Perfil socioeconômico e gestacional de gestantes de um município da Amâzonia Brasileira / Socioeconomic and gestational profile of pregnant women from a municipality in Brazilian Amanzonia

Luiz Henrique Teixeira de Siqueira Neto, Eliane Fraga da Silveira, Guilherme Anziliero Arossi, Eduardo Périco

Abstract


Objetivou-se conhecer o perfil socioeconômico e gestacional das gestantes de risco habitual, atendidas nas Unidades Básicas de Saúde. Trata-se de um estudo observacional do tipo de inquérito transversal. Foram entrevistadas gestantes de risco habitual, atendidas em oito Unidades Básicas de Saúde, entre junho e outubro de 2019, em Ji-Paraná, Rondônia. As análises descritivas, para cálculo das frequências absolutas e porcentagens que caracterizam perfil socioeconômico e gestacional das gestantes foram realizadas por meio do pacote estatístico ‘Statistical Package for the Social Sciences’ (SPSS® Versão 20.0). Para verificar o efeito individual das variáveis explicativas (etnia, estado civil, escolaridade, tipo de ensino, renda, idade e número de gestações anteriores) sobre a variável desfecho (planejamento da gravidez), foi utilizada a técnica de Regressão Logística Univariada. A partir da determinação do grupo de variáveis explicativas que eram significativas para o desfecho, testou-se modelos agrupados, através de Regressões Logísticas Multivariadas. Foram entrevistadas 321 gestantes.  A idade média encontrada foi de 25,1 anos (± 5,8 anos), 90,4% (290) são maiores de 18 anos, 40,5% (130) têm ensino médio completo, 61,1% (196) se declarou parda, 58,9% (189) são casadas, 57,9% (185) têm atividade remunerada. No planejamento familiar, em relação a gravidez atual, 51,4% (165) não planejou engravidar. Conclui-se que as gestantes que possuíam baixa renda, negras e solteiras planejam menos a gestação quando comparada com as demais categorias das variáveis socioeconômicas analisadas. Este dado faz refletir sobre a eficiência de políticas públicas em relação ao planejamento familiar adequado e meios de acesso a prevenção da gravidez

 


Keywords


Gestantes, Fatores Socioeconômico, Pré-natal, Planejamento Familiar, Atenção Primária à Saúde.

References


Mendes EV. As redes de atenção à saúde. Ciênc. Saúde coletiva [Internet]. 15(5):2297-2305. Agosto 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000500005&lng=en. https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000500005. acesso em 10 maio 2020.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Série A. Normas e Manuais Técnicos. Cadernos de Atenção Básica, n° 32. 1.ed. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2012. 318 p. Disponível em http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cadernos_atencao_basica_32_prenatal.pdf Acesso em 10 maio 2020.

Lima AF, Melo AMAA, Ferreira MA. Pré-natal: um desafio para as gestantes acompanhadas nas unidades de saúde da família no município de Serra Talhada – PE. Saúde Coletiva em Debate, Serra Talhada, Pernambuco. [Internet]. dez. 2012 v. 2, n.1, p.31-40. Disponível em: < http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faenfi/article/view/32401 > Acesso em: 14 janeiro 2020.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Caderneta da gestante. 2. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2018, 41p. [Internet]. Disponível em: Acesso em: 20 março 2020.

Dias EG, Anjos GB, Alves LP, Pereira SN, Campos LM et al. Perfil socioeconômico e gineco-obstétrico de gestantes de uma Estratégia de Saúde da Família do Norte de Minas Gerais. Revista Saúde e Desenvolvimento. [Internet]. 2018 v. 12, n. 10. Disponível em: acesso em: 16 março 2020.

Dias MSA, Oliveira IP, Silva LMS, Vasconcelos MIO, Machado MFAS, Forte FDS et al. Política Nacional de Promoção da Saúde: um estudo de avaliabilidade em uma região de saúde no Brasil. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. Janeiro 2018 Jan; 23(1):103-114. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232018000100103&lng=pt. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232018231.24682015. acesso em: 16 março 2020

Silva MG, Gontijo EL, Ferreira DS, Carvalho FS, Castro AM. O perfil epidemiológico de gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde de Gurupi, Tocantins. Universitas Cien Saúde. [Internet]. 2015; 13(2):93-102. Disponível em: https://www.publicacoes.uniceub.br/cienciasaude/article/view/3305/2864. Acesso em: 08 fev. 2020.

Silva JRS, Souza LPS, Figueiredo MFS, Santos MRB, Ribeiro Junior AF, Reis TC. Perfil socioeconômico das gestantes atendidas no serviço de pré-natal da Estratégia Saúde da Família no município de Montes Claro, MG. EF Deportes, Revista Digital. Buenos Aires, Ano 16, Nº 162. [Internet]. Novembro de 2011 Disponível em: < https://www.efdeportes.com/efd162/perfil-socioeconomico-das-gestantes-atendidas.htm>. Acesso em: 17 de fev. 2020.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde - Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos – SINASC. (2018). Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sinasc/cnv/nvro.def. Acesso em: 18 de julho de 2018.

Peixoto CR, Lima TM, Costa CC, Freitas LV, Oliveira AS, Damasceno AKC. Perfil das gestantes atendidas no serviço de pré-natal das unidades básicas de saúde de Fortaleza-CE. Revista Mineira de Enfermagem. Vol. 16.2. [Internet]. 2012. Disponível em: Acesso em: 20 de março de 2020.

Gomes RMT, César JA. Perfil epidemiológico de gestantes e qualidade do pré-natal em unidade básica de saúde em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 8(27), 80-89. 241. [Internet]. Mar. 2013. Disponível em: https://www.rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/241. Acesso em: 20 de março de 2020.

Souza WPS, Maia EMC, Oliveira MAM, Morais TIS, Cardoso PS, Lira ECS et al. gravidez tardia: relações entre características sociodemográficas, gestacionais e apoio social. bol. psicol, São Paulo, v. 66, n. 144, p. 47-59, [Internet]. jan. 2016. Disponível em: . acesso em 10 maio 2020.

Instituto Brasileiro De Geografia e Estatística (IBGE). (2010). Cidades e Populações. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ro/ji-parana/panorama. Acesso em: 04 de agosto de 2018.

Montenegro CAB, Rezende FJ. Obstetrícia Fundamental. 14a ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan (2018).

Barreto CN, Ressel LB, Santos CC, Wilheem LA, Silva. SC, Alves CN. Atenção pré-natal na voz das gestantes. Atenção Pré-Natal Na Voz Das Gestantes. Rev enferm UFPE on line. [Internet]. jun., 2013 Recife, 7(5):4354-63. disponível em: < https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/download/11674/13851> acesso em: 10 de março 2020.

Viellas ED, Domingues RMS, Dias MAB, Gama SGN, Theme Filha MM, Costa JV et al. Assistência pré-natal no Brasil. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2014; 30; S85-S100. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2014001300016&lng=en. https://doi.org/10.1590/0102-311X00126013. Acesso em 10 de maio 2020

Xavier RB, Jannotti CB, Silva KS, Martins AC. Risco reprodutivo e renda familiar: análise do perfil de gestantes. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. Abril 2013; 18(4): 1161-1171. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232013000400029&lng=en. https://doi.org/10.1590/S1413-81232013000400029. Acesso em 10 de maio 2020

Diniz D, Medeiros M, Madeiro A. Pesquisa Nacional de Aborto 2016. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. Fev. 2017; 22(2): 653-660. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232017000200653&lng=pt. https://doi.org/10.1590/1413-81232017222.23812016. Acesso em 10 de maio 2020

Silva CS, Ronzani TM, Furtado EF, Aliane PP, Moreira AA. Relação entre prática religiosa, uso de álcool e transtornos psiquiátricos em gestantes. Rev. psiquiatr. clín. [Internet]. 2010; 37(4): 152-156. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832010000400002&lng=en. https://doi.org/10.1590/S0101-60832010000400002. Acesso em 10 de maio 2020

Organização Mundial Da Saúde (OMS). International Women´s Health Coalition. Abortamento Seguro: orientação técnica e política para os sistemas da saúde. Campinas, SP: Cemicamp; 2004 Disponível em: https://www.scielosp.org/article/rbepid/2007.v10n4/615-624/ acesso em: Acesso em: 14 março 2020.

Coelho EAC, Andrade MLS, Vitoriano LVT, Souza JJ, Silva DO, Gusmão MEN et al. Associação entre gravidez não planejada e o contexto socioeconômico de mulheres em área da Estratégia Saúde da Família. Acta paul. enferm. [Internet]. 2012; 25(3): 415-422. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002012000300015&lng=en. https://doi.org/10.1590/S0103-21002012000300015. Acesso em 10 de maio 2020

Trevisanutto D M, Souza T V., Cunhal A N. Perfil epidemiológico das gestantes em uma unidade básica de saúde em Sinop-MT. Scientific Electronic Archives Issue ID: Sci. Elec. Arch. [Internet] jun 2018 Vol. 11 (3) Disponível em:

Souza NA, Queiroz LLC, Queiroz RCCS, Ribeiro TSF, Fonseca MSS. Perfil epidemiológico das gestantes atendidas na consulta de pré-natal de uma unidade básica de saúde em são Luís/MA. Ciênc. Saúde. [Internet]. 2013. São Luís, v.15, n.1, p. 28-38, jan-jun, 2013. Disponível em: < http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/r> Acesso em 14 março 2020.

Caminha NO, Costa CC, Brasil RFG, Sousa DMN, Freitas LV, Damasceno AKC. O perfil das puérperas adolescentes atendidas em uma maternidade de referência de Fortaleza-Ceará. Esc. Anna Nery [Internet]. Setembro 2012; 16(3): 486-492. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452012000300009&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452012000300009. Acesso em 10 de maio 2020

Pinheiro YT, Pereira NH, Freitas GDM. Fatores associados à gravidez em adolescentes de um município do nordeste do Brasil. Cad. saúde colet. [Internet]. Dez. 2019; 27(4): 363-367. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2019000400363&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/1414-462x201900040364. Acesso em 10 de maio 2020

Holanda SM, Castro RCMB, Aquin PS, Pinheiro AKB, Lopes LG, Martins ES. Influência da participação do companheiro no pré-natal: satisfação de primíparas quanto ao apoio no parto. Texto contexto - enfermagem. [Internet]. 2018 [cited 2020 June 19]; 27(2):3800016. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072018000200317&lng=en. Epub May 28, 2018. https://doi.org/10.1590/0104-070720180003800016.

Vivian AG, Silva AS, Marrone LCP. Perfil Sociodemográfico de Gestantes de Alto Risco Participantes de Grupo Interdisciplinar. Brazilian. Journal. of Development., Curitiba, v. 6, n. 9, p. 71372-71379. [Internet]. setembro, 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/17160




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-598

Refbacks

  • There are currently no refbacks.