Manejo de adubação fosfatada no cultivo do milho sob sistema plantio direto em diferentes densidades populacionais no Oeste do Pará / Management of phosphate fertilization in corn cultivation under no-tillage system in different population densities in Western Pará

Carlos Alberto Costa Veloso, Eduardo Jorge Maklouf Carvalho, Arystides Resende Silva, Austrelino Silveira Filho

Abstract


 Na cultura do milho (Zea mays L.), um dos mais importantes cereais cultivados e comercializados no mundo, o suprimento inadequado de fósforo (P) é considerado um dos principais fatores limitantes da produtividade de grãos. Também a densidade inadequada de plantas é uma das causas dos baixos rendimentos das lavouras de milho no Brasil. Entre os diversos fatores condicionantes da produtividade, o uso de cultivares de alto valor agronômico, o emprego de fertilizantes e populações adequadas de plantas, mostram-se capazes de proporcionar altos rendimentos. O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficiência da adubação fosfatada em relação à população de plantas na produtividade de plantas de milho sob sistema de plantio direto no município de Belterra, no estado do Pará. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 4 x 4, com três repetições. Assim, avaliou-se na cultura do milho a influência da densidade populacional e de doses de fósforo na produtividade. O trabalho foi instalado no ano agrícola de 2016/2017 e teve tratamentos representados de quatro doses de fósforo: (0; 60; 120 e 180 kg ha-1 de P2O5) na forma de superfosfato triplo, combinadas com quatro densidades de plantio: 45.000; 55.000; 65.000 e 75.000 plantas ha-1 . O milho responde à densidade, independente da dose de fosforo utilizada, a produtividade mostrou-se superior na população de 55.000 em relação à de 45.000 plantas.ha-1 . Verificou-se que com o aumento das doses de fósforo, no geral, aumentava o valor da produtividade de milho. Em todas as variáveis estudadas, houve efeito significativo para as doses de P, porém, para a interação modo de aplicação versus doses de fósforo, não verificou-se efeito significativo. 


Keywords


Zea mays, fertilizante, fósforo, sistema de cultivo.

References


COELHO, A. M.; FRANÇA, G. E. Seja o doutor do seu milho. Piracicaba: POTAFOS, 1995. 24 p. (POTAFOS. Arquivo do agrônomo, n. 2).

CONAB. COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Acompanhamento de safra brasileiro – grãos: Nono levantamento, junho 2013 – safra 2018/2019.: Brasília: Companhia Nacional de Abastecimento. 2019. Disponível em: . Acesso em: 24 abr. 2020.

CONAB. Safra brasileira: grãos, 10º levantamento. Brasília, DF, 2015. Disponível em: Acesso em: 12 jul. 2015.

DOURADO NETO, D; PALHARES, M; VIEIRA, P. A. et al. Efeito da população de plantas e do espaçamento sobre a produtividade de milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, 2:63-77, 2003.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise de solo. Rio de Janeiro: CNPS, 1997. 212 p.

KAPPES, C.; ARF, O.; DAL BEM, E. A.; PORTUGAL, J. R.; GONZAGA, A. R. Manejo do nitrogênio em cobertura na cultura do milho em sistema plantio direto. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 13, n. 2, p. 201-217, 2014.

RAIJ, B. van; CANTARELLA, H.; QUAGGIO, J. A.; FURLANI, A. M. C. Recomendações de adubação e calagem para o Estado de São Paulo. 2. ed. Campinas: IAC, 1996. 285 p. (IAC. Boletim técnico, 100).

RODRIGUES, T. E.; VALENTE, M. A.; GAMA, J. R. N. F.; OLIVEIRA JUNIOR, R. C. de; SANTOS, P. L. dos; SILVA, J. L. da. Zoneamento agroecológico do município de Paragominas, Estado do Pará. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 1999. 64 p.

SILVA, V.R.; REINERT, D.J. & REICHERT, J.M. Densidade do solo, atributos químicos e sistema radicular de milho afetados pelo pastejo e manejo do solo. R. Bras. Ci. Solo, 24:191-199, 2000.

SOUZA, G. M.; BARBOSA, A. M. Fatores de estresse no milho são diversos e exigem monitoramento constante. Visão agrícola, n. 13, p. 30-34, jul. 2015.

SOUSA, D.M.G. de; REIN, T.A.; GOEDERT, W.J.; NUNES, R. de S. Fósforo. In: PROCHNOW, L.I.; CASARIN, V.; STIPP, S.R. (Ed.). Boas práticas para uso eficiente de fertilizantes. Piracicaba: IPNI, 2010. v.2, p.67-134.

VON PINHO, R. G.; GROSS, M. R.; STEOLA, A. G.; MENDES, M. Adubação nitrogenada, densidade e espaçamento de híbridos de milho em sistema plantio na região sudeste de Tocantins. Bragantia, v. 67, p. 733-739, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-616

Refbacks

  • There are currently no refbacks.