Reaproveitando o óleo de cozinha nas aulas de Matemática e de Sociologia: Estudo de caso na perspectiva do ciclo investigativo – PPDAC/Reusing cooking oil in Mathematics and Sociology classes: Case study from the perspective of the investigative cycle – PPDAC

Sandra Paula Almeida Nascimento, Andiara Campelo Jerônimo, Martielle Soledade Souza Santos

Abstract


O objetivo deste artigo é analisar e relatar um projeto interdisciplinar que teve como título “Reaproveitando o óleo de cozinha na Matemática e na Sociologia” realizado no ambiente da sala de aula na perspectiva das cincos fases do PPDAC (Problema, Planejamento, Dados, Análise e Conclusão), proposto por Wild e Pfannkuch (1999) envolvendo 28 alunos do 3º ano do Ensino Médio de uma escola pública, situada no Sul da Bahia.  A pesquisa desenvolvida é de natureza qualitativa na perspectiva de Bogda e Biklen (1994) teve como enfoque o estudo de caso de um projeto interdisciplinar cujo objeto envolve os conteúdos proposto nos temas transversais de Educação Financeira e Ambiental. Para trabalhar esses conteúdos, em sala de aula, que foram planejadas e desenvolvidas nas etapas seguindo os passos do ciclo investigativo – PPDAC. Tal momento proporcionou aos alunos compreender análises de custo, rentabilidade, lucro ou prejuízo na produção do sabão caseiro e nas questões socioambientais relacionadas. Os resultados indicam que os estudantes conseguiram comparar porcentagens, receitas, formando uma consciência crítica sobre seu papel de consumidor preocupado com o meio que vive, procurando alternativas sustentáveis. Contudo, o presente trabalho proporcionou aprendizagem tanto para os alunos como para os educadores envolvidos, entendendo como inventar e reinventar a o ensino e a aprendizagem dos conteúdos na perspectiva crítica.


Keywords


Projeto Interdisciplinar, PPDAC, Educação Financeira.

References


BRASIL. Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF). Decreto 7397 de 22 de dezembro de 2010. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7397.htm. Acesso em: 13 de outubro de 2019.

BRASIL. Banco Central do Brasil (BCB). Caderno de Educação Financeira – Gestão de Finanças Pessoais. Brasília: BCB, 2013. Disponível em: https://www.bcb.gov.br/content/cidadaniafinanceira/documentos_cidadania/Cuidando_do_seu _dinheiro_Gestao_de_Financas_Pessoais/caderno_cidadania_financeira.pdf. Acesso em 15 de dezembro de 2018.

BRASIL. Temas Contemporâneos Transversais na BNCC Contexto Histórico e Pressupostos Pedagógicos. Brasília: Ministério da Educação (MEC), 2019. Disponível: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/contextualizacao_temas_contemporaneos.pdf. Acesso em: 13 de setembro de 2020.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Brasília: Ministério da Educação (MEC), 2018.

Disponível:http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/historico/BNCC_EnsinoMedio_embaixa_site_110518.pdf. Acesso em: 10 de junho de 2019.

BRASIL. PCN + ENSINO MÉDIO: orientações educacionais complementares aos parâmetros curriculares nacionais – ciências da natureza matemática e suas tecnologias. Brasília: Ministério da Educação (MEC), 2006. Disponível: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/CienciasNatureza.pdf. Acesso em 13 de outubro de 2019.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: introdução aos parâmetros curriculares nacionais / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRAZIL. Implementing the National Strategy, IN: Advancing National Strategies for Financial Education A Joint Publication by Russia’s G20 Presidency and the OECD. Disponível em: www.vidaedinheiro.gov.br. 2013. Acesso em: 20 de novembro de 2017.

BOGDAN, R.; BILKEN, S. (1994). Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora.

GIORDANO, C. C., Educação Financeira e o Trabalho Cooperativo em uma abordagem por Meio de Projetos. Acta Latinoamericana de Matemática Educativa. v. 33, n.1, p.265, 2020.

OLIVEIRA, A. A; SANTOS, L. T. B; PESSOA, C. A. S. Do exercício aos cenários para investigação: a aplicação de atividades de Educação Financeira por professoras dos anos iniciais do ensino fundamental em uma escola de Recife – PE. RPEM, Campo Mourão, Pr, v.6, n.12, p.158-186, jul.-dez. 2017.

NASCIMENTO, Sandra Paula Almeida. Desenvolvimento profissional de uma educadora Matemática em Educação Estatística. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática. 135f., Ilhéus, BA: UESC, 2019.

SAVOIA, José Roberto Ferreira; SAITO, André Taue; SANTANA, Flávia de Angelis. Paradigmas da educação financeira no Brasil. RAP. Revista Brasileira de Administração Pública, v. 1, p. 1121-1141, 2007.

SANTOS, M. S.S.; NOUR, A. D. 2020, Educação Financeira: Aprendizagem de Progressões Geométricas Aplicadas aos Juros Compostos na Perspectiva da Educação Matemática Crítica. Revista Prática Docente. v. 5, n. 1, p. 45-64, jan/abr 2020.

SANTOS, Martielle Soledade Souza. Cenário da educação financeira para compreender PA e PG no ensino médio: um olhar aos pressupostos da educação matemática crítica. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática. Orientador: Alfredo Dib Adbul Nour. Ilhéus, BA: UESC, 2019.

SKOVSMOSE. O que poderia significar a educação matemática crítica para diferentes grupos de estudantes? In: RPEM, Campo Mourão, Pr, v.6, n.12, p.18-37, jul.-dez. 2017.

SKOVSMOSE, Ole. Cenários para Investigação. Bolema, nº 14, pp. 66 a 91, 2000.

YIN, Robert (1994). Case Study Research: Design and Methods (2ª Ed) Thousand Oaks, CA: SAGE Publications.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-582

Refbacks

  • There are currently no refbacks.