveja-ate-nos-quartos/

https://www.ocaneco.com.br/banho-de-cerveja-e-atracao-em-hotel-de-sc/




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-650

Refbacks

  • There are currently no refbacks.