Influência de fatores da colheita mecanizada na incidência de fungos em sementes de milho/Influence of mechanized harvest factors on the incidence of fungi in corn seeds

Delineide Pereira Gomes, Adriana Zanin Kronka, Rita de Cassia Panizzi, Leandra Matos Barrozo, Rouverson Pereira da Silva, Breno Marques Silva e Silva, Vanessa Cristina Macêdo Reis

Abstract


 O objetivo do trabalho foi avaliar a incidência fúngica em sementes de milho colhidas por dois modelos de colhedoras, operando em duas velocidades e em três pontos de coleta dessas colhedoras. O delineamento foi o inteiramente casualizado, no esquema fatorial 2x2x3. Os tratamentos foram constituídos por duas colhedoras (New Holland TC 57 e TC 59), duas velocidades (4 e 5 km h-1) e três pontos de coleta (tanque graneleiro, saída do tubo de descarga e elevador). A incidência fúngica foi avaliada pelo método do papel de filtro com congelamento, com quatro repetições de 50 sementes, sendo detectados os fungos Fusarium verticilioides, Cladosporium sp., Aspergillus spp. e Penicillium sp.. Em geral, houve uma maior incidência de Penicillium sp. e de F. verticilioides nas sementes, e estas foram independentes do tipo de colhedora, velocidade e do ponto de coleta utilizados. Para todos os fungos encontrados, houve interação significativa entre os fatores colhedora e velocidade, sendo que para Penicillium sp., também houve interação entre velocidade e ponto de coleta; e para Cladosporium sp., entre colhedora e ponto de coleta. Houve influência variável dos fatores analisados na incidência de cada fungo detectado. Sementes de milho com alto teor de água são bastante suscetíveis a fungos de campo e de armazenamento, principalmente em condições de colheita mecanizada.


Keywords


Zea mays L, Colhedoras, Dano mecânico, Patologia de sementes.

References


BALMER, E. TANAKA, M. A. S; Efeito da temperatura e dos microorganismos associados ao tombamento na germinação de sementes de milho. Fitopatologia Brasileira, v.5. p. 87-93, 1980.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília, 2009. 399 p.

CARVALHO, N.M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 4. ed. Jaboticabal: FUNEP, 2000. 588p.

COUTO, S. M.; ALVARENGA, L. C. Resistência de grãos de soja a impactos mecânicos. Revista Brasileira de Armazenagem, v. 23, n. 2, p. 3-9, 1998.

FESSEL, S. A. et al. Avaliação da qualidade física, fisiológica e sanitária de sementes de milho durante o beneficiamento. Revista Brasileira de Sementes, v. 25, n. 2, p.70-76, 2003.

GOULART, A.C.P.; FIALHO, W.F.B. Incidência e controle de Fusarium moniliforme em sementes de milho. Informativo ABRATES, v.9, p.110, 1999.

JORGE, M. H. A. et al. Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de milho colhidas e secas em espigas. Bragantia, v.64, n.4, p.679-686, 2005.

MACHADO, J. da C. Patologia de sementes. Fundamentos e aplicações. Lavras: ESAL/FAEPE, 1988, 107p.

MISTURA, M.; LINDINO, C.A. Incidência de micotoxinas em milho nos estados do Paraná, Mato Grosso E Mato Grosso Do Sul entre 2015 e 2018, Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 10, p. 76671-76688, 2020.

PEIXOTO, A.R. et al. Qualidade sanitária de sementes de milho produzidas no submédio São Francisco. Revista Brasileira de Sementes, v.20, p.12-15, 1998.

PEREIRA, J.A.M. Água no grão. In: Curso de armazenamento de sementes. Viçosa: Centreinar. (Treinamento na área de pós-colheita - cursos para técnicos de cooperativas). 1992.

REIS, A.C. et al. Erradicação de fungos patogênicos associados a sementes de milho e proteção contra Pythium sp. presente no solo pelo tratamento com fungicidas. Fitopatologia Brasileira, v.20, p.585-590, 1995.

SMIDERLE, O. J. et al. Tratamento e qualidade de sementes de milho durante o armazenamento em Roraima. Revista Acadêmica: Ciências agrárias e ambientais, v.1, n.4, p. 75-83, 2003.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-627

Refbacks

  • There are currently no refbacks.