Educação permanente no dia-a-dia do trabalho em saúde / Permanent education in the day-to-day of health work

Gabriela Markus Chaves, Beatriz Ravazine, Sandra Fogaça Rosa Ribeiro

Abstract


Esta pesquisa, sobre os processos de gestão e formação no Sistema Único de Saúde (SUS), foi realizada numa microrregião do estado do Mato Grosso do Sul, teve como objetivo compreender quais as facilidades e dificuldades em relação à Educação Permanente em Saúde encontradas pelos técnicos e gestores, seus impactos no funcionamento da rede, nos processos de gestão e na saúde mental do trabalhador. Foi na abordagem qualitativa, utilizando várias técnicas combinadas: observação participante, grupo focal, entrevista e análise documental. Para analisar os dados utilizou-se a análise de conteúdo. Algumas dificuldades foram relatadas na prática da formação, mas quando há espaço para a Educação Permanente em Saúde, ela se torna um espaço de diálogo e reflexões no cotidiano do trabalho. Os resultados da pesquisa serviram de embasamento para a criação de uma cartilha sobre Educação Permanente em Saúde que apresentou reflexões e propostas para auxiliar gestores e técnicos a implementá-la em seu cotidiano.


Keywords


Educação Permanente, Sistema Único de Saúde, Trabalho.

References


Brasil. (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília (DF): Senado.

Brasil. (2004). Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da educação na Saúde. Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Política de educação e desenvolvimento para o SUS: caminhos para a educação permanente em saúde: pólos de educação permanente em saúde. Brasília.

Brasil. (2005). Ministério da Saúde. A Educação Permanente entra na Roda: Polos de Educação Permanente em Saúde, Conceitos e Caminhos a Percorrer. Editora MS. Brasília (DF): Ministério da Saúde.

Ceccin, R. B., & Feuerwerker, L. C. M. (2004). O Quadrilátero da Formação para a Área da Saúde: Ensino, Gestão, Atenção e Controle Social. Revista Saúde Coletiva, 14, pp. 41-65.

Freire, F. F. S., Melo, F. N. P., Melo, D. F. C., Holanda, D. X. T., Soares, M. K. P., Oliveira, A. K. S., Veríssimo, F. A. S., & Gomes, A. M. A (2020). O processo de trabalho em saúde e a educação permanente: desafios e possibilidades. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 4, pp. 21806-21817.

Mato Grosso do Sul. (2011). Plano Regional de Atenção à Saúde Macro – Região de Dourados. Secretaria Estadual de Saúde do Mato Grosso do Sul.

Merhy, E.E. (2015). Educação Permanente em Movimento - uma política de reconhecimento e cooperação, ativando os encontros do cotidiano no mundo do trabalho em saúde, questões para os gestores, trabalhadores e quem mais quiser se ver nisso. Revista Rede Unida. 1, pp. 17-14.

Ribeiro, S. F. R., Martins, C. P., & Campos, G. S. (2015). Cartilha Educação Permanente e Redes De Trabalho no SUS. Ed. UFGD.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-629

Refbacks

  • There are currently no refbacks.